quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Acossado (À bout de Souffle,França,1960,90 mins)
Minha nota: [9,0] -
Por Wendell Borges - 25/09/2008

O filme "Cult" da Nouvelle Vague.

Comentário (não leia caso não tenha visto o filme ainda) : Acossado é o primeiro filme de Jean Luc-Godard, (1930) precursor da "Nouvelle Vague", um movimento que reuniu cineastas como Alain Resnais, François Truffaut, Claude Chabrol, Jacques Rivette e Eric Rohmer.

O movimento pregava um cinema de autor, onde as idiossincrasias dos diretores envolvidos pudessem aparecer de forma mais abrangente. Assim como o Neorealismo italiano, esta nova onda foi ao longo dos tempos surgindo como um novo enfoque crítico para filmes, a partir também do surgimento da revista francesa Cahiers du Cinema, criada em março de 1951 por Jacques Doniol-Valcroze, André Bazin e Joseph-Marie Lo Duca. Além destes três teóricos surgiram como escritores da revista o grupo citado acima, Éric Rohmer (Maurice Scherer), Jacques Rivette, Jean-Luc Godard, Claude Chabrol, e François Truffaut,um grupo específico de críticos e, mais tarde, de diretores e roteiristas. Esta tornou-se a tendência dominante na produção francesa de filmes pós-1959.

O filme Acossado tinha no elenco principal Jean-Paul Belmondo (1933) e a belíssima atriz norte-americana Jean Seberg (1938-1979), a trama gira em torno da relação fria e despojada entre os dois. Jean Seberg interpreta uma jovem chamada Patricia Franchini, ela vende jornais (New York Tribune) e sonha em tornar-se uma escritora famosa. Durante o filme ela cita várias obras de escritores, como William Faulkner e Dylan Thomas. Já Michel Poiccard, o personagem interpretado por Belmondo, é um ladrão que passa o dia inteiro fazendo trambiques e logo no início do filme mata um policial que o perseguia. O fato repercute nos jornais e Michel passa a ser perseguido por dois policiais. Godard faz uma ponta no filme como um informante que reconhece Michel e o entrega para polícia.

O filme discute as relações humanas de caráter existencialista e o roteiro fragmentado, foi escrito juntamente com François Truffaut. Houve trechos em que Godard escrevia durante a manhã e o filme era rodado à tarde, tudo feito de forma bastante despojada e com movimentos de câmera ousados e estilosos, os chamados jump cuts, ângulos de câmera fora do comum. Há uma cena em que Godard senta-se em uma cadeira de rodas e, com a câmera no colo, filma ao longo da rua, seguindo os atores e forçando os espectadores a perceber como diz o próprio Godard, "um senso de viver no momento".


Obs: O diretor Jean-Pierre Melville (1917-1973) faz uma ponta como um escritor célebre chamado Parvulesco, nesta cena Patricia o entrevista junto a um grupo de repórteres e jornalistas.

Obs 2: Não deixe de visitar o site de Paula Cruz e Renato Gaiarsa que reúne várias informações sobre a história, os filmes e os diretores principais da Nouvelle Vague. (CLIQUE)

Anotações para quem já viu o filme (Wendell - Notes)

1 - Então, eu sou um filho da puta.Afinal, isso tem que ser feito. Tem que ser feito.
2 - Michel Poiccard passa de carro e recusa dar carona a duas moças por achar elas muito feias.
3 - "Mulheres dirigindo é a covardia personificada" - pensamento de Michel enquanto dirigia.
4 - Michel é perseguido por dois policiais em motocicletas. Ele consegue despistá-los entrando em um atalho. No entanto um deles retorna e Michel atira nele, cena com cortes rápidos e planos de detalhe.
5 - "Mulheres nunca tem dinheiro". Michel dispara mais uma frase machista quando entra no apartamento de Franchini após surrupiar a chave do quarto dela na entrada do prédio. Engana a atendente de uma lanchonete dizendo que ia pegar um jornal e sai correndo para não pagar a conta. (ovos com presunto. 180 francos.)
6 - Alfa-Romeo é o carro que Michel utiliza.
7 - Estou trabalhando para ele na TV como continuista (docinho se referindo a Enrico)
8 - Patrícia vende jornais do New York Herald Tribune. Michel chega para conversar com ela. Michel compra um jornal dela e devolve por não achar o horóscopo. "Durmi com duas garotas depois de você. As duas foram um saco." (Michel revelando suas últimas aventuras sexuais a Patricia)
9 - Aparece um cartaz do filme "Há dez segundos do inferno" com Jack Palance e Jeff Chandler.
10 - Uma moça mostrando uma revista da Cahiers du Cinema aborda Michel na rua perguntando se ele apoia a Juventude. Ele responde ironicamente dizendo que prefere a velhice. Na sequencia uma cena de atropelamento. Michel se aproxima do corpo e faz o sinal da cruz. "Impressões digitais identificam assassino" - notícia de Jornal que Michel vê em seguida.
11- Lazlo Kovacs é outro nome de Michel. Ele está sendo procurado pela polícia. Michel é ex-comissário da Air France
12 - Jean Paul Belmondo tinha 1m 79cm.
13 - O poster do filme "A Trágica Farsa" com Humprey Bogart, Rod Steiger e Jan Sterling é mostrado. Michel olha fotos de Bogart ao lado do poster.
14 - "Um motorista de onibus roubou 5 milhões para impressionar uma garota, gastaram dinheiro em três dias na riviera. Logo após ele confessa: Era dinheiro roubado, eu sou um patife, mas eu te amo". Michel conversando com Patricia após roubar um homem no banheiro. Com um golpe desferido no pescoço o homem desmaia e Michel o arrasta prendendo-o em um dos banheiros.
15 - Patricia diz gostar muito do escritor William Faulkner (1867-1962). "Leu "The Wild Palms"? pergunta ela a Michel. (Livro em português: Palmeiras Selvagens)
16 - Você conhece um livro de Dylan Thomas (1914-1953) "Retrato do Artista Quando um jovem cão"?
17 - Ele disse: Voce é a verdadeira escória. (o policial revela a patricia as últimas palavras de Michel. Ela o traiu ligando para policia e ele leva um tiro nas costas. Seu amigo Antonio Berrutti foge e tenta lhe entregar uma arma, ele recusa e Antonio atira a arma em seus pés e dispara no carro. A polícia chega e Michel acaba sendo baleado, ele corre alguns metros e cai.
18 - Aparece um poster do filme westbound quando patricia sai do cinema com michel.
19 - Colocarei o concerto de Mozart para clarinete (patricia)
20 - O filme termina com um close-up de Patricia perguntando: O que é a escória? ela toca seus lábios repetindo um gesto que Michel fazia durante o filme, talvez imitando o gesto do ator Humprey Bogart.



Jean Seberg (1938-1979)

Nascimento:13/11/1938 - Marshalltown (Iowa-EUA)
Morte: 08/09/1979 (suicídio) Paris - França

A belíssima atriz Jean Seberg morreu com apenas 40 anos em condições misteriosas após ingerir barbitúricos e bebida alcoólica. Ela estava desaparecida há 11 dias e foi encontrada no banco de trás de seu carro, próximo ao seu luxuoso apartamento em Paris com o bilhete: ("Forgive me. I can no longer live with my nerves." - Perdoem-me, eu não posso mais viver com meu nervosismo".)

É realmente uma pena saber que uma atriz tão bonita e tão carismática morreu em tais condições. Espero que ela possa estar bem agora em uma outra dimensão, livre dos problemas que a atormentavam.


Sinopse de Acossado (não leia se não tiver visto o filme ainda - Fonte: Nouvelle Vague): Desconsiderando as convenções formais da arte de fazer um filme, Godard apresenta uma narrativa fragmentada de um insignificante ladrão, Michel (Belmondo), indo de Marseilles à Paris em um carro roubado. Ao longo do caminho, ele mata um policial que tenta prendê-lo por excesso de velocidade. Já em Paris, ele convence uma relutante Patrícia (Seberg), sua namorada, a esconder o corpo, até ele receber um dinheiro que lhe devem. Depois, promete ele, ambos irão até a Itália. Neste ínterim, o crime de Michel já repercutira em vários jornais; ele então se esconde no apartamento de Patrícia onde, em uma inesquecível cena, eles discutem sobre livros e o flerte entre os dois, ele discursa sobre a morte, ela o informa que está grávida dele, e os dois fazem amor.

Um genuíno borra-botas, Michel Poiccard veste um traje de "valentão" com óculos escuros, terno, gravata e um chapéu de filme dos gângsters americanos dos anos 40. Ele rouba paquímetros, esvazia pneus, rouba carteiras, carros e assalta um homem em um banheiro masculino.

Quando ele é reconhecido na rua por um informante (o próprio Godard), a final e trágica perseguição se inicia. Um inspetor de polícia (Boulanger) visita Patrícia e mostra a ela a notícia do crime de seu namorado, alertando-a que, se ela não colaborar com a lei, diversos problemas iriam ser criados a ela. Uma diligência policial é formada para capturar Michel. Ele e Patrícia vão então ao cinema (assistem ao filme Westbound, Um homem de coragem). Ela o ajuda a encontrar o homem que devia o dinheiro e o casal passa a noite na casa de amigos. Na manhã seguinte, ela liga para o inspetor e informa o paradeiro de Michel. Na rua, Michel está perto de pegar o seu dinheiro, quando é surpreendido pelo inspetor, que atira nele. Enquanto Michel colapsa, Patrícia assiste, impassível, à sua morte.

Premiações
- Recebeu uma indicação ao BAFTA, na categoria de Melhor Atriz (Jean Seberg).
- Ganhou o Urso de Prata de Melhor Diretor, no Festival de Berlim.

Curiosidades
- No início das filmagens o diretor Jean-Luc Godard ainda não tinha o roteiro concluído, escrevendo cenas no período da manhã para que fossem rodadas mais tarde.
- Refilmado como A Força do Amor (1983).

Ficha Técnica: Direção: Jean-Luc Godard - Roteiro: Jean-Luc Godard, François Truffaut
» Gênero: Drama/Policial/Romance - » Origem: França -Duração: 87 minutos.
_______________________________________________________________________________

3 comentários:

  1. Wendell, só fui conhecer o cinema de Jean Luc-Godard no mês passado ao assistir "O Desprezo", um filme que não me agradou como esperava. E que tragédia esta que abateu a estrela de "Acossado", não?

    ResponderExcluir
  2. Pois é, eu não sabia até fazer uma pesquisa sobre a vida dela e fiquei estarrecido ao saber do que aconteceu a ela. Realmente uma pena, mas espero que ela esteja descansando em paz agora.

    ResponderExcluir
  3. Assim torcemos, Wendell. Abraços, excelente final de semana.

    ResponderExcluir