quarta-feira, 22 de julho de 2009


Alphaville, Alphaville, une étrange aventure de Lemmy Caution, França, 99 mins, 1965
Direção: Jean-Luc Godard
Roteiro: Jean-Luc Godard
Elenco: Eddie Constantine (1917-1993) - Anna Karina - Akim Tamiroff

Cotação:
Valor artístico: 1/2
Valor de entretenimento:

Observação: [Sobre as três estrelas dadas no quesito Valor de entretenimento: Neste caso depende do gosto, pois os espectadores que apenas apreciam os filmes tipo "pipoca" ou "blockbuster" com certeza irão detestar o filme. Ele é monótono e difícil de assistir a não ser que você busque vê-lo com outras perspectivas, como analisá-lo pela sua importância como linguagem artística e meio de expressão de um criador de imagens sublimes, no caso de Godard]

Filme visto e comentado por Wendell Borges dia 22/07/2009


"é sempre assim: nada entendemos e, um dia, morremos."

Comentário: Os filmes de Jean-Luc Gordard (1930), pelo menos os que eu vi até o momento, e acredito pelo que já li a respeito de sua obra, são filmes feitos para reflexão e observação no que diz respeito à transgressão da chamada Linguagem cinematográfica. Os filmes não seguem uma narrativa clássica e são cheios de referências culturais a outros filmes, além do uso de ângulos e iluminações inusitados que buscam extrair beleza dos corpos e cenários, quase como se o cineasta quisesse criar poesia através das imagens. Mesmo que soe forçado e pedante, não se pode questionar a tentavia de Godard em ser diferente, em não cair no senso comum, e por estes motivos, não é à toa que Alphaville, realizado em 1965, é ainda hoje um filme que possui uma linguagem diferenciada do cinema mainstream, e que dificilmente irá envelhecer em sua narrativa. A trama bastante complexa tem início quando o agente Lemy Caution, papel do já falecido Eddie Constantine (1917-1993) é enviado à cidade futurista de Alphaville com a missão de encontrar seu inventor, o Professor Von Braun, papel não creditado de Howard Vernon (1914-1996), e convencê-lo a destruir a máquina chamada Alpha 60, que aboliu os sentimentos e controla as falas e vidas de seus habitantes. No elenco ainda temos a bela Anna Karina (1940) que interpreta a filha e assistente do Prof. Von Braun e Akim Tamiroff (1899-1972) no papel do agente Henry Dickson. Filme vencedor do Urso de Ouro de Berlim


Não deixe de ler
1. Alphaville, a Capital da Dor
2. Alphaville e a Semântica geral
3. Wikipedia - Alphaville


TRAILER


_____________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário