sábado, 5 de julho de 2008

Uma chamada Perdida (Chakushin ari ,Japão,2003)
Minha nota: [6,0] -
Por Wendell Borges - 04/07/2008


Comentário: Qual a intenção do diretor Takashi Miike e dos roteiristas Yasushi Akimoto e Minako Daira com este filme? Se foi assustar o público acredito que não tenham tido sucesso. Sempre que eu vejo um filme de maldição Japonês ou tailandês, enfim, um filme de maldição oriental percebo sempre a figura da mulher de cabelos grandes, esse espírito que parece sempre estar atormentando os orientais. Aqui a maldição ocorre através de ligações de celulares, o espírito parece viajar pelas ondas e frequências radiofônicas. Nós acompanhamos a investigação de Hiroshi Yamashita (Shin'ichi Tsutsumi) e Yumi Nakamura (kou Shibasaki), os dois querem descobrir o segredo por trás das ligações que estão vitimando pessoas próximas a eles, amigos e parentes. O filme até que constroi em alguns momentos um bom clima de suspense como a transmissão ao vivo de Natsumi Konishi (Kazue Fukiishi) explorada por um programa sensacionalista de TV, mas realmente se você procura um filme assustador e já está acostumado com este tipo de filme, já bastante explorado tanto pelos orientais quanto pelas cópias e versões americanas não exija muito do roteiro pois poderá se decepcionar. Takashi Miike é um dos nomes mais importantes do atual cinema japonês. Este filme foi sucesso de bilheteira no Japão

Temas: Morte, Espíritos, Maldição, Maldade
Assunto: o espírito de uma menina má corre através de celulares anunciando a morte de algumas pessoas.
Mensagem ou reflexão: cuidado ao atender uma chamada vinda do seu próprio celular com uma data vinda do futuro.

Ficha Técnica: Título original: Chakushin ari / One Missed Call - Realização: Takashi Miike - Intérpretes: Kou Shibasaki, Shinichi Tsutsumi, Kazue Fukiishi, Atsushi Ida, Renji Ishibashi - Japão, 2003 - 113 mins.

Veja o outro filme que assisti do diretor Takashi Miike:

Morrer ou Viver - (Hanzaisha, Japão,1999) * * *

_____________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário