segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Amor na Cidade (Amore in cittá, Itália,1953, 105 mins)
Minha cotação:
Por Wendell Borges - 08/12/2008

Comentário: Este Amor na Cidade reúne seis episódios dirigidos por sete dos melhores cineastas italianos da época. Abaixo comento um pouco sobre cada um deles e coloco uma cotação específica incluindo uma cotação geral acima para o conjunto da obra. Nas anotações que sempre faço há outros momentos detalhados de cada um dos episódios. A belíssima fotografia da obra está creditada para Gianni Di Venanzo (1920-1966).

1. O Amor que se paga de Carlo Lizzani ( "Amore che si paga, L'")
O primeiro episódio é L'amore che si paga de Carlo Lizzani, narrando o dia-a-dia de diversas prostitutas, suas vidas amargas, dificuldades e sonhos.

2. Tentativa de Suicídio de Michelangelo Antonioni ( "Tentato suicido")
O segundo é de Michelangelo Antonioni, o diretor entrevista várias mulheres que sobreviveram a tentativa de suicídio. Uma delas foi resgatada quando quase morria afogada, uma outra cortou os pulsos e acabou conseguindo o amor de volta mesmo continuando em estado depressivo. Há ainda uma mulher que divide o amor com um homem casado.

3. Paraíso por três horas de Dino Risi ( "Paradiso per 4 ore")
O episódio de Dino Risi é uma história que se passa num baile onde vários jovens convidam moças para dançar. Há uma luta por causa de uma bela mulher que adentra o recinto com um senhor careca e um casal que não dança, apenas trocam olhares, mas ao final do episódio seguem juntos.

4. Agência Matrimonial de Federico Fellini ( "Agenzia matrimoniale, Un'")
No episódio de Federico Fellini, temos a história de um repórter que vai a uma agência de matrimônios e afirma ter um amigo que sofre de Licantropia, ou seja, é um lobisomem, e que acredita que o casamento pode curá-lo.

5. História de Caterina de Francesco Maselli e Cesare Zavattini ("Storia di Caterina")
O episódio Storia di Caterina, de Cesara Zavattini e Umberto Maselli, traz a história de uma jovem mãe solteira. Ela sofre por não poder criar o filho Carletto e acaba abandonando-o em um parque, depois se arrepende e vai buscá-lo em um convento.

6. Os italianos se viram de Alberto Lattuada (1913-2005) ("Italiani si voltano, Gli")
No episódio de Albert Lattuada, belas mulheres desfilam pelas ruas enquanto os homens se viram para olhá-las. Há uma curiosa perseguição de um homem que fica hipnotizado por uma mulher dentro de um ônibus e a segue até seu apartamento.

Os diretores da obra em ordem de aparição dos episódios:




1. Carlo Lizzani (1922) Episódio: O Amor que se paga









2. Michalangelo Antonioni (1912 - 2007) - Episódio: Tentativa de suicídio

[VEJA TODOS OS FILMES DE ANTONIONI QUE JÁ COMENTEI NESTE BLOGUE]







3. Dino Risi (1916 - 2008) - Episódio: Paraíso por três horas






4. Federico Fellini (1920-1993) Episódio: Agência de Matrimônio
[VEJA TODOS OS FILMES DE FELLINI QUE JÁ COMENTEI NESTE BLOGUE]







5. Francesco Maselli (1930) - Episódio: História de Caterina






6. Cesare Zavattini (1902-1989) Episódio: História de Caterina. Zavattini foi o roteirista da obra-prima de Vittorio De Sica, Ladrões de Bicicleta (1948).
[ Não consta biografia nos Extras do DVD de Amor na Cidade]







7. Alberto Lattuada (1913-2005) - Episódio: Os italianos se viram





Anotações para quem já viu o filme (Wendell - Notes)


"O AMOR QUE SE PAGA" de Carlo Lizanni

1 - A grande cidade é feita de pdera, de aço,e de pessoas. Dois milhões de homens e mulheres que vivem, trabalham, se agitam, se amam, cada um a seu modo e com sorte diferente. Este nosso jornal, construído com filme e câmera em vez de papel e tinta é dedicado ao amor das pessoas numa grande cidade. Não o que muitas vezes é visto nesta mesma tela interpretados por homens vigorosos como Kirk Douglas e por mulheres atraentes como Marilyn Monroe. Um amor brilhante, revisto, corrigido e encenado para nos fazer estremecer de paixão contida. As personagens de nosso jornal não são atores de cinema mas pessoas da grande cidade. Foram tirados da vida real e são mesmo pessoas que estiveram nos papéis dos fatos que vamos contar. Cada uma delas tem suas idéias, suas preocupações, suas esperanças. A uma certa hora do dia alguém espera por elas. A espera, o encontro e a despedida são as três fases do amor. Já ouviramo que se fala nesses momentos? O que se fala seriamente quando se acredita não ser visto ou ouvido por alguém. - PRAÇA DO POVO - 17 hr.

2- Iolanda - 32 anos [A primeira das prostitutas entrevistadas]

3 - Valli "a caminhante" - diz dormir apenas 3 ou 4 horas por noite e gasta cerca de 20 pares de sapatos por ano. O controle da brigada dos bons costumes afugenta Valli.

4 - Tilde - uma das prostitutas mais jovens a serem entrevistadas.Os pais morreram quando ela tinha 5 anos, e passoua viver com a madrinha, ela cria um filho com a ajuda de uma empregada. Não é casada, mas gostaria que o pai estivesse presente para ajudar na criação do filho.

5 - Anna é entrevistada às 2:30 da madrugada, revela que estava andando há 5 ou 6 horas. Fala do homem que viveu com ela durante 3 anos e fugiu levando as economias dela. Revela não tê-lo denunciado por medo e por ainda amá-lo. Ela lê revistas de Mickey Mouse para passar o tempo.

6 Liliana, jovem de 21 anos, que fora expulsa de sua casa pelo pai por ter engravidado, ela é uma das mais jovens prostitutas. Chegou a pensar em suicídio, mas resolveu dar uma chance à vida.

"TENTATIVA DE SUICÍDO" de Michelangelo Antonioni

1. Praça de Santa Cruz de Jerusalém. 12 de outubro de 1952. Sentada num banco da praça está a jovem Rosanna Carta de 25 anos. Mora sozinha na periferia de Roma, estava aguardando o namorado. Rosanna conta que o namorada não a deixava ler, uma vez a pegou lendo o livro " O Sheik" e fez um escândalo. Diversas outras histórias de suicídio são narradas, uma das irmãs dançarinas, outra de uma mulher que foi resgata quando estava se afogando.

"PARAÍSO POR TRÊS HORAS" de Dino Risi

1. Vários jovens dançando em uma boate, uma bela moça disputada, casais de namorados brigando, uma senhora tomando conta da filha e um casal que não dança, apenas observando os outros jovens.

"AGÊNCIA MATRIMONIAL" de Fellini

1. Na Agencia de matrimônio de Celia arranja-se casamento para todos. O jornalista Antonio vai até lá conhecer o local. Ele inventa uma história de um amigo que está procurando uma esposa que aceite sua doença, ele é um Lobisomem. Celia consegue uma garota chamada Rosanna. Ela tem outros nove irmãos que vivem na aldeia em Olevano. Rosanna aceita se casar com o amigo de Antonio, que ele diz ser um Licantropo, um lobisomem. Ao conversar com Rosanna, Antonio sente pena e a leva de volta.

HISTÓRIA DE CATERINA de Francesco Maselli (1930) e Cesare Zavattini (1902-1989)

1. Não, Caterina Rigoglioso não tentou o suicídio. O filho dela se chama Carletto. Caterina esteve presa de janeiro de 1951 a março do ano seguinte.

2. A babá Vincenza Marocco declara que não pretende dar seguimento à denúncia apresentada contra Caterina Rigoglioso porque esta vai ficar com a criança e se compromete a pagar o que lhe deve. Feito, lido e confirmado. [Declaração -Vincenza retira a queixa contra Caterina]

3. Caterina lê no jornal. "Mãe desnaturada abandona o próprio filho.A criança está internada no Instituto das Irmãs Marianas" - No dia seguinte Caterina vai buscar seu filho no Instituto, as freiras chamam a polícia e Caterina passa por um julgamento, mas é absolvida e libertada.

OS ITALIANOS SE VIRAM de Alberto Lattuada

1. Belíssimas modelos desfilam pela cidade causando acidentes e atraindo os olhares masculinos. Há uma cena em que Homens e mulheres roçam seus corpos no ônibus lotado. Este é o curta erótico do Volume. No final um homem que estava no onibus persegue uma mulher até ve-la entrar em um hotel, um bleno plano geral finaliza o curta.

Sinopse: O filme reúne seis episódios que variam do drama à comédia, dirigidos por sete dos melhores cineastas italianos de então. As histórias foram retiradas de reportagens de jornais, e alguns trechos contam com a participação dos personagens reais que viveram o fato.

Roteiro: 1.Michelangelo Antonioni - "Tentato suicidio" - 2.Aldo Buzzi - "Tentato suicidio", "Gli Italiani si voltano", "Amore che si paga, L'" e "Paradiso per 4 ore" - 3.Luigi Chiarini - "Tentato suicidio", "Gli Italiani si voltano" e "Amore che si paga, L'" - 4.Federico Fellini - "Agenzia matrimoniale, Un'" - 5.Marco Ferreri - "Paradiso per 4 ore" - 6.Alberto Lattuada - "Italiani si voltano, Gli" - 7. Luigi Malerba - "Tentato suicidio", "Gli Italiani si voltano", "Amore che si paga, L'" e "Paradiso per 4 ore" - 8. Tullio Pinelli - "Tentato suicidio", "Agenzia matrimoniale, Un'", "Italiani si voltano, Gli", "Amore che si paga, L'" e "Paradiso per 4 ore" - 9. Dino Risi - "Amore che si paga, L'" - estória - "Paradiso per 4 ore" - 10. Vittorio Veltroni - "Tentato suicidio", "Gli Italiani si voltano", "Amore che si paga, L'" e "Paradiso per 4 ore" - 11. Cesare Zavattini - "Tentato suicidio", "Gli Italiani si voltano", "Storia di Caterina", "Amore che si paga, L'" e "Paradiso per 4 ore" .

Ficha Técnica: O Amor na Cidade - Amore in cittá, Itália - Gênero:Drama - Tempo: 105 min. - Lançamento: 1953 - Classificação:12 anos - Distribuidora: Grupo Estação - Elenco:Angela Pierro, Caterina Rigoglioso, Ugo Tognazzi, Antonio Cifariello, Silvia Lillo, Maresa Gallo, Rita Josa, Rosanna Carta, Enrico Pelliccia, Livia Venturini. Dirigido por M. Antonioni, F. Fellini, A. Lattuada, C. Lizzani, F. Maselli, D. Risi, C. Zavattini.
______________________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário