quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Perigo em Bangkok (Bangkok Dangerous, EUA,2008, 99mins)
Minha nota: [4,5] -
Por Wendell Borges - 15/10/2008

Comentário (não leia caso não tenha visto o filme ainda): Eis uma refilmagem completamente descartável, daquelas que você se pergunta, mas afinal por que todo esse pessoal envolvido no projeto não conseguem perceber as bobagens que estão filmando? Ou será que percebem e pensam que o público irá engolir qualquer balela filmada com certo estilo? Estimado em cerca de US$ 40 milhões, tendo faturado pouco menos de US$ 8 milhões em seu final de semana de estréia nos EUA, Perigo em Bangkok deixa um sinal de alerta para os próximos filmes: É urgente a necessidade de novas mentes criativas para o gênero ação!

Acredito eu, com a crise pela qual passa atualmente o império norte-americano, não dá para ficar torrando milhões em bobagens que não vão gerar lucro. E afinal de contas, a exportação dos irmãos Pang para o cinema norte-americano não deu frutos ainda.

Em 2007, o filme Os Mensageiros (que assisti recentemente) estreou em 2.500 salas e só conseguiu faturar US$ 35 milhões, mal pagando seus custos. A trama de Perigo em Bangkok, clichê do clichê, narra as últimas missões de um assassino chamado Joe (Nicolas Cage), com uma cabeleira estilosa e o rosto apático e tristonho, Cage vem protagonizando nos últimos anos, com algumas poucas exceções, uma série de fracassos de bilheteria. O filme com todos os clichês só não é um total desperdício devido ao encerramento da trama, que consegue ao menos fugir um pouco do balaio de repetições entediantes que vão permeando a narrativa. O filme se passa em Bangkok, como sugere o título, e o matador Joe está na cidade para executar quatro inimigos de um brutal criminoso chamado Surat (Nirattisai Kaljaruek), resolve então quebrar uma de suas regras de conduta, contratando um jovem chamado Kong (Shahkrit Yamnarm) para ajudá-lo. Para fugir da solidão, Joe acaba se envolvendo com uma jovem atendente de farmácia chamada Fon (Charlie Yeung), uma garota surda-muda por quem se apaixona.

A personagem completamente vazia, protagoniza uma das cenas mais ridículas do filme ao lado de Cage, quando os dois estão jantando e Joe está comendo algo apimentado. Enfim, apesar de sempre ter comigo a idéia de que todo filme por mais ruim que seja tem em sua essência a aura da arte imbricada em seu interior, este Bangkok é daqueles que com certeza podem ser deixados de lado, esperando um pouco na fila, para quem sabe algum dia, numa tarde ociosa possa ser visto de forma descompromissada acompanhado de bastante refrigerante e Junk Food.

Sinopse: Sinopse: Joe, um matador sem remorsos, está em Bangkok para executar quatro inimigos de um brutal criminoso chamado Surat. Para ajudá-lo, Joe contrata Kong, um ladrão de rua, para enviar mensagens para ele com a intenção de cobrir seus passos. A intenção, é claro, seria matá-lo ao fim do serviço. Estranhamente, no entanto, Joe, solitário por natureza, se pega na posição de mentor do garoto, enquanto emenda um romance com uma garota local. Enquanto se apaixona pela beleza quase tóxica de Bangkok, ele começa a questionar sua existência e baixa a guarda... justamente quando Surat decide que é hora de fazer uma limpeza geral.

Elenco: Nicolas Cage- Shaun Delaney - Steve Baldocchi - Chris Heebink - James Wearing Smith - Charlie Young - Shakrit Yamnarm - Philip Waley - Dom Hetrakul - Andrew Pfeffer - Chris Lowenstein - Oliver Ackerman

Ficha Técnica: Título Original: Bangkok Dangerous - Gênero: Ação - Tempo de Duração: 100 minutos - Ano de Lançamento (EUA): 2008 - Estúdio: Lionsgate Films - Direção: Oxide Pang / Danny Pang - Roteiro: Jason Richman.
____________________________________________________________________

3 comentários:

  1. Desse eu estou correndo. Não quero ver nem de graça...

    Ah! E o cabelinho está ridículo. Depois de O Sacrifício vai ser difícil confiar no Nicolas Cage de novo!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Leandro7:18 AM

    Realmente Cecilia... Nicolas Cage está me decepcionando cada vez mais também... HAshH e se fosse só o cabelo que torna o filme ridiculo tava tudo ok... rs rs

    ResponderExcluir
  3. Será que o Cage não vai voltar para os papéis que o consagraram?

    Abraço!

    ResponderExcluir