domingo, 19 de outubro de 2008

Vidas Amargas (East of Eden,EUA,1955,112 mins)
Minha nota: [10,0] -
Por Wendell Borges - 19/10/2008

Comentário: Clássico de Elia Kazan (1909-2003) traz o mito James Dean (1931-1955) em excelente atuação ao lado de Julie Harris, no papel de Abra, (uma das atrizes mais premiadas e prestigiadas da Broadway - 1925), Raymond Mossey (1896-1983), Richard Davalos (1935) e Jon Van Fleet (1914-1996), que recebeu o oscar de melhor atriz coadjuvante pelo papel de Kate (a mãe perversa de Aron e Cal).

O roteiro de Paul Osborn para "Vidas Amargas" baseia-se na segunda parte da obra "A Leste do Éden"(1952), do escritor estadunidense John Steinbeck (1902-1968), que por sua vez inspirou-se no mito bíblico de Adão e Eva para construir todo o conflito psicológico das personagens.

A trama é ambientada no ano de 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, na região de Salinas, Califórnia. Os conflitos giram em torno de Cal Trask (Dean), filho rejeitado de Adam Trask (Raymond Massey), e sua disputa com o irmão,Aron Trask, interpretado por Richard Davalos. Cal descobre que sua mãe, Kate (Jo Van Fleet), está viva e é dona de um bordel, ele então começa a persegui-la e faz de tudo para falar com ela e pedir explicações que a levaram a abandonar o marido e os filhos. O filme nos coloca diante de um dos grandes dilemas filosóficos, conceituar o que é o bem e o mal, e como julgar a bondade ou maldade de um ser humano. Vidas amargas é aquele tipo de filme virtuoso, onde tudo parece quase perfeito, o elenco, a direção elegante de um grande diretor, a bela fotografia em tons esverdeados de Ted D. McCord (1900-1976). Filme obrigatório!

Sobre o desempenho dos atores em Vidas Amargas

O Método ou Sistema Stanislavski

Constantin Stanislavski (1863-1938) - Ator desde os catorze anos, foi um dos fundadores do Teatro de Arte de Moscou, criador do Sistema Stanislavski de atuação realista, ainda hoje básico na arte da representação.

A direção de atores é um dos meios à disposição do cineasta para criar seu universo fílmico, diversos estudos já foram e ainda são feitos sobre a arte de atuar. Um dos métodos que ficou bastante conhecido e ainda hoje é utilizado, é o chamado "método de Stanislavski", que representa a atitude do ator de colocar-se na pele da personagem. Este método foi desenvolvido por Elia Kazan e Lee Strasberg no Actor's Studio, escola de arte dramática fundada em Nova York, em 1947.

Curiosidades Bíblicas

Obs:
O nome Aron significa Iluminado, nome de origem Hebraica. Já Caleb, nome completo do apelido do personagem de Dean, Cal, significa "Fiel Como Cão". Foi Ele Que Chegou Na Terra Prometida Com Josué.

Obs 2: O título "East of Eden" (À Leste de Éden) vem do fim da passagem bíblica: "Caim saiu da presença de Javé e habitou na terra de Nod, à leste de Éden".

Curiosidades sobre a vida do mito James Dean.

1 - Seu nome completo, James Byron Dean, foi uma homenagem da mãe ao poeta Lord Byron.
2 - Seu pai, Wilton Dean,era dentista.
3 - A mãe, Mildred Dean, morreu de Câncer quando James tinha apenas 8 anos.

Anotações para quem viu o filme (Wendell - Notes)

A belíssima cena final com Cal finalmente recebendo a tão esperada atenção de seu pai.

1 - Aron se alista e foge no trem abandonando o pai. Adam tem um derrame e fica em estado quase vegetativo, Cal pressionado por Abra vai conversar com Adam, que consegue falar com o filho e pedir a ele que livre-se da enfermeira e que passe a cuidar dele. Cena belíssima.

Filmografia de James Dean com cotação para os filmes que já vi até 19/10/2008

1956 - Assim caminha a humanidade (Giant)
1955 - Juventude transviada (Rebel without a cause)
1955 - Vidas amargas (East of Eden)
1953 - Harvest (TV)
1953 - Atalhos do destino (Trouble along the way)
1952 - Sinfonia prateada (Has anybody seen my gal?)
1951 - Baionetas caladas (Fixed bayonets)
1951 - O marujo foi na onda (Sailor beware!)

Prêmios: Academia de Hollywood - Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Jo Van Fleet)
Globo de Ouro - Prêmio de Melhor Filme - Drama
Festival de Cannes - Prêmio de Melhor Filme Dramático (Elia Kazan)

Indicações: Academia de Hollywood - Indicado aos Oscars de Melhor Direção, Melhor Roteiro e Melhor Ator (James Dean)
Academia Britânica - Indicado aos Prêmios de Melhor Filme, Melhor Ator Estrangeiro (James Dean) e Melhor Revelação Feminina (Jo Van Fleet)

Sinopse: Na época da Primeira Guerra Mundial, no Vale Salinas, Cal Trask disputa com o irmão Aron o amor de seu pai.

Ficha Técnica: Título original: East of Eden (EUA, 1954) - Diretor: Elia Kazan - Elenco: James Dean, Julie Harris, Richard Davalos, Jo Van Fleet, Raymond Massey, Burt Ives, Lois Smith, Albert Dekker - Extras: "Eternamente James Dean", "Vidas Amargas: Arte Buscando a Vida", "Estréia em Nova York em 9 de Março de 55", testes de guarda-roupa, testes para o cinema, cenas eliminadas, trailer - Idioma: Inglês, Espanhol e Português - Legendas: Português, Inglês, Espanhol, Chinês, Coreano, Indonésio - Gênero: Drama - Duração: 118 min. Cor - Distribuidora: Warner.
______________________________________________________________________________

2 comentários:

  1. Um filme à 'flor da pele'. Não só assistimos a uma estrondosa interpretação de James Dean, como estamos na presença de um drama de enorme intensidade conduzido com toda a mestria de Elia Kazan. Enorme!!!!!

    10/10.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. É mesmo um filme obrigatório!
    Daqueles que a gente assiste com um nó na garganta que parece nos sufocar.
    Para mim, é a melhor atuação de Dean.
    E a cena citada é realmente de matar um do coração!

    Beijocas

    ResponderExcluir