domingo, 14 de setembro de 2008

Close-Up (Nema-ye Nazdik,Irã,1990,90 mins)
Minha nota: [10,0] -
Por Wendell Borges - 14/09/2008

Comentário: O cineasta iraniano Abbas Kiarostami (68 anos de idade) nascido em Teerã é um dos mais reconhecidos e premiados diretores de cinema do Irã e já recebeu vários prêmios por seus trabalhos artísticos sempre cheios de lirismo e que costumam captar os sonhos e anseios das pessoas pobres de seu país.

Com este filme, Kiarostami realiza com brilhantismo uma história que mistura os universos do documentário e da ficção criando uma obra-prima incontestável trazendo para a tela os personagens da vida real. O diretor Mohsen Makhmalbaf, outro grande cineasta iraniano participa do filme realizando o sonho de um homem que se faz passar por ele visitando uma família que o acolhe e lhe faz sentir valorizado.

A trama do filme gira em torno do julgamento de Hossain Sabzian, um jovem pobre que tem o sonho de se tornar ator e diretor de cinema e é fã dos filmes de Makhmalbaf, ele conhece uma senhora em uma viagem de ônibus e devido à sua semelhança física com Makhmalbaf ele passa a fingir ser o diretor impulsionado pelo sentimento de perceber-se valorizado como pessoa humana, algo que não acontece quando é apenas o pobre e desconhecido Hossein Sabzian.

Kiarostami conseguiu filmar o julgamento de Sabzian e além disso, conseguiu envolver todos os que participaram da história de Sabzian, desde o jornalista que fez a matéria sobre ele quando foi preso ao ser descoberto na fraude até os próprios membros da família ludibriada. O encontro de Sabzian com Makhmalbaf ao final do filme é realmente emocionante.

Anotaçoes para quem já viu o filme (Wendell Borges - Notes)

1 - A latinha rolando pelo asfalto no começo do filme quando o taxista recolhe flores no lixo lembra um pouco a cena do saquinho voando no filme Beleza Americana.
2 - Barati, traga a ficha por favor.
3 - Na primeira avenida nº 16, com a avenida Golzar.
4 - Eu pude escolher entre Artes e vender pão, então,escolhi Artes. (Manucher vende pão)
5 - Kiarostami fala com Sabzian e diz ter lido o artigo sobre ele na revista "Soroush"
6- Diga que "O ciclista" faz parte de mim. (o recado de Sabzian para o cineasta Makhmalbaf.
7 - Está com lentes de grande abertura angular, filmará o local durante o julgamento.
8 - Em nome de Deus. O acusado é o Sr. Hossein Sabzian
9 - Sr. Mehrdad Ahankhan é um dos querelantes acusadores da fraude de Sabzian.
10 - Zabsina conhece a mãe de Mehrdad no ônibus. Ele estava com um livro de Makhmalbaf chamado O ciclista e diz ter sido o autor do livro.
11- Eu o admiro porque ele retrata o sofrimento. Seus filmes falam a pessoas como eu, principalmente "Feridas de um casamento". Assim como o Sr. Kiarostami fez em "O viagante". Eu sou como o menino do filme que finge fotografar as pessoas para conseguir o dinheiro para ir a Teerã assistir um jogo de futebol.
12 - "A Casa da Aranha" seria o nome do filme que Sabzian iria filmar.
13 - O rancor é um véu que oculta a arte. (Sabzian)
14 - Eu queria que eles assistissem ao filme para adquirirem maior interesse pelo cinema e me respeitassem mais como diretor.
15 - "Lembrar-se de Deus é o melhor consolo para um coração sofrido." a parte do Alcorão que Sabzian lembrava quando estava na prisão.
16 - Para mim a arte é a extensão do que você sente por dentro e depois externa e compartilha. Essa também era a visão de Tolstoy, segundo ele a arte é uma experiência sentimental do artista que ele compartilha com os outros.
17 - Tenho certeza que deixará a todos nós orgulhosos.

Sinopse: Semi-documentário sobre um jovem cinéfilo frustrado que se faz passar pelo célebre diretor de cinema iraniano Mohsen Makhmalbaf. E assim, ao tentar enganar uma família rica ele é preso pela polícia. Abbas Kiarostami, que dirige este filme, visitou o acusado na prisão e obteve permissão para filmar seu julgamento.

Elenco: Mohsen Makhmalbaf, Abolfazl Ahankhah, Mehrdad Ahankhah, Monoochehr Ahankhah, Mahrokh Ahankhah, Nayer Mohseni Zonoozi, Ahmad Reza Moayed Mohseni, Hossain Farazmand, Hooshang Shamaei, Mohammad Ali Barrati, Davood Goodarzi, Haj Ali Reza Ahmadi, Hassan Komaili, Davood Mohabbat, Abbas Kiarostami


Ficha Técnica: Nema-ye Nazdik,Irã,1990, 90mins - Diretor(es):Abbas Kiarostami - Roteirista(s): Abbas Kiarostami.
_________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário