segunda-feira, 28 de julho de 2008

Jogos Sangrentos (Broken,Inglaterra,2006, 90 mins)
Minha nota: [5,0] -
Por wendell Borges - 28/07/2008

Comentário: Assistir a este Jogos Sangrentos me causou as seguintes emoções, reações e reflexões: Ânsia de vômito, raiva, pena, frustração e nervosismo. Matar em uma situação onde sua vida está em risco é digno? é ético? é moral? é aceitável? matar ou não matar? eis a questão. O filme até trabalha bem o jogo psicológico entre gato e rato, predador e presa, mas a atriz Nadja Brand que interpreta Hope (a presa) não convence como atriz; gritos, histeria, olhos arregalados, não são ingredientes para passar a sensação de medo. Tudo bem que o filme tem aquelas cenas grotescas o suficiente para causar aquela sensação de incômodo no espectador mas isto é insuficiente para realizar um filme de Horror realmente eficaz. A atriz Nadja Brand é casada com o diretor do filme Adam Mason que também assina o roteiro ao lado de Simon Boyes.

Atenção! Não leia estas observações caso ainda não tenha assistido ao filme

obs 1: A raiva maior que senti ao assistir este filme é a cena em que Hope está com uma faca na gargante de seu algoz cujo nome não é revelado no filme, interretado pelo ator Eric Colvin, ela exita em matá-lo apenas para alguns momentos depois destroçar o sujeito na base da paulada.
obs 2: A cena em que ela encontra a filha depois de matar o psicopata e é ferida com a armadilha é surpreendente, mas pura covardia do roteirista, afinal depois de tanto sofrimento ela merecia sair dali com a filha.

Sinopse: Hope (Nadja Brand Mason) está feliz. Descasada e com uma filha de seis anos para criar, ela acaba de voltar de um agradável encontro com um homem que, talvez, possa lhe dar a tão sonhada estabilidade. Ela só não sabia que naquela mesma noite, que terminava tão bem, sua vida se transformaria num verdadeiro inferno. Misteriosamente, ela acorda com o corpo dolorido, presa num caixão, e sem notícias da filha. Sozinha e desesperada, Hope é repetida e sistematicamente torturada pelo seu terrível raptor, numa espiral de violência que se torna cada vez mais brutal e aparentemente sem sentido.

Ficha Técnica: Broken,Inglaterra,2006, 90 mins - Direção e roteiro: Simon Boyes,Adam Mason.
_____________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário