domingo, 23 de novembro de 2008

As vinhas da Ira (The Grapes of Wrath, EUA,1940)
Minha nota:[10,0] -
Por Wendell Borges - 23/11/2008


" Não podem acabar conosco. Não podem nos varrer. Vamos continuar para sempre Pa,pois nós somos o povo".
Ma Joad personagem de Jane Darwell.



Comentário: Este filme já tem mais de 60 anos e sua mensagem ainda não envelheceu, há um certo momento em que o personagem Muley, interpretado por John Qualen (1899-1987) pergunta a um homem em quem ele deve atirar para defender suas terras, referindo-se aos responsáveis pela criação da máquina burocrática e tecnológica que tanto nos assusta e surpreendente nos dias atuais. Muley estava vendo toda a terra em que sua família nasceu e onde também muitos morreram serem entregues às companhias agrárias do governo sem que nada pudesse ser feito para impedir, abaixo descrevo a sequência a que me refiro:

[Muley] - Veio um homem um dia.
[o Homem] Depois do vendaval,o sistema de arrendamento não funciona mais. Mal cobre os custos. Um homem e um trator podem cuidar de 12 a 14 desses sítios. É só lhe pagar um salário e colher a safra.

[Muley]- Mas com menos do que recebemos não sobreviveríamos. As crianças mal tem o que comer. Andam tão esfarrapados que teríamos vergonha se não estivessem todos assim.

[o Homem] Sinto muito. Tenho ordens. Eles me mandaram dizer para irem embora. [ quem são eles? eu me pergunto, volta e meia nós dizemos isso, a culpa é deles, esses invisíveis - W. Borges]
[Muley]- Sair da minha terra?
[o Homem] - Não é minha culpa.
[jovem] - De quem é então?
[ o Homem] - Sabe quem é a dona das terras. A Agropecuária Shawnee.
[Muley]- E quem são eles?
[ o Homem]- Ninguém. É uma companhia.
[jovem] - Devem ter um presidente. Alguém que sabe o que é uma espingarda.
[o Homem] - Filho, não é culpa dele. O banco manda nele.
[jovem] - Está bem. Onde fica o banco?

[ o Homem] - Tulsa. E o que adianta ir atrás dele? É só um gerente que mal dá conta das ordens que recebe.
[Muley] - Então em quem atiramos?
[ o Homem] - Irmão. Eu não sei. Se soubesse eu diria. Eu não sei de quem é a culpa.

[Muley] - Eu lhe digo, moço,ninguém vai me expulsar das minhas terras. Meu avô recebeu estas terras há 70 anos. Meu pai nasceu aqui. todos nós nascemos aqui. E alguns de nós foram mortos aqui.

Este é apenas um de muitos outros grandes momentos desta obra prima que narra a saga da família Joad durante a grande depressão americana após a quebra da bolsa de Nova York em 1929, dirigida por John Ford (1894-1973) com a magistral fotografia de Gregg Tolland, (1904-1948) que no ano seguinte faria com Orson Welles outra obra-prima, Cidadão Kane, um dos mais aclamados filmes norte-americanos. Outro destaque desta obra fantástica é o elenco, Henry Fonda (1905-1982) no papel de Tom Joad e Jane Darwell (1879-1967) [recebeu o oscar de melhor atriz coadjuvante] no papel de Ma Joad são a força dramática do filme e é com eles que teremos alguns dos melhores momentos de Vinhas da Ira. Some tudo isto à direção brilhante de John Ford que imprime um ritmo denso e ao mesmo tempo conduz a narrativa com um lirismo impressionante. Só mesmo assistindo para acreditar na força deste filme. Obra-prima imperdível não só para cinéfilos, mas para todos os amantes da arte em geral. O produtor Darryl F. Zanuck exigiu que o filme tivesse um final diferente da obra do escritor John Steinbeck (1902-1968) na qual foi adaptada.

O excelente roteiro foi escrito por Nunnally Johnson (1897-1977). Vale destacar também o personagem Casy, o pregador vivido por John Carradine (1906-1988) [pai do ator David Carradine], também com atuação brilhante. O filme recebeu dois oscars, o de melhor atriz para Jane Darwell e o de melhor diretor para Ford. Recebeu ainda 5 outras indicações, Melhor Filme, Melhor Edição,Melhor Fotografia, Melhor Som e Melhor Roteiro.

Curiosidades: O oscar de melhor filme e Fotografia ficou para Rebecca-A mulher inesquecível. do diretor Alfred Hitchcock. O oscar de melhor ator foi para James Stewart por Noites de Escândalo. O oscar de Melhor roteiro também foi para Noites de Escândalo.

Curiosidades 2: Winfield e Ruthie, as duas crianças da família Joad interpretados pelos atores Darryl Hickman (1931) que tinha apenas 9 anos quando participou do filme e Shirley Mills (1926) que tinha 14 anos.

Curiosidade 3: Veja a trajetória da Família Joad que saiu de Sallisaw, pequena cidade do estado de Oklahoma para o estado da Califórnia.






Mapa dos Estados Unidos com o estado de Oklahoma em destaque.








Mapa do Estado de Oklahoma com a pequena cidade de Sallisaw que hoje tem pouco mais de 8 mil habitantes.










