quinta-feira, 7 de agosto de 2008

A Infância de Ivan (Ivanovo Detstvo,URSS,1962,95 mins)
Minha nota: [9,5] -
Por Wendell Borges - 07/08/2008

Comentário: Vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza em 1962 este primeiro trabalho do até então jovem e desconhecido Andrei Tarkovsky (1932-1986) surpreendeu a todos.

A trama gira em torno de um menino órfão de 12 anos chamado Ivan (Nikolai Burlyayev) que Durante a segunda guerra mundial trabalha como espião para os russos e atravessa as fronteiras trazendo informações sem ser visto. Ivan vive sob os cuidados de três oficiais do exército a quem ele trata como seus pais.

O filme centra-se na relação de Ivan com seus pais de criação e o mundo caótico e onírico de lembranças do garoto com sua mãe interpretada pela atriz Irma Raush , inclusive as melhores cenas do filme são mostradas durante os sonhos de Ivan, onde sua mãe aparece ao seu lado. Há uma em especial que ele está no fundo de um poço e um balde cai sobre sua cabeça (Descrevi a cena em detalhes abaixo).

Outra cena que destaco é a do beijo na floresta quando o capitão Kholin não resiste aos encantos da bela Marsha e beija-a sobre uma vala agarronda-a para que ela não caia. Os cavalos que são para o diretor um símbolo da vida aparecem comendo maçãs derrubados por Ivan quando andava em uma carroça em um de seus sonhos. É um filme lírico, de belíssima imagens com transições fascinantes do mundo dos sonhos para a cruel realidade da guerra.

Descrição detalhada de uma das sequências oníricas que mais gostei no filme (Wendell Borges)
Tempo: (início) 15:28 - (fim) 17:32 (duração e tempo da cena)

A camera mostra ivan dormindo, então corta para a imagem de um fogo na lareira, a camera segue até mostrar gotas pingando em um balde, em seguida vemos a mão de ivan, a camera sobe até mostrar Ivan e sua mãe olhando para o fundo do poço. Ivan joga uma pena e diz: É fundo! A mãe responde: Claro que é. Há uma transição na imagem que corta lentamente para um close nos rostos de Ivan e sua mãe e então ela diz: Se estiver bem fundo você pode ver uma estrela aí até mesmo de dia. Ivan pergunta: Qual estrela? A mãe responde: Qualquer estrela. Ivan diz: Eu vi isto, mãe! Ela completa: Sim, está lá. A imagem é cortada para o fundo do poço onde vemos uma luz no fundo. Por que isto está brilhando? pergunta Ivan. É por que é noite para a estrela (mãe).A imagem é cortada novamente para Ivan e sua mãe. É por isto que está brilhando (mãe). É realmente noite agora? Não, é dia. (Ivan) É dia para você e para mim, mas é noite para estrela.

Esta imagem é mostrada como se estivesse sendo filmada por trás da água, Ivan então tenta tocar o fundo do poço, ele mexe na água com a mão e então já vemos sua mão tocando a luz, ele tenta agarrá-la com as duas mãos que estão em plano de detalhe. Quando a câmera movimenta vemos que Ivan já está no fundo do poço então vemos um balde subindo puxado por sua mãe, novamente vemos suas mãos tentando pegar a luz, ouvimos um tiro, Ivan olha para cima, um véu cai na água, Ivan grita: Mamãe! O balde vai caindo e quando vai atingir a cabeça de Ivan a imagem é cortada para fora do poço, vemos o balde no canto e a água esguicha para fora caindo sobre o corpo da mãe de Ivan que estava deitada de bruços. Cena inesquecível, para ficar na memória das mais líricas e sublimes da história do cinema. (Wendell Borges)

Curiosidades
O diretor Eduard Abalov foi quem iniciou as filmagens de Ivan, sendo demitido e substituído por Tarkovsky que finalizou o projeto.

O ator Nikolai Burlyayev continua atuando e recentemente finalizou um filme no papel do Czar (imperador russo) Nikolai II.

Ficha Técnica: Ivanovo Detstvo, (ex)União Soviética, 1962, 95 mins. Direção: Andrei Tarkovski. Roteiro: Vladimir Bogomolov.
_____________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário