sexta-feira, 13 de março de 2009


No Calor do Buraco, Brasil, 1985 , 62 mins
Direção: Sady Baby e Renalto Alves,

Por Wendell Borges - Filme visto dia 13/03/2009 [ 72º filme visto em 2009]

Cotação: * * *

Comentário: Segundo filme que confiro do gênio cult amaldiçoado e pouco valorizado Sady Baby (1954-2008). Seus filmes cheios de humor sádico, narrativa não linear, cenas de orgias e violência extrema são aqui ainda maiores do que no primeiro filme que assisti, A Máfia Sexual, realizado no mesmo ano. O diretor interpreta um homem chamado Alemão que é contratado para trabalhar numa fazenda e cuidar dos porcos, mas Alemão é pego tentando fugir com o carro do patrão e um bando de mulheres e então é ameaçado de morte e obrigado a cavar a própria sepultura, mas sabe-se lá de onde ele saca uma arma e coloca todo mundo para correr. O filme traz novamente o velho Bim Bim, aqui como o patrão de Alemão, dono da fazenda, um barbudo com cara de bêbado chamado Sarampo, que passa o filme bebendo leite numa mamadeira, a namorada de Alemão interpretada por Luana Scarlet e um sujeito banguela que atende pelo apelido de Feijoada. As cenas mais toscas incluem uma cena com um porco e a orgia em um clube após Alemão fugir da Fazenda com três mulheres.

PÁGINAS PARA CONFERIR


1 - http://necrofilmes.zip.net/arch2006-04-02_2006-04-08.html

2 - http://revistazingu.blogspot.com/2007/10/dsb-nocalordoburaco.html
[ SINOPSE COMPLETA E CRÍTICA ]

3 - http://bp2.blogger.com/_gd1I_fYT9AA/RwEow0CgPsI/AAAAAAAAAoA/DaFfFkg63Ig/s1600-h/nocalor2.jpg

________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário