quarta-feira, 30 de julho de 2008

Uma canção de Amor para Bobby Long (A love song to Bobby Long,EUA,2004,120 mins)
Minha nota: [7,4] -
Por Wendell Borges - 30/07/2008

Comentário: Melodrama que tenta aprofundar-se no psicológico das personagens mas perde força em sua carga emocional. A duração do filme é outro erro, esticaram demais a revelação que todos já sabiam antecipadamente e o filme soa um pouco cansativo. A trama gira em torno de Pursy Will (Scarlet Johansson) que após o falecimento da mãe vai até Nova Orleans e descobre que há dois homens morando na casa que a mãe lhe deixara de herança. O professor de inglês aposentado Bobby Long (John Travolta) e seu ex-pupilo e escritor Lawson Pines (Gabriel Match). Pursy a principio demonstra antipatia pelos dois homens, mas aos poucos vai criando com eles uma relação de amizade. O filme tem bons momentos e no geral agrada, mas como eu já havia citado a pouco a duração excessiva para um drama que se revela cheio de clichês em seu ato final só não foi um fracasso total por algumas boas cenas dramáticas e alguns personagens interessantes. Faltou ao filme uma duração menor, talvez uns quinze, vinte minutos a menos e algumas alterações no roteiro retirando algumas cenas que soaram melodramáticas. John Travolta com seus 54 anos continua sendo um ator requisitado e vem filmando uma média de um a dois longas por ano. Scarlet Johansson é uma jovem promessa que continua brilhando com sua beleza e também é uma atriz bastante requisitada pelos produtores. Este é o segundo longa do diretor e roteirista Shainee Gabel.

Anotações para quem já viu o filme

1 - Os escritores citados durante o filme nas trocas de cultura literária entre Bobby Long e Lawson são: Garson Mcgullers,Jorge Luis Borges,Arthur Miller, Robert Browning, George Sand,Robert Frost e T.S.Eliot.
2 - Algumas citações anotadas: T.S.Eliot: " não devemos deixar de explorar. E no final da exploração vamos chegar aonde começamos e conhecer o lugar pela primeira vez".
3 - Escrever não passa de um sonho guiado - Jorge Luis Borges (este estava anotado em um pedaçinho de papel apregado num canto de parede.
4 - "Nunca brigue limpo com estranhos" - Arthur Miller.
5 - "só quero respirar todos os dias. A felicidade compensa de um lado o que priva do outro" Robert Frost.
6 - O bar fundo do poço (Rock Bottom Lounge) é um dos locais de encontro de Bobby e seus amigos.
7 - (1955-2004) Bobby Long - " E se o epitáfio fosse minha história a minha seria curta eu teria escrito sobre mim em minha lápide eu tive uma briga de amantes com o mundo" - Robert Frost.
8 - (1962 - 2002) Lorraine Will, a mãe de Pursy que havia falecido. Aparece esta data de nascimeno e morte na lápide dela quando Pursy vai visitá-la.


Sinopse: Panamá City, Flórida. Purslane Hominy Will (Scarlett Johansson) é uma jovem que fica sabendo tardiamente, através de seu namorado Lee (Clayne Crawford), que Lorraine, sua mãe, faleceu. Lorraine tinha apenas 40 anos e, como ela e Purslane não eram chegadas, Lee não se preocupou em comunicá-la prontamente. Purslane decide ir até Nova Orleans pela 1ª vez em muitos anos, na esperança de ir ao funeral da mãe, que foi enterrada um dia antes, e reivindicar a casa onde passou sua infância. Ela acredita que encontrará a casa de sua mãe abandonada, mas fica chocada ao constatar que ela é habitada por dois amigos da sua mãe: Bobby Long (John Travolta), um ex-professor de literatura que tem o hábito de conversar citando trechos de grandes escritores, e Lawson Pines (Gabriel Macht), um jovem protegido dele que sonha ser escritor. Na prática ambos são alcoólatras, sem dinheiro, cujas vidas tomaram um rumo errado anos atrás. Nenhum dos três têm a intenção de sair da casa e a situação fica ainda mais delicada com o antagonismo cada vez mais crescente entre Purslane e Bobby.

Ficha Técnica: A love song to Bobby Long,EUA,2004,120 mins. Direção e roteiro: Shainee Gabel, baseado em roteiro de Ronald Everett Capps.
_____________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário