quarta-feira, 9 de julho de 2008

A noite (La Notte,1961,122mins)
Minha nota: [9,0] -
Por Wendell Borges - 09/07/2008

Comentário (não leia se não tiver assistido ainda): Este segundo filme da trilogia da incomunicabilidade de Antonioni não tem a mesma beleza de O Eclipse e do filme A Aventura, o primeiro da trilogia, mas tem um roteiro melhor, que mostra com mais profundidade ainda a questão do tédio, do amor e das relações humanas.

Logo no início do filme acompanhamos o casal Lídia (Jeanne Moreau que completou 80 anos dia 23 de janeiro de 2008) e Giovanni (Marcello Mastroianni que faleceu em 19/12/96) em visita a um amigo doente no hospital. Em seguida acompanhamos o casal em um show de boate, com uma ginasta fazendo malabarismos com um copo numa das melhores cenas do filme.

O casal decide ir a uma festa onde se passam os momentos finais do filme quando Giovanni encontra Vittoria (Monica Vitti), filha de um milionário, Giovanni se apaixona por ela e há um momento bastante sublime do filme quando Lídia conversa com Vittoria e expressa todo o seu tédio com relação a seu casamento, ainda temos várias cenas inusitadas como a fuga de Lídia com um homem que conhecera na festa e a sequencia final com o casal andando pelo imenso campo de golfe e se abraçando.

O filme consegue transmitir a relação de vazio e tédio com que as personagens principais, Lídia e Giovanni sentem, ainda mais profundamente do que no filme O Eclipse, porém este dispõe de uma beleza visual muito maior.

Veja os comentários dos outros filmes da Trilogia da Incomunicabilidade:

1 - A Aventura (1960)

2 - A noite (1961)

3 - O Eclipse (1962)

Sinopse: Em meio a festas, traições e flertes, Lídia e Giovanni começam a repensar a relação e a questionar o que os fez chegar a tal ponto, depois de dez anos de casamento.

Ficha Técnica: Direção: Michelangelo Antonioni Ano: 1961 País: França, Itália Gênero: Drama Duração: 122 min. / p&b Título Original: La Notte Título em inglês: The Night.

_____________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário