terça-feira, 30 de setembro de 2008

O Estranho Mundo de Zé do Caixão (Brasil,1968,80 mins)
Minha nota: [8,0] -
Por Wendell Borges - 30/09/2007

Comentário (não leia caso não tenha visto o filme ainda): Este filme de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, reúne 3 contos macabros, com roteiro do próprio Mojica juntamente com Rubens Francisco Luchetti, iniciando aqui uma parceria que duraria vários anos e muitos filmes.

No primeiro um velho fabricante de bonecas (Messias de Melo) conta com a ajuda de suas quatro belas filhas para atrair a atenção de compradores para as bonecas que produzem. As bonecas se destacam por causa da realidade com que são feitos os olhos. Ao final do conto, quando um grupo de quatro vabagundos ( entre eles o diretor Luis Sérgio Person) decidem roubar o velho fabricante, descobrimos a verdade por trás do realismo dos olhos delas.

No segundo conto um vendedor de balões (interpretado por George Michel Serkeis, produtor do filme) é obcecado por uma bela jovem (interpretada por Íris Bruzzi). Quando ela se casa recebe um golpe de faca ao sair da igreja por uma mulher ciumenta. Não resiste ao ferimento e morre. O vendedor de balão vai até o local onde o corpo dela foi enterrado e resolve fazer sexo com ela.

No terceiro conto, o mais macabro, o Professor Oãxiac Odez (Zé do Caixão escrito ao contrário) ao participar de um programa de TV defende a tese de que o amor não existe, segundo ele tudo é apenas atração física e instinto. Alfredo (Oswaldo de Souza), um dos seus entrevistadores durante o programa, mostra-se cético para com as idéias dele e recebe um convite para que ele vá com a esposa até sua casa, uma mansão onde ele tem provas de toda a tese que defendeu durante o programa. Alfredo aceita o convite e leva sua esposa Wilma (Nidi Reis) até a casa de Oãxiac. Ao chegar na casa, Alfredo e Wilma logo percebem que foram vítimas de uma emboscada.

São cenas de canibalismo, estupro, muito sangue e as já conhecidas reflexões filosóficas que Mojica gosta de inserir em seus filmes. O que faltou entretanto para apimentar mais este terceiro conto foram as cenas de nudez exibidas tanto no primeiro quanto no segundo contos, pois já que o macabro foi mais explorado neste terceiro, ficou estranho não se ver as já aguardadas cenas de nudez humana. No entanto, os fãs do terror ao estilo Zé do Caixão não irão se dececpcionar.

Sinopse: Elevado ao estado inatingível dos seres sobrenaturais, Zé do Caixão desfia sua filosofia e apresenta três contos. Em O Fabricante de Bonecas, marginais invadem a casa de um velhinho e descobrem o segredo da confecção de suas bonecas. Em Tara, um vendedor de balões fantasia uma paixão doentia por uma garota que ele segue obsessivamente pelas ruas. Em Ideologia, o excêntrico Professor Oãxiac Odéz tenta provar a um rival que o instinto prevalece sobre a razão, usando métodos nada ortodoxos.

Elenco: Messias de Melo, Vany Miller, Verônica Krimann, Paula Ramos, Esmeralda Ruchel, Luís Sérgio Person, Mário Lima, Rosalvo Caçador, Tony Cardi, George Michel Serkeis, Íris Bruzzi, José Mojica Marins, Oswaldo de Souza, Nidi Reis, Nivaldo de Lima


Anotações para quem já viu o filme (Wendell Notes)
1 - Quem sou eu? Não interessa. Como também não me interessa quem é você. Ou melhor, não interessa quem somos. Na realidade, o que interessa é saber o que somos. Não se dê ao trabalho de pensar,porque a conclusão final seria a loucura. O final de tudo para o início do nada. A coragem inicia aonde o medo termina. O medo inicia onde a coragem termina. Mas será que existem a coragem e o medo? Coragem do que? Medo do que? Do tudo? O que é o tudo? Do nada? O que é o nada? A existência. O que é a existência? A morte. O que é a morte? Não seria a morte o início da vida? Ou seria a vida o início da morte? ( Já começamos a ver no meio das nuvens a imagem de Zé) Você não viu nada e quer ver tudo. Viu tudo, mas não viu nada. Teme o que desconhece e enfrenta o que conhece. Por que teme o que conhece e enfrenta o que desconhece? Sua mente confusa não sabe o que procura, porque o que procura confunde a sua mente, e nasce o terror. O terror da morte. O terror da dor. O terror do fantasma. O terror do outro mundo. Agora, vê no terror, que nada é terror. Não existe o terror, no entanto o terror o aprisiona. O que é terror? Ah, não aceita o terror, porque o terror é você!

2 - O Fabricante de bonecas: Vemos um grupo de rock tocando e vários jovens dançando. Um homem encomenda 4 bonecas a um velho fabricante. "É nos olhos que reside toda a arte de Mestre Bastos", o comprador da boneca elogia a um homem que se aproxima comentando o trabalho do Mestre bastos, o velho fabricante de bonecas. Reside aqui, em São Paulo, perto de pirituba, onde tem uma oficina.

3 - Próximo dali Sérgio e um grupo de Rapazes escutam o homem que comprava as bonecas dizendo que o velho fabricante é sovina e mantém bem trancafiados muito dinheiro e suas 4 belas filhas.

4 - Dinheiro meu velho, tutu! Sérgio e seus 3 comparsas invadem a casa do velho fazedor de bonecas.

5 - Após fingir ter um ataque do coração o velho fazedor de bonecas invade o quarto onde Sergio e seus comparsas faziam sexo com as 4 filhas dele. É claro que já prevemos o que vai acontecer, os olhos dos 4 são arrancados pelo velho e colocados nas bonecas. As 4 belas filhas são uma isca para capturar homens e arrancar-lhes os olhos.

6 - Segundo conto, [TARA],um obcecado vendedor de balão consegue realizar sua tara, mesmo com a amada já estando morta. O filme é mudo. Não há falas. Apenas uma trilha de fundo

7 - Neste próximo conto [ideologia] zé interpreta o Prof. Oãxiac Odez (Zé do Caixão escrito ao contrário). Ele defende a tese de que o amor não existe, tudo é apenas atração física e instinto. Alfredo, um dos seus entrevistadores mostra-se cético para com as idéias dele e recebe um convite para que este vá até a case dele e leve sua esposa. Ele então aceita o convite e leva sua esposa Wilma (Nidi Reis) até a casa de Oãxiac.
"Eu sou caridoso, dai de comer a quem tem fome. O sarcástico Oxaiac se defendendo dos ataques de Wilma e Alfredo que viam horrorizados a cena de canibalismo. Em seguida "A pecadora e os 4 cavaleiros do apocalipse", uma mulher é cortejada por 4 homens, um deles joga ácido no rosto dela. Oxaiac prende Alfredo e Wilma em celas e diz que eles tem 7 dias para escolherem qual dos dois deve morrer. Wilma bebe o sangue retirado da jugular de Alfredo. " E o instinto venceu!"

8 - Após Wilma beber do sangue da jugular do marido os corpos de ambos são jantados por Oxaiac e sua trupe de zumbis. Há várias imagens de cobras, lagartos, ratos, sapos e aranhas. Depois de apresentado o [FIM] aparecem várias cenas de explosões e o letreiro com uma mensagem bíblica. Ezequiel, capítulo:16, versículo:43 - ... DISSE O SENHOR: e me provocaste a ira com tudo isto, eis que também eu farei recair um raio no teu caminho sobre a tua cabeça e não fará mais tal perversidade sobre todas as tuas abominações.



Clique aqui para ver os comentários de todos os filmes do Mojica que já comentei neste blogue.





Ficha Técnica "O Estranho mundo do Zé do Caixão": Direção: José Mojica Marins - » Roteiro: José Mojica Marins, Rubens Francisco Luchetti - » Gênero: Terror - » Origem: Brasil - Duração: 80 minutos - Tipo: Longa.
___________________________________________________________________________________

2 comentários:

  1. Waldomiro Vitorino6:10 AM

    Acabei de assistir e estou impressionado. Mojica teve ótimas idéias para enquadramentos, e o ritmo é preciso. A edição foi muito correta também. Ele tem um ótimo timing para os cortes de cena. Mojica é sutil na hora certa, assim como explícito e exagerado quando é preciso ou conveniente. A história que eu mais gostei foi "Ideologia", pois é extremamente sádico, engraçado e repulsivo. Mojica é sem dúvida um dos melhores diretores brasileiros que já surgiram. Este dvd é altamente recomendável.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo11:12 AM

    Hi everyone.

    I truly immensly enjoy this blog, I'll be back soon!
    What do you think of my writings on hypnosis!

    ResponderExcluir