segunda-feira, 10 de novembro de 2008

O Nevoeiro (The Mist,EUA,2007,119 mins)
Minha nota: [9,5] -
Por Wendell Borges - 10/11/2008

Comentário: O gênero Horror/Suspense é um dos meus preferidos. As sensações que um bom filme de suspense é capaz de passar são das mais provocantes e intensas, por podermos imaginar aquelas sensações de aflito sendo vividas por aquelas personagens estando nós espectadores a salvo, protegidos por trás da tela, completamente fora daquela dimensão retratada no filme. O nevoeiro é algo místico, um filme intenso, que não exita em fazer o espectador sentir-se horrorizado, completamente tenso e desgastado por causa da barbárie iminente.

A direção de Frank Darabont (o mesmo de Um sonho de Liberdade e À espera de um milagre), é magnífica, ele consegue obter interpretações soberbas do elenco e seu excelente roteiro foi baseado no conto O Nevoeiro, publicado no livro Tripulação de Esqueletos, escrito por Stephen King. (não li o conto, mas devido algumas pesquisas que fiz para escrever este comentário soube que ele foi fiel ao conto modificando pouquíssimas coisas, uma delas o final)

Eu não havia lido nada a respeito do filme até hoje. Não sabia nada da trama e acredito que isto tenha contribuído para aumentar o clima de suspense já que eu não sabia que mistério havia por trás daquele misterioro nevoeiro e que criaturas se escondiam por trás dele. Evito ler sinopses ou quaisquer comentários que sejam sobre filmes de suspense, geralmente algumas revelações acabam estragando o prazer de ver o mistério ser revelado aos poucos. Portanto, não irei desvelar nada aqui neste comentário além do básico.

A trama é simples, um grupo de pessoas de uma pequena cidade ficam presos em um supermercado por causa de um misterioso nevoeiro e alguma coisa parece estar se escondendo por trás deste misterioso acontecimento. Um suspense psicológico dos melhores já realizados nos últimos anos. Destaque também para os efeitos especiais e a trilha sonora.

O Nevoeiro é um filme Imperdível! Quem não viu ainda e curte o gênero não deve perder mais nem um segundo. Desligue as luzes, se tranque no escuro do quarto ou da sala e se prepare para momentos de extrema tensão.

Sinopse: Após uma violenta tempestade devastar a cidade de Maine, David Drayton (Thomas Jane) e Billy (Nathan Gamble), seu filho de 8 anos, correm rumo ao supermercado, temendo que os suprimentos se esgotem. Porém um estranho nevoeiro toma conta da cidade, o que faz com que David, Billy e outras pessoas fiquem presas no supermercado. Logo David descobre que há algo de sobrenatural envolvido e que, caso deixem o local, isto pode ser fatal.

Curiosidades
- Inicialmente O Nevoeiro seria produzido pela Paramount Pictures.
- O diretor Frank Darabont apenas concordou em trabalhar para a Dimension Films caso o estúdio se recusasse a mudar, de forma alguma, o final do roteiro por ele escrito.
- Inicialmente Frank Darabont pretendia que O Nevoeiro fosse em preto e branco. Na versão em DVD lançada nos Estados Unidos esta versão está disponível no 2º disco.
- Frank Darabont queria escalar Stephen King, autor do livro o qual O Nevoeiro é baseado, em um papel coadjuvante. King recusou o convite, abrindo espaço para a contratação de Brian Libby.
- William Sadler já havia participado de uma versão em áudio do livro "The Mist", de Stephen King.
- Para poupar tempo e dinheiro os produtores e o diretor Frank Darabont decidiram por contratar para o filme a equipe de câmeras da série de TV "The Shield". As filmagens ocorreram durante as 6 semanas de férias da série.
- Apesar de se passar no Maine, as filmagens ocorreram em Minden, Louisiana. Para alegria de Frank Darabont, Stephen King não notou a diferença ao assistir ao filme.
- A farmácia vista em cena chama-se King's Pharmacy, em referência a Stephen King.
- Thomas Jane acompanhou boa parte da edição do filme, já que desejava aprender mais sobre este processo.
- O orçamento de O Nevoeiro foi de US$ 18 milhões.

Elenco: Thomas Jane (David Drayton) - Marcia Gay Harden (Sra. Carmody) - Laurie Holden (Amanda Dumfries) - Andre Braughter (Brent Norton) - Toby Jones (Ollie Weeks) - William Sadler (Jim) - Jeffrey DeMunn (Dan Miller) - Frances Sternhagen (Irene Reppler) - Nathan Gamble (Billy Drayton) - Alexa Davalos (Sally) - Chris Owen (Norm) - Sam Witwer (Recruta Jessup) - Robert C. Treveiler (Bud Brown) - David Jensen (Myron) - Andy Stahl (Mike Hatlen)
Buck Taylor (Ambrose Cornell) - Brandon O'Dell (Bobby Eagleton) - Jackson Hurst (Joe Eagleton) - Brian Libby.

Ficha Técnica: Título Original: The Mist - Gênero: Terror - Tempo de Duração: 126 minutos - Ano de Lançamento (EUA): 2007 - Site Oficial: www.themist-movie.com - Estúdio: Dimension Films / Darkwoods Productions - Distribuição: Dimension Films / MGM / The Weinstein Company / Paris Filmes - Direção: Frank Darabont - Roteiro: Frank Darabont, baseado em livro de Stephen King - Produção: Liz Glotzer e Frank Darabont - Música: Mark Isham - Fotografia: Ronn Schmidt - Desenho de Produção: Gregory Melton - Direção de Arte: Alex Hajdu - Figurino: Giovanna Ottobre-Melton - Edição: Hunter M. Via - Efeitos Especiais: LOOK! Effects / CaféFX / K.N.B. effects Group / Digital Dream / RotoFactory / HimAnl Productions.
____________________________________________________________________________________

4 comentários:

  1. Excepcional filme. Cinema dos mais pessimistas, com brilhantismo de sobra em suas análises e diálogos, além de genialismos chaves na direção focada de Darabont. O fim é mortificante e perfeito.

    Nota 9,0 [*****]

    Ciao!

    ResponderExcluir
  2. Wendell, O Neveorio só não é o melhor suspense do ano por causa de O Orfanato, mas é um filme de uma tensão incrível. E o interessante é que por mais que os monstros justifiquem o terror no filme, são as atitudes humanas as mais assustadoras, com destaque especial para a Sra. Carmody naquela figura de fudamentalista religiosa psicopata. Aquilo sim é assustador. A Marcia Gay Harden dá um show e não acho que o resto do elenco seja tão bom assim, nem os efeitos especiais. Mas é um filmaço. E aquele final é de deixar qualquer um destruído. Totalmente arrasador.

    ResponderExcluir
  3. Filmão mesmo. Justifica a alcunha de "um dos melhores terrores da década".

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Realmente é um filmão!
    Eu adorei... O fim é perfeito!

    Beijocas

    ResponderExcluir