domingo, 19 de outubro de 2008

Elsa e Fred: Um amor de paixão (Elsa Y Fred, Espanha, Argentina,2005,108 mins)
Minha nota: [9,0] -
Por Wendell Borges - 19/10/2008

Comentário (não leia caso não tenha visto o filme ainda) : O charme e carisma desta co-produção Espanha/Argentina fica por conta dos simpáticos velhinhos Manuel Alexandre (1917) de 91 anos e China Zorrilla (1922) de 86 anos. Eles protagonizam o casal Fred e Elsa, ele bastante pacato e careta, ela esbanjando vitalidade e com atitudes nada comuns para sua idade.

A atriz China Zorrila é uma atriz nascida no Uruguai, apesar de no filme interpretar uma mulher de nacionalidade argentina, ela estudou teatro em Londres e Nova Iorque durante vários anos e começou sua carreira na Argentina em 1972 já com a idade de 50 anos. Manuel Alexandre nasceu em Madrid, começou a estudar direito, mas abandonou a carreira para dedicar-se aos estudos na escola de arte dramática de Madrid. No filme, Manuel interpreta Fred, que perdeu a esposa há poucos meses, e está passando momentos difíceis sentindo a ausência da esposa, tudo muda em sua vida quando Elsa, sua nova vizinha bate no carro de Cuca (Blanca Portillo), a filha esquentada de Fred. O filho de Cuca vê quando Elsa comete o acidente e mesmo com ela ameaçando o garoto este conta tudo à mãe que exige que ela pague o concerto. Quando Elsa vai entregar o cheque que seu filho lhe dera para pagar o concerto do carro, ela acaba conhecendo Fred, e é amor à primeira vista. A partir daí o casal de velhinhos não desgruda mais, mesmo com Elsa mentindo e aprontando uma gafe após a outra. Algumas piadas, principalmente os momentos finais serão mais apreciados por quem já assistiu o clássico filme de Fellini "A Doce Vida", pois muitas das piadas e do humor referem-se a um dos grandes momentos deste filme, o banho de Anita Ekberg na Fontana di Trevi.

Filme leve, divertido e indicado a todas as idades, principalmente se você é jovem e está aborrecido com alguma coisa em sua vida. Ou seja, o lema aqui é, aproveitemos a vida com aquilo que nos faz felizes, sem se importar muito com as consequências, desde é claro que ela não perturbe a paz e a felicidade de outras pessoas.

Anotações para quem já viu o filme (Wendell - Notes)

1 - Elsa mente a idade para Fred, dizendo que é um ano mais nova que ele. Fato este que Fred descobre ser mais uma mentira da caloteira Elsa. Mas esta verdade ele só descobre após a morte de Elsa, quando ele vai deixar flores no túmulo dela. Ela tinha na verdade 82 anos. Bem mais velha que ele.

Sinopse: Fred (Manuel Alexandre) é um homem aposentado com mais de 80 anos, que leva uma vida tranquila até descobrir que está doente. O que parecia ser o fim de sua vida muda completamente quando ele conhece Elsa (China Zorrilla), sua vizinha, que também tem em torno de 80 anos. Juntos eles realizam novas experiências, redescobrindo o prazer de viver.

Elenco: Manuel Alexandre (Fred) - China Zorrilla (Elsa) - Bianca Portillo (Cuca) - Roberto Carnaghi (Gabriel) - José Ángel Egido (Paco) - Gonzalo Urtizberéa (Alejo) - Omar Muñoz (Javi) - Carlos Álvarez-Novoa (Juan) - Federico Luppi (Pablo) - Fanny Gautier (Laura)

Ficha Técnica: Título Original: Elsa y Fred - Gênero: Drama - Tempo de Duração: 108 minutos - Ano de Lançamento (Argentina / Espanha): 2005 - Site Oficial: www.elsayfred.com - Estúdio: Shazam S.A. / Tesela Producciones Cinematográficas S.R.L. - Distribuição: Columbia TriStar Films de Argentina / Paris Filmes - Direção: Marcos Carnevale - Roteiro: Marcos Carnevale, Marcela Guerty e Lily Ann Martin - Produção: José Antonio Félez - Música: Lito Vitale - Fotografia: Juan Carlos Gómez - Direção de Arte: Satur Idarreta - Figurino: Nereida Bonmatí - Edição: Nacho Ruiz Capillas - Efeitos Especiais: Kinema Digital.
______________________________________________________________________________

Um comentário:

  1. As críticas para este filme na época de sua exibição foram bem divididos, mas ele carrega uma premissa ao qual me interessa bastante em acompanhar. Em breve alugarei.

    ResponderExcluir