quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Ichi: O Assassino (Koroshiya ichi, Japão,2001, 129 mins)
Minha nota: [8,0] -
Por Wendell Borges - 23/10/2008

Comentário: Takashi Miike, um dos mais prolíficos cineastas japoneses da atualidade, dirige este alucinante e violentíssimo universo de personagens perturbardos, masoquistas e completamente insanos. O bom elenco, a fotografia em tons amarelos e que explora os tons vermelhos nas sanguinolentas cenas de violência extremada, ajudam a compor este painel gráfico e sádico de Ichi: O Assassino.

Tadanobu Asano, que dois anos depois faria o ronin Hattori, trabalhando no filme Zatoichi com Takeshi Kitano, aqui desempenha o papel do personagem mais interessante do filme, o assassino psicopata e masoquista, Kakihara, membro da gangue do Anjo, seu ex-chefe que fora sequestrado por gangues rivais. Kakihara busca alucinadamente encontrá-lo, simplesmente porque este o espancava com violenta intensidade.

O personagem título do filme, o assassino Ichi, é interpretado por Nao Omori. Ao ver a capa do filme, eu achava que o personagem Ichi era interpretado por Tadanobu, pois é ele que vemos estampado na capa do DVD. E mesmo não sendo o personagem título, é com ele que teremos as cenas mais emocionalmente intensas e dignas do espetáculo visual proporcionado por Miike e sua equipe técnica. O roteiro ficou a cabo de Sakichi Sato baseado na história em quadrinhos de Hideo Yamamoto.

Anotações para quem já viu o filme (Wendell - Notes)

1 - Jiji diz que foi Suzuki quem sequestrou o chefe de Kakihara. Suzuki é torturado por Kakihara que joga água quentes nas costas dele. Suzuki tem sua pele presa por ganchos. Karen era namorada do chefe de Kakihara.

2 - Como desculpas (por ter torturado Suzuki) cortarei minha fonte de prazer. Kakihara corta a própria língua diante de Funaka.

3- Karen trabalha no clube Hirando.

4 - Kakihara encontra Kaneko com a cabeça enfiada em um televisor, num quarto de hotel repleto de penas. Eles encontram uma sacola cheia de dinheiro. Kakihara lambe o sangue que havia em uma das notas e identifica o sangue como sendo de seu chefe, O tal Anjo. A incógnita que fica é... como ele conseguiu saber que o sangue era do seu chefe?

5 - Você era a fim do anjo, não era? Nâo porque seja gay ou por admirar a coragem dele.Mas porque sentia prazer com a dor que ele lhe infligia quando o surrava. Por isso você quer tanto encontrá-lo (kaneko falando com Kakihara)

6 - Ichi fala de seus pesadelos com a garota que ele viu ser estuprada na escola. Ele não a ajudou por ter ficado com medo. (o nome da garota era Tachibana)

7 - Escute. Quando você estiver machucando uma pessoa não pense na dor que ela está sentindo. Concentre-se no prazer de causar a dor. É a única forma de demonstrar compaixão pelo próximo. (Kakihara falando enquanto é espancando pela sua nova mulher, Karen, a ex-namorada do Anjo. Tudo bem. Bata como se quisesse me matar.

8 - Após matar Takeshi e seu pai, Ichi atinge Kakihara com alguns golpes e este despenca do prédio caindo para a morte. O mestre de Ichi enforca-se em uma árvore.

Sinopse: O cineasta Takashi Miike veio ao mundo para chocar. Seus filmes contêm imagens fortes e personagens que fariam o mais bárbaro dos seres humanos corar de vergonha. No Japão, Anjo, um chefe da máfia Yakuza, desaparece com três milhões de yens. Os membros de sua gangue, liderados pelo masoquista Kakihara, iniciam uma busca, mas a agressividade de seus métodos sangrentos aborrece os membros de outra gangue. Para complicar ainda mais, Kakihara contrata o misterioso matador Ichi, um assassino psicopata com uma infância obscura e secreta, que é controlado por um policial aposentado. Agora será provado para todos que o inferno realmente existe.

Elenco: Tadanobu Asano ... Kakihara - Nao Omori ... Ichi - Shinya Tsukamoto ... Jijii - Paulyn Sun ... Karen - Susumu Terajima ... Suzuki - Shun Sugata ... Takayama - Toru Tezuka ... Fujiwara - Yoshiki Arizono ... Nakazawa - Kiyohiko Shibukawa ... Ryu Long - Satoshi Niizuma ... Inoue - Suzuki Matsuo ... Jirô / Saburô - Jun Kunimura ... Funaki - Hiroyuki Tanaka ... Kaneko
Moro Morooka ... Coffee Shop Manager - Houka Kinoshita ... Sailor's Lover

Filmes de Takashi Miike que já assisti até 23/10/2008. (Todos com comentários neste blogue)

Audition
Morrer ou viver
Uma chamada perdida

Ficha Técnica: Título no Brasil: Ichi - O Assassino - Título Original: Koroshiya / Ichi the Killer - País de Origem: Japão / Hong Kong / Coréia do Sul - Gênero: Suspense - Tempo de Duração: 128 minutos - Ano de Lançamento: 2001.
________________________________________________________________________________

2 comentários:

  1. Bem legal esse filme.
    Comprei a versão dupla da Europa Filmes. Nem vi os extras ainda.

    ResponderExcluir
  2. Ichi e Zatoichi são dois orientais que preciso urgentemente assistir. São tão elogiados...

    Ciao!

    ResponderExcluir