domingo, 9 de novembro de 2008

Morangos Silvestres (Smultronstallet,Suécia,1957, 91 mins)
Minha nota: [10,0] -
Por Wendell Borges - 09/11/2008

Comentário: Conferi hoje mais uma obra-prima do mestre Bergman. Desta vez com a participação de Victor Sjostrom (1879-1960), famoso ator e diretor sueco (que também fez carreira em Hollywood) e com o elenco de atores e atrizes preferidos do diretor, Bibi Anderson (1935) no papel de Sara, a antiga paixão do personagem de Victor Sjostrom, o professor de medicina Isak Borg. Temos também Ingrid Thulin (1926-2004) no papel de Marianne Borg,nora de Isak, casada com seu filho Evald Borg, vivido por Gunnar Bjornstrand (1909-1986). Destaque também para Jullan Kindahl, no papel da empregada Agda e Gertrud Fridh, como Karin,a esposa falecida de Isak.

O roteiro escrito pelo próprio Bergman se aprofunda na psiquê do velho professor Isak Borg e vai narrando seus dilemas e sonhos estranhos em meio às suas conversas com Marianne e com um grupo de 3 jovens que eles dão carona quando estão indo visitar a mãe de Isak, vivida por Naima Wifstrand.

Os três jovens são interpretados por: Bibi Anderson (Sara), Bjor Bjelfvenstam (Victor) e Folke Sundquist (Anders). Durante a viagem ocorre um acidente de carro e o grupo acaba conhecendo o casal Alman (Gunnel Brostrom) e Berit. A belíssima fotografia desta vez ficou por conta de Gunnar Fischer (1910).

Max von Sydov também aparece em um pequeno papel, interpretando o personagem Henrik Åkerman trabalhando em um posto de gasolina junto à esposa Eva, interpretada por Ann Marie-Wilman. O título se refere aos morangos que eram colhidos silvestres na casa de verão de sua infância.

Anotações para quem já viu o filme (Wendell - Notes)

(Bergman e Sjostrom conversando no set de filmagens de Morangos Silvestres)

1 - Nossa relação com as pessoas consiste em discutir com elas e criticá-las. Foi isto que me afastou, por vontade própria de toda a minha vida social. Isso tornou minha velhice solitária. Sempre trabalhei muito, e sou grato por isso. Comecei a trabalhar para sobreviver e acabei amando a ciência. Tenho um filho que também é médico e mora em Lund. Ele foi casado durante anos, mas não teve filhos. Minha mãe ainda vive e, apesar da idade, é uma pesso ativa. Minha esposa Karin, morreu há muitos anos.
- O jantar está servido, Prof. Borg

Meu nome é Eberhard Isak Borg, e tenho 78 anos. Amanhã, receberi o título honorário na Catedral de Lund.

2 - O sonho estranho de Borg: ele vê a si mesmo em um caixão
3 - Agda é o nome da empregada.
4 - Isak sonha com sua bela prima Sara
5 - Sara, Anders e Victor pegam carona com Marianne e Isak até a Itália.
- O engenheiro Alman sofre um acidente de Carro com sua esposa Berit, o acidente envolveu Isak, Marianne, Sara, seu noivo Anders e o amigo Victor que desviaram para que os carros não se chocassem. Após darem carona ao casal Alman e Berit, Marianne pede a eles que saiam do carro quando eles começam a brigar sem parar. Alman diz que Berit é histérica e ele só a suporta por ser católico.
7 - A mãe de Isak já está com 96 anos.
8 - O primeiro dever de um médico é pedir perdão. Indiferença, egoísmo, falta de consideração. A conclusão feita pelo Inspetor Alman no pesadelo de Isak. Ele é considerado culpado. Examina a mulher de Alman e diagnotica que ela está morta, ela desperta e começa a gargalhar.
9 - Terça-feira. 1º de maio de 1917. Você está aqui, ouviu e viu o que eles fizeram. (Alman falando com Isak sobre o dia em que ele viu a esposa sendo estuprada.)
10 - É absurdo trazer uma criança para este mundo. (Evald irritado quando Marianne diz a ele que está grávida e que irá ter o bebê) Eu fui um filho indesejado de um casamento infernal.
11 - Não existe certo ou errado. Agimos conforme o necessário. Isto é primário. (Evald conversando com Marianne)
- E o que é necessário?
- Para você é viver, existir e procriar.
- E para você?
- Para mim é morrer. Simplesmente morrer.
12 - Após ver seu filho reatar com Marianne, Isak volta a dormir e sonhar com sua juventude ao lado de Sara.

Curiosidade: O filme está na Lista de melhores filmes do Vaticano, recomendado pelo sua descrição da "jornada interior de um homem, do sofrimentos do remorso e ansiedade para uma sensação de paz e reconciliação"

Prêmios e reconhecimentos (Fonte Wikipedia)

Festival Internacional de Berlim (1958)

* Recebeu o Urso de Ouro por Melhor Filme
* Recebeu o prêmio FIPRESCI (Victor Sjöström)

BAFTA (1959)

* Indicado à categoria Melhor Filme
* Indicado à categoria Melhor Ator Estrangeiro (Victor Sjöström)

Globo de Ouro (1960)

* Venceu a categoria Melhor Filme Estrangeiro

Oscar (1960)

* Indicado à categoria Melhor Roteiro (Ingmar Bergman)

Sinopse: O professor de medicina Isak Borg (Victor Sjöstrom) dirige com sua nora Marianne (Ingrid Thulin) de Estocolmo a Lund para receber o grau honorário da Universidade de Lund por seus 50 anos de carreira. No caminho, relembra os principais momentos de sua vida, temendo a morte que se aproxima. Conhece diversas pessoas na estrada, desde Sara, uma viajante com seu noivo e um acompanhante, a um casal que faz Isak lembrar do sua própria vida e casamento.

Ficha Técnica: Morangos Silvestres - Smultronstallet,Suécia,1957, 91 mins. Direção e roteiro: Ingmar Bergman.
______________________________________________________________________________________

Um comentário:

  1. Bergman é um dos meus diretores favoritos, e embora não ache que Morangos Silvestres seja seu melhor filme (amo Gritos e Sussurros), gosto muito da forma como ele, através de uma viagem, repassa toda a vida de seu personagem. A cena da colheita de morangos é incrível.

    ResponderExcluir