quinta-feira, 28 de agosto de 2008

A Pantera Nua (Brasil,1979,80 mins)
Minha nota: [4,5] -
Por Wendell Borges - 28/08/2008

Comentário: Um filme brasileiro que aposta na beleza da atriz Rossana Ghessa, mas tem roteiro ruim e é indicado apenas aos fãs das pornochanchadas brasileiras. Dirigido pelo Amazonense Luiz de Miranda Corrêa que também produziu e roteirizou alguns filmes da pornochanchada brasileira durante a década de 70 e começo dos anos 80. E atenção, o som do filme é terrível, as caixas de som devem estar no último volume para se conseguir entender as falas e talvez seja preciso ajustar bem o home theater.

A trama começa com a personagem Norma (Rossana Ghessa) pousando para um fotógrafo. Em seguida vemos o pai dela, seu benedito, quase ter um infarto ao ver fotos dela nua em uma revista. Ele discute com a esposa quando chega em casa, ela defende a filha, pois quer vê-la casar com um homem rico e entrar para alta sociedade.

Há um rapaz chamado Marcelo, um homossexual rico, cujo pai doente quer vê-lo casado antes de morrer, ele estava comprometido com Norma, mas devido à sua homossexualidade Norma começa a tentar outros partidos.

Em sua festa de noivado com Marcelinho, a amiga conselheira de Norma, Marina, interpreta pela atriz (Neuza Amaral) apresenta ela a Lincoln (Roberto Pirillo), um fazendeiro que parece ser muito rico.

Norma fica bêbada em sua festa de noivado e sai beijando vários homens. Em sua despedida de solteiro, marcelinho ganha um tapete egípcio, nele vem enrolado uma mulher que se insinua para ele, porém, suas preferências sexuais não o fazem apreciar o presente dos amigos. Robertinho, socorro! grita Marcelinho ao ser atacado por seu presente.

Os pais de Norma vão até a biblioteca onde Marcelinho estava com seu presente e flagram ele só de cuecas com a mulher e ficam duvidando da homossexualidade dele.

Em outra cena, Marcelinho conversa com o pai, este diz que ele deve se casar com Norma, mas Marcelinho insiste em adiar e fala que precisa trabalhar. Ele quer ser produtor de cinema.

Norma estava andando de bicicleta e se encontra por acaso com Lincoln. À noite Norma sai com Chiquinho Abdula, um milionário esbanjador.

Norma diz que o signo dela Sargitário combina com o de Lincoln, que é Áries. O mesmo não ocorre com o de Chiquinho, que é do signo de Virgem. Alguns minutos depois Lincoln revela a Norma, que a Tia dele chamada Verônica é na verdade sua mãe.

Marcelinho estava na piscina com Roberto quando a enfermeira(amante de seu pai) chega avisando que o pai dele havia falecido. A cena é cortada após ele desmaiar no quarto ao ver o pai morto, então já vemos norma no enterro colocando flores no caixão.

Após a morte de seu pai, Marcelinho financia uma viagem de Marina e Norma pelo paraguai, uma imagem do AEROPORTO INTERNACIONAL PRESIDENTE STROESSNER é mostrada. (Alfredo Stroessner Matiauda: 1912-2006. Foi um político, general de exército e presidente do Paraguai entre 1954 e 1989.)

O Hotel Enramada também é mostrado em rápidas cenas.

Marcelinho está combinando com Lincoln um encontro de Norma com ele no Casino, pois está Louco para se livrar de Norma e assumir de vez sua homossexualidade ao lado de Roberto.

Lincoln revela em uma conversa com um amigo que vai casar com Norma e que vai deixar a coroa Verônica para o amigo.

Lincoln deixa Norma no edifício Augusto Xavier de Lima. Ela também engana ele dizendo que é bastante rica. Verônica flagra quando Norma sai do edifício e entra na verdadeira casa dela. Finalmente Lincoln é desmascarado. Veronica entra na casa de Norma e diz que Lincoln era na verdade o gigolô dela e a estava traindo com Norma. Revoltada com o acontecido Norma decide ir a São Paulo estudar e tentar ganhar a vida por ela mesma, sem precisar de homens.

Norma é sequestrada na butique de Marina quando dois homens invadem o local à procura de uma dívida que um namorado de Marina lhes devia (Este personagem chama-se Machão).

Norma é jogada na rua semi-nua e sai correndo pelas ruas até ser presa pela polícia. O mesmo acontece com Lincoln que é expulso sem roupas da casa de Veronica.

O filme termina numa cena trash e totalmente tosca com Norma e Lincoln se beijando em um carro, após serem levados da delegacia pelo advogado de Lincoln. (os dois realmente se mereciam).

Sinopse: A Pantera Nua é um filme brasileiro de 1979, do gênero drama, dirigido por Luiz de Miranda Corrêa, com roteiro de César Ladeira Filho baseado em história de Carlos Aquino. Norma é uma jovem da classe média que, para ascender socialmente, busca um marido rico. Para isso, posa nua para uma revista masculina, esperando assim receber convites de casamento. Ela, então, assume compromisso com Marcelinho, um rapaz gay que precisa casar para ter direito à herança do pai. Mas o pai de Marcelinho morre, e o acordo não pode ser cumprido. Depois, passando-se por milionária, Norma conhece Lincoln, um gigolô que finge ser fazendeiro, e eles têm um tórrido romance. Iludidos um com o outro, esperam ficar ricos com o futuro casamento.

Minibiografia da Atriz Rossana Ghessa (Retirada do site Wikipedia): Nascida na Itália, Rossana fez sua carreira no cinema brasileiro. Ela veio para o Brasil com apenas sete anos e aqui construiu uma carreira vitoriosa no cinema, como atriz inicialmente e a partir da década de 80 como produtora também.

Ela começou sua carreira como garota-propaganda, fez várias fotonovelas e durante um ano foi modelo profissional da agência McCan Ericsson logo após ter ganho o concurso de Miss Objetiva. Estreou no cinema em 1966 com o filme "Paraíba, Vida e Morte de um Bandido". Com uma carreira que inclui mais de 40 filmes, ela foi uma das musas das pornochanchadas nacionais na década de 70.

Nas década de 70, Rossana fez um filme atrás do outro em produções nacionais e em co-produções e também participou de peças de teatro como "A Úlcera de Ouro" e "Cinderela do Petróleo" , além de ter estrelado shows produzidos por Carlos Machado.

Trabalhou com os mais importantes diretores de cinema e seus maiores sucessos foram "Bebel, Garota Propaganda"; "Ana Terra"; "Lua de Mel e Amendoim"; "Lucíola, o Anjo Pecador" e "Memórias de um Gigolô".

Atualmente ela é produtora de cinema e dona da Verona Filmes, em sociedade com seu marido, o cineasta Durval Garcia, que a dirigiu em "Ana Terra".



Ficha Técnica: A Pantera Nua,Brasil,1979,80 mins - Direção: Luiz de Miranda Corrêa - Roteiro: César Ladeira Filho baseado em história de Carlos Aquino.
_______________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário