domingo, 16 de novembro de 2008

Um corpo que Cai (Vertigo,EUA,1958,128mins)
Minha nota: [ 10,0] -
Por Wendell Borges - 16/11/2008

Comentário: Indiscutível obra-prima de Alfred Hitchcok (1899-1980), com grandes atuações de James Stewart (1908-1997) e Kim Novak (1933). O final surpreendente, a belíssima fotografia e a direção precisa do mestre do suspense, que cadencia a narrativa com um ritmo que faz a tensão aumentar à medida que o mistério vai crescendo, faz deste filme um dos melhores já realizados no gênero suspense.

O roteiro de Um Corpo Que Cai é baseado no livro "D'Entre les Morts", dos escritores Pierre Boileau (1906-1989) e Thomas Narcejac (1908-1998), tendo sido escrito especialmente para Hitchcock após o diretor ter demonstrado interesse em comprar os direitos do livro anterior da dupla, "Diabolique", filme este que acabou nas mãos do diretor francês Henri-Georges Clouzot (1907-1977) filmado em 1955.

A trama de Um corpo que cai gira em torno do detetive John Ferguson (James Stewart) que é contratado pelo amigo Gavin Elster (Tom Helmore) para seguir e investigar a esposa, Madeleine Elster (Kim Novak), uma mulher com tendências suicidas, fato este que parece ter explicações devido ao passado da jovem, sua bisavó Carlotta Valdes teve uma trágica história de amor que culminou com seu suicídio aos 26 anos.

Destaques para o figurino, realizado pela famosa figurinista Edith Head (1897-1981), que fez um grande trabalho com a atriz Kim Novak, deixando-a ainda mais bela utilizando vestidos com cores contrastantes à pele e as cores do cabelo de sua personagem. Destaque também para a parte sonora que foi indicada ao oscar de Melhor Som em 1959, perdendo para o filme Quero Viver! do diretor Robert Wise.

O curioso é que o filme não teve grande aceitação por parte da crítica na época, sendo aclamado apenas anos depois como sendo uma das grandes obras-primas de Hitchcock.

Obs: A atriz Barbara Bel Geddes (1922-2005) interpreta uma antiga paixão do detetive John Ferguson,Marjorie "Midge" Wood, uma pintora que está sempre tentando ajudá-lo.

Obs 2: Tom Helmore (1904-1995) faz o papel do marido de Madeleine Elster (Kim Novak)

Anotações para quem já viu o filme (Wendell - Notes)

1 - Carlotta Valdes - 03/12/1831 - 05/03/1857 (Túmulo que Madeleine Elster visita)
2 - A louca Carlotta encarnou na mulher de Elster? (Marjorie pergunta a John satirizando a situação)
3 - "Retrato de Carlotta" é o nome do quadro que Madeleine fica admirando na galeria de arte do Palácio da Legião de Honra.
4 - Carlotta era a bisavó de Madeleine. A filha cuja perda levou Carlotta à loucura e à morte era a avó de Madeleine. E o hotel Mckittrick era a velha casa Valdes. "Qualquer um ficaria obcecado com um passado desses" diz John conversando com Gavin Elster.
5 - Ela não sabe de nada disso. Quando ela vai a estes lugares ela é outra pessoa. (a mãe de Madeleine contou a Elster boa parte das coisas que ele sabe, o resto ele investigou) - Por que escondeu da filha? pergunta John. Por que teve medo, responde Elster. A avó enlouqueceu e se matou,Madeleine tem seu sangue.
6 - Madeleine pula na baía de São Francisco e John corre para salvá-la.
7 - Após sair sem avisar da casa de John, quando ele a tinha levado para a casa dele, Madeleine retorna no dia seguinte dizendo que lembrou-se da casa dele graças à Coit Tower.
8 - Judy Barton revela escrevendo numa carta o que realmente aconteceu. O marido de Madeleine a jogou da torre matando-a. Judy participou do assassinato enganando John, fazendo-se passar por Madeleine graças à semelhança física entre ambas. Kim Novak interpreta as duas personagens. O final surpreendente com a freira aparecendo e Judy assustando-se e caindo da torre é simplesmente magnífica. Um dos mais brilhantes filmes de suspense de Alfred Hitchcock.

Sinopse: Em São Francisco, um detetive aposentado (James Stewart) que sofre de um terrível medo de alturas é encarregado de vigiar uma mulher (Kim Novak) com possíveis tendências suicidas, até que algo estranho acontece nesta missão.

Ficha Técnica: Título Original: Vertigo - Gênero: Suspense - Tempo de Duração: 128 minutos - Ano de Lançamento (EUA): 1958 - Estúdio: Paramount Pictures / Akfred J. Hitchcock Productions - Distribuição: Paramount Pictures / Universal Pictures - Direção: Alfred Hitchcock - Roteiro: Samuel A. Taylor e Alec Coppel, baseado em livro de Pierre Boileau e Thomas Narcejac - Produção: Alfred Hitchcock - Música: Bernard Herrmann - Direção de Fotografia: Robert Burks - Direção de Arte: Henry Bumstead e Hal Pereira - Figurino: Edith Head - Edição: George Tomasini.
____________________________________________________________________________________

5 comentários:

  1. Filme sem explicação...espetacular!

    ResponderExcluir
  2. Wendell, esse filme é um dos melhores de Hitchcock e do cinema. Além da engenhosa direção, que não somente confunde o astro principal, mas nós espectadores, há a estupenda trilha sonora do grande Bernard Hermann (este sim, o melhor exemplo de como enredo e música atingem a sintonia perfeita numa película). Comentei esse filme no meu blog tbm. Abcs

    ResponderExcluir
  3. Baita filme, mas meu favorito do Hitch continua sendo Festim Diabólico.

    Abs!

    ResponderExcluir
  4. Uma vez eu tentie ver todos os filme do Hitchcock, decidi isso com minha prima... Acabei que vi Psicose e esse e me odeio até hj por não ter visto os outros, sensacional...

    ResponderExcluir
  5. É meu preferido de Hitchcock. Uma grande história de amor. Talvez não uma das melhores justamente pelo fator "necrófilo" na equação. É um brilhante trabalho, extraordinário.

    Nota 9,5 [*****]

    Ciao!

    ResponderExcluir