sexta-feira, 22 de agosto de 2008

A Viagem de Chihiro (Sen to Chihiro no kamikakushi, 2001, 125 mins)
Minha nota: [10,0] -
Por Wendell Borges - 22/08/2008

Comentário:
Mais um brilhante filme do diretor Hayao Miyazaki vencedor do oscar 2003 de melhor animação e do Urso de Ouro no festival de Berlim.

A personagem Chihiro é uma encantadora garota de 10 anos que precisa aprender a vencer seus medos e superar a timidez para conseguir reaver seus pais que foram transformados em porcos pela Bruxa de um mundo alternativo. Uma trama complexa e cheia de fantasia com personagens vibrantes, coloridos e cheios de humanidade. A animação é de uma simplicidade e ao mesmo tempo consegue com bastante criatividade hipnotizar o espectador transportando-o para aquele estranho mundo no qual Chihiro vê-se de repente aprisionada.

Os elementos de passagem da criança para o mundo adolescente começando com a travessia da ponte onde é proibido respirar, o primeiro emprego, a superação do medo descendo a escada e momentos depois banhando um suposto espírito da sujeira, a amizade com o sem-face e o amor com o jovem Haku até o confronto final com a bruxa Yubaba. Uma animação realmente soberba digna de ser vista e revista. Do mestre Hayao eu só havia assistido Porco Rosso e em breve estarei conferindo O Castelo Animado e Princesa Mononoke.

Anotações para quem já viu a animação (Wendell Borges)

1 - O lance da escada quando Chiriro começa descendo os batentes com bastante medo e quando um dos degraus parte e ela sai correndo assustada é um dos bons momentos do filme. (Tomei um susto no momento em que o batente arrebentou)

2 - O momento final quando Chihiro sai do túnel e olha para trás na esperança de ver Haku é o desfecho sublime desta fantástica animação.

Sinopse:
Chihiro é uma garota de 10 anos que acredita que todo o universo deve atender aos seus caprichos. Após saber através de seus pais que estarão mudando de cidade ela fica furiosa, sem fazer nenhum esforço para esconder sua raiva. Em meio a lembranças de seus amigos que terá que deixar, Chihiro percebe que seu pai se perdeu no caminho para a nova cidade onde irão morar, indo parar defronte um túnel aparentemente sem fim que é guardado por uma estranha estátua. Curiosos, os pais de Chihiro decidem entrar no túnel. Apesar dos pedidos para voltarem ao carro, Chihiro acaba seguindo junto com eles para descobrir que ele leva a um mundo aparentemente deserto, onde existe uma cidade sem nenhum habitante. Famintos, os pais de Chihiro decidem comer a comida que está disponível em uma das casas, enquanto que a própria Chihiro decide explorar um pouco a cidade. Entretanto, logo ela encontra com Haku, um garoto que lhe diz para ir embora da cidade o mais rápido possível. Ao reencontrar seus pais, Chihiro fica surpresa ao ver que eles se transformaram em gigantescos porcos, enquanto que misteriosos seres começam a surgir do nada. É o início da jornada de Chihiro em um mundo fantasma, povoado por seres fantásticos, no qual humanos não são bem-vindos.

Os Indicados que concorreram com A Viagem de Chihiro:
- Spirit: O Corcel Indomável
- Planeta do Tesouro
- A Era do Gelo
- Lilo & Stitch

Hayao Miyazaki

Idade: 67 anos
Nascimento: 05/01/1941
País de nascimento: Japão
Local de nascimento: Tóquio



>>Filmes dirigidos e roteirizados por Miyazaki.
Direção
Gake no ue no Ponyo (2008)
Castelo Animado, O (2004)
Viagem de Chihiro, A (2001)
Princesa Mononoke, A (1997)
Porco Rosso - O Último Herói Romântico (1992) * * * * *
Serviço de Entregas de Kiki, O (1989)
Meu Vizinho Totoro (1988)
Laputa: Castle in the Sky (1986)


Roteiro
Gake no ue no Ponyo (2008) ... idéia e roteiro
Castelo Animado, O (2004)
Viagem de Chihiro, A (2001)
Princesa Mononoke, A (1997)
Serviço de Entregas de Kiki, O (1989)
Meu Vizinho Totoro (1988)


Ficha Técnica: A Viagem de Chihiro (Sen to Chihiro no kamikakushi, 2001) Direção: Hayao Miyazaki - Roteiro: Hayao Miyazaki - Gênero: Animação/Aventura - Origem: Japão - Duração: 125 minutos - Tipo: Longa.
_____________________________________________________________________

3 comentários:

  1. Tenho essa animação na coleção, mas vi uma vez morrendo de sono. Preciso ver mais atentamente.

    ResponderExcluir
  2. pois é, eu sei como é assistir filmes com sono, a gente acaba perdendo alguns detalhes e não se concentra direito, o nosso estado de humor e ânimo afeta o modo como a gente vê o filme. Tente rever qualquer dia desses. Em breve vou ver outros dois filmes dele que vi lá na Solaris Vídeo Locadora, A princesa Mononoke e O castelo animado.

    ResponderExcluir
  3. O castelo animado eu tenho ele aqui, mas não vi.
    Já Princesa Mononoke é um clássico. Muito bom!

    ResponderExcluir