quarta-feira, 23 de julho de 2008

A Rosa Púrpura do Cairo (The Purple Rose of Cairo,EUA,1985,78 mins)
Minha nota: [7,9] -
Por Wendell Borges - 23/07/2008

Comentário: Um belo trabalho do diretor Woody Allen que homenageia o universo fictício do cinema, brincando com personagens do cinema clássico de Hollywood. A pacata e romântica Cecília interpretada por Mia Farrow é uma cinéfila que busca um escape para sua vida sofrida ao lado de um marido beberrão e vagabundo chamado Monk (Danny Aiello) e o emprego numa lanchonete. Ela vai assistir à estréia de um filme chamado "A Rosa Púrpura do Cairo" onde o seu ator preferido Tom Baxer (Jeff Daniels) atua. Quando ela vai assistir ao filme pela 5ª vez Baxter sai da tela e vai ao seu encontro e então a partir daí o filme brinca com as imagens e ícones criados pelo cinema além de trazer diversas discussões sobre a criação de personagens de ficção e seu envolvimento com os seres da vida real. O filme recebeu uma indicação ao Oscar, na categoria de Melhor Roteiro Original em 1988 perdendo para A Testemunha (Witness,1985) de Peter Weir.

Sinopse: Em área pobre de Nova Jersey, durante a Depressão, uma garçonete (Mia Farrow) que sustenta o marido bêbado e desempregado, que só sabe ser violento e grosseiro, foge da sua triste realidade assistindo filmes. Mas ao ver pela quinta vez "A Rosa Púrpura do Cairo" acontece o impossível! Quando o herói da fita sai da tela para declarar seu amor por ela, isto provoca um tumulto nos outros atores do filme e logo o ator que encarna o herói viaja para lá, tentando contornar a situação. Assim, ela se divide entre o ator e o personagem.

Premiações
- Recebeu uma indicação ao Oscar, na categoria de Melhor Roteiro Original.
- Ganhou o Globo de Ouro de Melhor Roteiro, além de ter sido indicado em outras três categorias: Melhor Filme - Comédia/Musical, Melhor Atriz - Comédia/Musical (Mia Farrow) e Melhor Ator - Comédia/Musical (Jeff Daniels).
- Ganhou o Prêmio FIPRESCI, no Festival de Cannes.
- Ganhou o Cesar de Melhor Filme Estrangeiro.

Curiosidades
- Originalmente, seria o ator Michael Keaton quem interpretaria os personagens Tom Baxter e Gil Sheperd. O ator chegou a gravar algumas cenas como o personagem, mas como o diretor Woody Allen não gostou do resultado, resolveu substituí-lo por Jeff Daniels.

- O diretor Woody Allen já declarou por diversas vezes que A Rosa Púrpura do Cairo é, entre os filmes que fez, o que mais gosta.

Ficha Técnica: The Purple Rose of Cairo,EUA,1987,78 mins Direção e Roteiro: Woody Allen.
_____________________________________________________________________

Um comentário:

  1. É um belo filme. Por si só uma delicada homenagem ao cinema, mas a narrativa ajuda e em muito.

    Abraço.

    ResponderExcluir