sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Laura (EUA, 1944, 87 mins)
Minha cotação:
Por Wendell Borges - 05/12/2008

Comentário (não leia caso não tenha visto o filme ainda): Gene Tierney (1920-1991), Dana Andrews (1909-1992), Clifton Webb (1889-1966) e Vincent Price (1911-1993) em grande filme noir do diretor austríaco Otto Preminger (1906-1986). O filme ainda conta com a atuação de Judith Anderson (1897-1992), que quatro anos antes havia interpretado a vilã de Rebecca - A mulher inesquecível, filme de Hitchcock, aqui ela interpreta a Sra. Ann Treadwell, uma mulher apaixonada pelo personagem Shelby Carpenter (Vincent Price). Vale destacar também a personagem Bessie Clary interpretada por Dorothy Adams (1900-1988).

Ganhou o Oscar de Melhor Fotografia - Preto e Branco assinada por Joseph Lashelle (1900-1989), além de ter sido indicado em outras 4 categorias: Melhor Diretor (prêmio que ficou com Leo McCarey por O Bom Pastor), Melhor Ator Coadjuvante (Clifton Webb), o prêmio foi dado ao ator Barry Fitzgerald pelo filme O Bom Pastor, Melhor Roteiro também ficou com o filme O Bom Pastor e Melhor Direção de Arte - Preto e Branco, prêmio dado ao filme À Meia Luz.

O roteiro de Laura foi escrito por Jay Dratler (1911-1968), Samuel Hoffenstein (1890-1947) e Elizabeth Reinhardt (1909-1954) baseados em romance de Vera Caspary (1899-1987).

A trama gira em torno do assassinato da diretora de uma agência de propaganda, papel da personagem Laura, vivida por Gene Tierney, fato este que descobrimos depois não ter sido verdade, a mulher assassinada era a modelo Diane Redfern (personagem que é apenas citada no filme), há uma cena em que Laura exibe uma foto em uma revista mostrando como a modelo era parecida com ela. A cena em que Laura surge diante do detetive Mark mcPherson (Dana Andrews) entrando no apartamento após todos pensarem que ela estava morta é uma das melhores do filme.

Laura é um filme envolvente, a fotografia belíssima de Joseph Lashelle somada à atuação magnetizante de Gene Tierney prendem a atenção do espectador até o final eletrizante. Um dos grandes filmes do estilo noir, atmosfera tensa, belo jogo de luzes e sombras, personagens frios e com personalidade dúbia. O diretor que começou a tocar o projeto foi Rouben Mamoulian (1897-1987), mas foi despedido pelo produtor do filme, Otto Preminger, que resolveu ele próprio dirigir o projeto.


Anotações para quem já viu o filme (Wendell - Notes)

1 - Poema de William James Dawson (1854-1928) que Waldo Lydecker recita no final do filme:
Não estão distantes os lamentos e os risos, o amor, o desejo, o ódio
Creio que não tem parte em nós após cruzarmos o portão
Não estão distantes os dias de vinho e rosas
Em um sonho nebuloso
Nosso caminho surge fugaz
E se fecha em um sonho

2 - O filme termina com a morte de Lydecker, após ele dizer: Adeus Laura, Adeu meu amor.

Sinopse: Um detetive investiga o assassinato de Laura, a diretora de uma agência de propaganda que teve o rosto destruído por tiros de espingarda. Enquanto a investigação evolui, o detetive sente-se atraído pela vítima. Ao ir ao apartamento dela em busca de provas, vê um quadro com uma pintura de Laura pendurada na parede e, inesperadamente, Laura surge na sua frente viva e com o rosto sem nenhum ferimento.

Elenco: Gene Tierney (Laura Hunt) - Dana Andrews (Detetive Mark McPherson) - Clifton Webb (Waldo Lydecker) - Vincent Price (Shelby Carpenter) - Judith Anderson (Ann Treadwell) - Cy Kendall (Inspetor) - Dorothy Adams (Bessie Clary) - John Dexter (Jacob) - Ralph Dunn (Detetive Fred Callahan) - James Flavin (Detetive McEveety)

Curiosidades
- Otto Preminger inicialmente era apenas o produtor do filme e Rouben Mamoulian era o diretor. Porém, Preminger decidiu demitir Mamoulian e assumir ele próprio a direção e também contratou um novo diretor de fotografia e descartou todas as seqüências do filme rodadas por Mamoulian.
- O produtor Darryl F. Zanuck era contrário à escalação de Clifton Webb em Laura, devido à sua comentada homossexualidade, contudo a vontade de Otto Preminger prevalesceu sobre a do produtor e Webb foi mantido no elenco, sendo posteriormente indicado ao Oscar.
- A atriz originalmente escolhida para viver a personagem "Laura" era Jennifer Jones, que não aceitou o papel.

Ficha Técnica: Título Original: Laura - Gênero: Policial - Tempo de Duração: 85 minutos - Ano de Lançamento (EUA): 1944 - Estúdio: 20th Century Fox - Distribuição: 20th Century Fox Film Corporation - Direção: Otto Preminger - Roteiro: Jay Dratler, Samuel Hoffenstein e Elizabeth Reinhardt, baseado em livro de Vera Caspary - Produção: Otto Preminger - Música: David Raksin - Fotografia: Joseph LaShelle - Direção de Arte: Leland Fuller e Lyle R. Wheeler
Figurino: Bonnie Cashin - Edição: Louis R. Loeffler.
__________________________________________________________________________________________

2 comentários:

  1. Já me recomendaram este. Mas simplesmente não consigo encontrá-lo...

    Ciao!

    ResponderExcluir
  2. É um excelente filme Wally, eu tive que comprá-lo pela internet pois não tinha aqui nas locadoras da cidade para alugar.

    ResponderExcluir