domingo, 3 de agosto de 2008

Super-Herói: O Filme (Superhero Movie, EUA, 2008)
Minha nota: [4,0] -
Por Wendell Borges - 03/08/2008

Comentário: Mais um filme com gags visuais fracas e forçadas, excedendo no politicamente incorreto, satirizando não só os super-heróis, mas também diversas personalidades humanas consideradas de grande valor. O mais atingido na brincadeira é o físico Stephen Hawking, doutor em cosmologia e um dos físicos teóricos mais consagrados do mundo. A trama bobinha gira em torno de um jovem chamado Rick Riker (Drake Bell) que é picado por uma libélula e ganha superpoderes. O herói satirizado é o homem-aranha e alguns outros heróis como os X-men também são alvo de várias piadas, o mais perseguido com as piadas foi o Professor Xavier que aqui ganha uma família incluindo uma mulher e filhos todos andando em cadeiras de roda. O maior problema deste Superhero é o elenco totalmente sem graça que não ajuda em nada com as piadas, Leslie Nielsen que faz o Tio Albert é veterano neste tipo de filme desde a série Corra que a polícia vem aí. O filme é mais indicado ao público jovem que talvez se divirta mais com as diversas piadas de flatulências, esbarrões, palavrões e sexo. Abaixo coloco algumas das piadas que talvez arranquem alguns risos de canto de boca, mas não espere muito, no final depois dos créditos há várias piadas que não foram incluídas, algumas aparecem no Trailer mas não foram utilizadas no filme. A produção é de David Zucker, outro diretor acostumado a dirigir filmes deste estilo de comédia, ele dirigiu algumas boas produções como Top Secret e os dois primeiros filmes da série Corra que a polícia vem aí.

Algumas piadas do filme

1 - A cena em que o jovem Rick Riker mata os próprios pais é digamos, uma das gags razoáveis, talvez arranque algumas gargalhadas. O pai dele diz: Venda as ações de uma empresa mixuruca chamada google. Não valem nada. E invista pesado na Enron (companhia de energia estadunidense, localizada em Huston no Texas que faliu no ano 2000.)

2 - As piadas envolvendo o físico Stephen Hawking são razoáveis e podem arrancar algumas gargalhadas.

3 - A cena das flatulências da avó de Rick apesar de exagerada pode agradar a crianças e jovens.

Sinopse: Após ser picado por uma libélula geneticamente alterada, Rick Riker (Drake Bell) tem sua vida alterada para sempre. Ele ganha superpoderes e passa a usá-los para combater o mal, sob a alcunha do Homem-Libélula. Entretanto Rick enfrenta um problema: sempre que tenta salvar alguém acaba matando-o acidentalmente. Apesar disto ele precisa enfrentar o Ampulheta, um vilão que deseja roubar a fonte de vida das pessoas para alcançar a imortalidade.

Ficha Técnica: Superhero Movie, EUA, 2008 - Direção e roteiro: Craig Mazin. Gênero: Comédia
_____________________________________________________________________

2 comentários:

  1. Muito besta esse filme. E esse típo de longa ta me cansando. Essa semana vou me arriscar vendo "Espartalhões"...MEDO!

    Nesse filme aí, ri apenas na parte do Tom Cruise, de resto, meu rosto foi impassível. Muito tolo...

    Nota 3,5 [*]

    Ciao!

    ResponderExcluir