terça-feira, 29 de julho de 2008

Os Indomáveis (3:10 To Yuma,EUA,2007,117 mins)
Minha nota: [7,9] -
Por Wendell Borges - 29/07/2008

Comentário: O gênero faroeste além de ser um dos mais antigos do cinema é também a única arte totalmente americana. Desde o Grande Roubo do trem, primeiro filme do gênero realizado em 1903 centenas de outras produções ajudaram a criar todo um universo mitológico de astros e heróis com suas lendas do velho oeste trazidas ao grande público. O declínio começou por volta dos anos 50, ano em que Hollywood produziu cerca de 50 faroestes, alguns dizem que este declínio ocorreu por causa do aumento das séries de TV além da superação da ideologia que moldou o oeste.

Hoje em dia estão mais raros os investimentos em torno do gênero e eis que o diretor James Mangold (Johnny & June) resolve arriscar uma refilmagem do clássico "Galante e Sanguinário (1957)" juntamente com a produtora Cathy Konrad e os roteiristas Michael Brandt, Derek Haas e Halsted Welles baseado em estória de Elmore Leonard. O resultado é bom, com dois astros populares do cinema como protagonistas, Christian Bale e Russell Crowe e uma trama envolvente com muitas cenas de ação, o filme entretem com segurança.

A trama gira em torno de Dan Evans (Christian Bale), ele é um jovem rancheiro que está enfrentando dificuldades financeiras e para não perder suas terras Evans acaba entrando para um grupo de homens com a missão de levar um perigoso pistoleiro assaltante chamado Ben Wade (Russel Crowe) até o trem de Yuma que parte às 3:10. A única coisa que eu não entendi bem é o porquê de Ben Wade se entregar tão facilmente e resolver ajudar Dan Evans em sua empreitada de levá-lo até a prisão. Mesmo o roteiro trabalhando isto o tempo todo, em um certo momento da trama Wade diz ter escapado duas vezes de Yuma e parecia não estar nem um pouco preocupado em ser levado até o local.

Outro ponto que também compreendi para que justificasse a ação de Wade foi o fato da mãe religiosa lhe fazer ler a bíblia quando jovem, fato este que é bem utilizado pelo roteiro quando Wade recita dois provérbios bíblicos, mas nada que possa justificar que sua maldade toda tenha cedido ao simples fato de ter notado toda a honra por trás das ações de Dan. Enfim, retirando estes deslizes o filme é um entretenimento que vale a pena ser conferido, além do fato que tenta resgatar um pouco este gênero tão pouco explorado nos dias atuais. O filme teve duas indicações ao oscar, melhor trilha sonora e melhor som perdendo para Desejo e reparação e O Últimato Bourne.

Anotações para quem já viu o filme.


1 - Os provérbios que Wade cita durante o filme são: Provérbios 13: 3 " Aquele que guarda sua boca, preserva sua vida, mas o que muito abre seus lábios traz sobre si a ruína" e Provérbios 21: 2 "todo o caminho do homem é reto aos seus olhos, mas Deus sonda os corações."

2 - O final é surpreendente pois não achei que Dan fosse ser morto depois de toda a sua luta, mas acredito que o fato abrilhantou muito mais a honra do herói além de revelar um pouco da bondade por trás do vilão do filme, construído de forma que ganhasse a simpatia do espectador. Já que Wade também demonstra ser um home honrado ao seu modo.

Sinopse: Dan Evans (Christian Bale) é um jovem rancheiro, que enfrenta dificuldades financeiras e está prestes a perder as terras onde vive com sua família. Após realizar mais um assalto a diligência, o perigoso Ben Wade (Russell Crowe) segue para uma pequena cidade do velho oeste. Lá ele é preso e logo é organizado um grupo para levá-lo até uma cidade distante, onde poderá ser enviado à prisão de Yuma através de um trem. Evans se oferece para integrar o grupo, desde que receba uma recompensa financeira que resolva seus problemas. A proposta é aceita, mas fazer com que Wade embarque no trem não será uma tarefa fácil, já que os demais integrantes de seu bando estão vindo em seu resgate.

Premiações
- Recebeu 2 indicações ao Oscar, nas categorias de Melhor Trilha Sonora e Melhor Som.

Curiosidades
- Russell Crowe foi a 1ª escolha do diretor James Mangold para o personagem Ben Wade, mas apenas pôde ser confirmado no papel após a desistência de Tom Cruise.
- Eric Bana esteve cotado para interpretar Dan Evans, quando Tom Cruise ainda estava envolvido com a produção.
- A escolha de Christian Bale foi decidida em conjunto por James Mangold, Russell Crowe e a produtora Cathy Konrad.
- As filmagens ocorreram entre 23 de outubro de 2006 e 20 de janeiro de 2007.
- A estória de Elmore Leonard na qual Os Indomáveis foi baseado foi publicada na revista Dime Western Magazine, em 1953.
- O nome de Russell Crowe não aparece nos créditos finais quando são citadas as pessoas que trabalharam com ele durante as filmagens. No lugar é sempre citado Ben Wade, nome de seu personagem no filme.
- Refilmagem de Galante e Sanguinário (1957).
- O orçamento de Os Indomáveis foi de US$ 50 milhões.

Ficha Técnica: 3:10 To Yuma,EUA,2007,117 mins - Direção: James Mangold - Roteiro: Michael Brandt, Derek Haas e Halsted Welles baseado em estória de Elmore Leonard.
_____________________________________________________________________

Um comentário:

  1. O filme é um faroeste muito bom mesmo. Apesar de faltar ousadia, é exemplar como foi filmado e o elenco, acompanhado da parte técnica, brilha.

    Nota 8,0 [****]

    Ciao!

    ResponderExcluir