quarta-feira, 30 de julho de 2008

A Bela da Tarde (Belle de Jour,França,1967,102 mins)
Minha nota: [9,5] -
Por Wendell Borges - 30/07/2008

Comentário: Luís Buñuel é um dos diretores mais cultuados do cinema mundial e presença obrigatória na coleção de todos aqueles que gostam de cinema. Neste brilhante filme que tem como atriz principal um ícone francês chamado Catherine Deneuve (hoje com 65 anos), Bunuel brinda o espectador com mais uma obra sarcástica sobre a vida burguesa. A trama gira em torno de uma mulher frígida e sexy chamada Severine Serizy (Catherine) que vive uma vida de luxo ao lado do marido Pierre Serizy (Jean Sorel, hoje com 73 anos). Severine tem sonhos estranhos onde sente prazer em ser humilhada e degradada por homens de seu círculo social, isto acaba levando-a a um prostíbulo de luxo onde se sente tentada a se relacionar com outros homens. O filme além de prender a atenção do espectador com uma atuação hipnotizante de Catherine Deneuve mantém um grande suspense até o final. A cena inicial é antológica. Nos extras do DVD podemos conferir informações sobre a vida da atriz Catherine, do diretor Luis Buñuel e do ator Jean Sorel. Vale a pena ler sobre a vida da atriz Catherine Deneuve, a mulher casou com o famoso fotografo de moda, o londrino David Bailey que inspirou Antonioni no filme Blow-up, teve uma filha com Marcello Mastroianni e flertou até com John Travolta. Além de ter sido a musa de um dos perfumes mais conhecidos e caros do mundo, o Chanel nº 5.


Anotações para quem já viu o filme


1 - Logo no início somos surpreendidos com a personagem Severine sendo arrastada da carruagem, levada até uma árvore, amarrada a um tronco e chicoteada. Tudo não passava enfim de um sonho dela.

2 - No final Marcel (Pierre Clementine - 1942-1999) atira em Pierre e numa tentativa de fuga bate o carro e depois de trocar tiros com um policial é baleado e morto.

3 - O marido de Severine que ficara em coma de repente sai de seu estado catatônico e convida ela para ir até as montanhas. O filme começa e termina com um sonho.

4 - As diversas esquisitices dos personagens como o príncipe que sente prazer em ver mulheres mortas, convida Severine para ficar num caixão enquanto ele faz algo embaixo do caixão. O que será que ele estava fazendo embaixo do caixão quando Severine olha pra ele?

Sinopse: Esta é a história de Séverine (Catherine Deneuve), jovem, rica, casada com um cirurgião de sucesso e infeliz, que procura um discreto bordel para realizar suas fantasias sexuais e conseguir o prazer que seu marido não consegue lhe dar. Curiosa, Séverine termina acostumando-se a uma vida dupla. Até o aparecimento de Marcel, um delinquante que se enamora da mulher, e complica a cômoda situação da protagonista. O mais popular e também o mais belo filme do mestre do surrealismo. Entretenimento e cultura de alto nível!

Ficha Técnica: Título no Brasil: A Bela da Tarde - Título Original: Belle de Jour - País de Origem: França - Gênero: Drama - Tempo de Duração: 100 minutos - Ano de Lançamento: 1967 - Estúdio/Distrib.: Continental - Direção: Luis Buñuel. Roteiro: Luis Buñuel, Jean-Claude Carrière.
_____________________________________________________________________

Um comentário:

  1. Fiquei com vontade de ver esse filme quando li um artigo sobre ele no livro "A Magia do Cinema", de Roger Ebert. Parece ser bem interessante.

    ResponderExcluir