Mapa dos Estados Unidos com o estado da Califórnia em destaque.





Curiosidade 4:



A foto ao lado foi tirada entre 1930 e 1935 e mostra a fila do pão na ponte do Brooklyn. Era a decadência e a pobreza do povo americano na difícil época da depressão após a quebra da bolsa de Nova York em 1929. Esta decadência foi um dos principais temas da obra do escritor Steinbeck.

[A foto foi escaneada da edição Caderno Entrelivros: Panorama da Literatura Americana, lançado pela editora Duetto]






Curiosidade 5: O diretor de Fotografia Gregg Toland (foto à esquerda) morreu de trombose aos 44 anos em 1948. Toland tinha apenas 1m 55cm, baixinho na estatura, mas enorme no talento, Toland recebeu o oscar de melhor fotografia por seu trabalho no filme O Morro dos Ventos Uivantes (Wuthering Heights), dirigido por William Wyler em 1939, filme baseado no romance da escritora Emily Bronte.



Anotações para quem já viu o filme [Wendell - Notes]


1 - Tratores Caterpilar, conhecidos como "Cats" - E para cada um deles, 10 ou 15 famílias foram expulsas de suas terras.
2 -O discurso do pregador aos 40 minutos, enterram o avô de Tom Joad
3 -Connie canta ao luar enquanto todos à sua volta escutam a melodia.
4 - Talvez duas ou tres mil pessoas partam para oeste. [o bilhete anunciado que serão contratados 800 colhedores de pêssegos e laranjas - grande disputa por emprego]
5 - Bert oferece o pão dormido de 15 centavos, vendendo a 10 centavos na lanchonete.
6 - Bem vindos a Needles, Califórnia.
7 - Minha nossa, que gente sofrida. Todos de Oklahoma são assim.[ no posto de gasolina, dois frentistas conversando sobre a família Joad] 56 minutos
8 - Spicy Western Story [Não precisa pagar.É só mandar o cupom que você é um técnico de rádio] Connie falando com a esposa sobre um anúncio que vira em revista.
9 - Sallisaw,Oklahoma. É a cidade onde a família Joad partiu. Um guarda diz ter vindo de Cherokee há dois anos atrás. A família de Connie é de Cherokee.
10 - Um homem chamado Spencer avisa que estão precisando de colhedores de pêssego. Isto ocorre após a família ser barrada por vários homens que faziam barricada afugentando as pessoas que vinham de Oklahoma.
11- Quatro homens.Duas mulheres.Duas crianças.
12 - Winfield e Ruthie, são as duas crianças da família Joad.
13 - Casey, talvez fosse um pregador, mas ele enxergava bem as coisas. [Tom falando com a mãe após ouvir o homem anunciar que iriam pagar apenas dois centavos e meio por colheita. Casey havia alertado Tom na noite anterior que eles iriam voltar a pagar dois centavos e meio assim que a greve parasse.]
14 - Winfield e Ruthie entram pela primeira vez em um banheiro com pia e sanitário. Winfield se assusta ao puxar a descarga achando que quebrou, os dois saem correndo do banheiro.
15 - quatro homens entram no baile, um deles diz que foram convidados por Buck Jackson. [ os homens contratados para provocar briga e fazer o acampamento fechas, a polícia já estava à espreita]
16 - Nós viveremos para sempre Pa, porque nós somos o povo. [ Ma Joad]

Sinopse: Oklahoma, na época da Depressão. O filho mais velho de uma família de trabalhadores rurais pobres retorna para casa, após cumprir pena por homicídio involuntário. Ele planeja levar em um pequeno caminhão a família até a Califórnia, onde se diz que trabalho lá não falta. Durante a viagem eles passam por diversos tipos de provações e quando chegam na Terra Prometida descobrem que era um lugar bem pior do que aquele que tinham deixado.

Elenco: Henry Fonda (Tom Joad) - Jane Darwell (Ma Joad) - John Carradine (Casy) - Charley Grapewin (Avô) - Dorris Bowdon (Rosasharn) - Russell Simpson (Pa Joad) - O.Z. Whitehead (Al) - John Qualen (Muley) - Eddie Quillan (Connie) - Zeffrie Tilbury (Avó) - Frank Sully (Noah) - Frank Darien (Tio John) - Darryl Hickman (Winfield) - Shirley Mills (Ruth Joad)

Ficha Técnica: Título Original: The Grapes of Wrath - Gênero: Drama - Tempo de Duração: 129 minutos - Ano de Lançamento (EUA): 1940 - Estúdio: 20th Century Fox - Distribuição: 20th Century Fox Film Corporation - Direção: John Ford - Roteiro: Nunnally Johnson, baseado em livro de John Steinbeck - Produção: Darryl F. Zanuck - Fotografia: Greg Toland - Direção de Arte: Richard Day e Mark-Lee Kirk - Figurino: Gwen Wakeling - Edição: Robert L. Simpson.
________________________________________________________________________________________

Um comentário:

  1. Esse filme é magnífico. Uma obra de arte. O final me emocionou completamente.

    Nota 9,0 [*****]

    Ciao!

    ResponderExcluir