terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Arca Russa (Russian Ark,Russia,2002, 96 mins)
Minha cotação:
Por Wendell Borges - 09/12/2008

Uma declaração de amor à arte na época da tecnologia digital

Comentário: Se há uma coisa que esse filme do diretor russo Alexander Sokurov (1951) desperta em quem assiste, é uma imensa vontade de estar ali naquele local, passeando naquele museu deslumbrante em São Petesburgo, o Hermitage, um dos maiores museus de arte do mundo.

O único plano-sequência de 97 minutos, primeiro filme a ser inteiramente rodado em um único plano-sequência, é um passeio deslumbrante atravessando 35 salas do museu, passando diante de belas pinturas incluindo "A virgem com pedizes" de Van Dyck (1599-1641), estátuas de mármore e os salões de grande beleza arquitetônica.

Foram usados cerca de 2.000 figurantes e atores tiveram de ser preparados especialmente para as cenas que foram todas ensaiadas em um único dia, 23 de dezembro de 2001. Não há enredo, apenas acompanhamos um homem que parece ter viajado no tempo e encontra-se dentro do museu, sendo acompanhado por um diplomata francês do século XIX que passeia junto com ele por várias salas admirando a beleza de todas as obras artísticas que ali estão. Há um belo momento em que vários personagens dançam no Grande Salão de Nicolal.

Grande trabalho artístico que vai desde a fotografia de Tilman Büttne até os deslumbrantes figurinos de Maria Grishanova, Lidiya Kryukova e Tamara Seferyan que combinados à também deslumbrante Direção de Arte de Natalya Kochergina e Yelena Zhoukova completam o painél desta declaração de amor à arte na época da tecnologia digital.

Curiosidades:

- Catarina II, a Grande, (1729-1796) foi imperatriz da Rússia de 1762 a 1796. Ela foi interpretada pela atriz Mariya Kuznetsova.

- O pintor Antoon Van Dyck (1599-1641) era um retratista flamengo que viveu durante o século XVII e se tornou o principal pintor da corte do rei Carlos I da Inglaterra. Foi discípulo de Peter Paul Rubens (1577-1640), outro dos grandes pintores flamengos. Rubens e Van Dyck estão inseridos no contexto da arte barroca.




Vista frontal do museu Hermitage em São Petesgurgo na Rússia. O museu está aberto ao público desde 1852





Anotações para quem já viu o filme (Wendell - Notes)

1 - Abro meus olhos e não vejo nada. Apenas me lembro de que houve um acidente. Todos buscaram segurança. Cada um como pode. Só não me lembro do que aconteceu comigo. Que estranho... onde estou?

2 - A virgem com pedizes de Van Dyck - Catarina II a adquiriu. A macieira representa a vida. Os girassóis representam a piedade. Em cima, à direita, as perdizes representam a frivolidade.

3 - "A Festa na casa de Simão, O Fariseu" - de Rubens. [Ela era da coleção de Lord Walpole] Van Dyck era aluno de Rubens. [ Explica a senhora cega ]

4 - Adoro o luxo e o esplendor régio. Stassov não era um arquiteto ruim. Amava a disciplina, mas deixou espaço para se respirar. [1h 03min.]

5 - O Grande Salão de Nicolal é ideal para dançar. São Petesburgo tem os melhores bailes da Europa.


Elenco: Sergei Dontsov (Estranho) - Mariya Kuznetsova (Catarina, a Grande) - Leonid Mozgovoy (Espião) - David Giorgobiani (Orbeli) - Aleksandr Chaban (Boris Piotrovsky) - Maksim Sergeyev (Pedro, o Grande) - Anna Aleksakhina (Alexandra Fyodorovna) - Konstantin Anisimov (Primeiro cavaleiro) - Aleksei Barabash (Segundo cavaleiro) - Vladimir Baranov (Nicolau II) - Valentin Bukin (Oficial militar) - Kirill Dateshidze (Mestre de cerimônias)
Yuli Zhurin (Nicolau I) - Natalya Nikulenko (Catarina).

Curiosidades
- A idéia de rodar Arca Russa nasceu 15 anos antes das filmagens, sendo que o período de preparação para as filmagens durou 7 meses.
- Foi rodado em plano-sequência único, que dura 97 minutos e atravessa 35 salas do museu Hermitage, de São Petersburgo.
- Foi rodado em apenas um dia, em 23 de dezembro de 2001.
- Para as filmagens de Arca Russa foram usados mais de 3 mil figurantes.

Sinopse: Nos dias atuais um cineasta é misteriosamente enviado ao museu Hermitage, em São Petersburgo, no ano de 1700. Lá ele encontra um diplomata francês do século XIX, com quem inicia uma jornada pela história da Rússia entre os séculos XVIII e XXI.

Ficha Técnica: Título Original: Russkij Kovcheg - Gênero: Drama - Tempo de Duração: 97 minutos - Ano de Lançamento (Rússia): 2002 - Site Oficial: www.russianark.spb.ru/eng/index.html - Estúdio: Fora Film / Egoli Tossell Film AG / The Hermitage Bridge Studio - Distribuição: Wellspring Media / Mais Filmes - Direção: Aleksandr Sokurov - Roteiro: Boris Khaimsky, Anatoli Nikiforov, Svetlana Proskurina e Aleksandr Sokurov - Produção: Andrei Deryabin, Jens Meuer, Jens Meurer e Karsten Stöter - Música: Sergei Yevtushenko - Fotografia: Tilman Büttner - Direção de Arte: Natalya Kochergina e Yelena Zhoukova - Figurino: Maria Grishanova, Lidiya Kryukova e Tamara Seferyan - Edição: Stefan Ciupek, Sergei Ivanov e Betina Kuntzsch.
_____________________________________________________________________________________

Um comentário: