domingo, 28 de setembro de 2008

Janela da Alma (Brasi,2002,73 mins)
Minha nota:[8,0] -
Por Wendell Borges - 29/09/2008

"O Olho é a janela da alma, espelho do mundo"
Leonardo Da Vinci.

Comentário: O documentário teve direção, produção e argumento de João Jardim juntamente com Walter Carvalho, co-diretor e fotógrafo, ambos míopes, planejaram a execução desta expressão pessoal sobre a incógnita: " o que á visão? afinal, o que é ver?

Vários entrevistados mostram um pouco de suas visões sobre como enxergam o mundo, nem sempre é a visão mecânica, mas sim a imaginação e o que está além da visão que os entrevistados procuram explorar, a visão como uma construção social e não um dado da natureza.

São cineastas, poetas, escritores e diversas outras personagens que tem experiências com a falta de visão ou com problemas de visão. Hermeto Pascoal, João Ubaldo Ribeiro, José Saramago, Agnes Varda, Walter Lima Jr., Oliver Sacks e Wim Wenders são alguns dos entrevistados mais conhecidos e populares. É um bom filme, mas não houve uma profundidade grande no tema, há momentos excelentes, em destaque para as visões de Oliver Sacks, Saramago e Wim Wenders, além da emocionante entrevista do vereador cego Arnaldo Godoy que ficou cego por volta dos 18 anos e conta um momento em que estava na praia e a filha caiu de seus braços no mar e ele entrou em pânico, mas conseguiu reaver a menina em um momento que só Deus mesmo para explicar.

Vale a pena ser visto por alguns excelentes momentos, mas tem curtíssima duração e fica aquele gostinho de que poderiam ter explorado o tema ainda mais.

Obs: João Jardim usa óculos de 8 graus. Já Walter Carvalho, 7,5. (São duas toupeira míopes, como consta nos extras do DVD.

Obs 2: Quem for assistir ao DVD não deve deixar de assistir O Funcionamento do Olho por Luiz Alberto Oliveira.

Obs 3: Nos Extras há Novos Depoimentos que podem chegar a contrapor um pouco aquilo que falei a pouco no comentário lá em cima, de que o tema poderia ter sido ainda mais explorado , algo que somente com estes Extras podemos dizer que houve um enfoque maior, tanto em termos de duração se assim o colocarmos, mas eu me refiro no caso no que foi incluído dentro do projeto final do longa-metragem. Pois bem, quem for assistir aos Extras não deve deixar de assistir ao outro depoimento de Saramago falando sobre a Cegueira política. "AS PESSOAS SABEM QUE OS PROBLEMAS DO MUNDO ESTÃO AÍ, E O QUE SE FAZ PARA RESOLVÊ-LOS?

Anotações para quem já viu o filme (Wendell - Notes)

1 - O primeiro a dar entrevista sobre sua visão é hermeto pascoal, que é vesgo.

2 - Na sequencia temos Saramago e o poeta Antonio Cícero que fala sobre a metáfora da Janela ser o olho da alma e a alusão à infinidade de olhos que devem olhar por esta janela simbólica.

3 - Wim Wenders fala em inglês, mas não há tradução.

4 - O fotografo e filósofo Eugen Bavcar que fala sobre a maneira como ficou cego durante a guerra, fala que um detonador de mina atingiu o olho direito. Fala da máquina Zork 6 que a irmã lhe deu, quando tirou suas primeiras fotos já era cego. Spela Lenarcic é a modelo que aparece no documentário e é fotografada por ele, que também tira fotos de mulheres nuas.

5 - Marieta Severa fala sobre as dificuldades que sente, não sobe no palco sem as lentes.

6 - A artista plástica Carmela Gross fala sobre o espelho. Ela diz não se importar muito com a imagem no espelho até mesmo porque só vê um vulto passando e o espelho necessita estar muito perto dela para que alguma imagem se produza em seu foco visual.

7 - A pequena estudante Jessica Silveira dá seu depoimento. Diz ter vergonha de usar óculos e deixou em casa.

8 - João Ubaldo diz que não gostava quando estava na cama com algumas moças e estas lhe pediam para tirar os óculos.

9 - Walter Lima Jr. "Eu vi o mundo através do cinema"

10 - Oliver Sacks - Neurologista e escritor - Olhar o visível e o invisível. Ou seja, a imaginação.

11 - Manoel de Barros - o primitivo é que manda na minha alma.

12 - Arnaldo Godoy, vereador de Belo Horizonte. Cego, consegue indicar o caminho fazendo um mapa mental na cabeça. Ele nasceu com retinose pigmentar. Madalena Godoy, a filha fala sobre o pai e o orgulho que tem dele.

13 - A cineasta Marjut Rimminen fala sobre suas dificuldades visuais e de como não queria ser uma pessoa fracassada. É exibido um trecho de seu curta metragem de animação Many Happy Returns. Curta este que trata do trauma da deformidade.

14 - Agnés Varda, a cineasta fala sobre o filme "Jacquot de Nates" o tema desse filme era a infancia e a adolescencia de Jacques Demy, ele assistia à filmagem de sua própria infancia. Tudo se passava em uma garagem , em Nantes, no lugar onde crescera.

15 - Oliver Sacks fala sobre a síndrome de Capgras, sobre como algumas pessoas não conseguem reconhecer os entes queridos, pois a parte sentimental deixou de existir. O reconhecimento visual existe, mas não o emocional.

Fonte: (Wikipedia) - A Síndrome de Capgras (ou Delírio de Capgras) é um raro distúrbio no qual uma pessoa sofre de uma crença ilusória de que um conhecido, normalmente um cônjuge ou outro membro familiar próximo, foi substituído por um impostor idêntico. A síndrome de Capgras é classificada numa categoria de crenças ilusórias envolvendo erros de identificação a respeito de pessoas, lugares ou objetos. Pode ocorrer de forma aguda, passageira ou grave. A ilusão é mais comum em pacientes com diagnóstico de esquizofrenia, embora possa ocorrer em variadas condições, como dano cerebral e demência.[1] Embora seja comumente chamada de síndrome por poder ocorrer com ou paralelamente a várias outras desordens e doenças, alguns pesquisadores argumentam que deveria ser considerada mais um sintoma de algo do que uma síndrome em si mesma.

16 - Saramago fala sobre a nossa cegueira e diz que podemos explicar o espaço da desigualdade e o por que da violência, mas não há justificação para os fatos.

17 - Um parto filmado em close na vagina da mãe e a cabeça do bebê que sai aos poucos.

Elenco: José Saramago - Wim Wenders - Hermeto Pascoal - Antônio Cícero - Paulo Cezar Lopes - Agnes Varda - Marieta Severo - Eugen Bavcar - Hanna Shygulla - Carmella Gross - João Ubaldo Ribeiro - Walter Lima Jr. - Oliver Sacks - Manoel de Barros -
Arnaldo Godoy - Madalena Godoy - Marjut Rimminen.

Ficha Técnica: Título Original: Janela da Alma - Gênero: Documentário - Tempo de Duração: 73 minutos - Ano de Lançamento (Brasil): 2002 - Estúdio: Ravina Filmes - Distribuição: Copacabana Filmes - Direção: João Jardim e Walter Carvalho - Roteiro: João Jardim - Produção: Flávio R. Tambellini - Música: José Miguel Wisnick - Fotografia: Walter Carvalho - Edição: Karen Harley e João Jardim.
_____________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário