sexta-feira, 31 de julho de 2009


Dishonored Lady, EUA, 1947, 85 min
Direção: Robert Stevenson
Roteiro: Edmund H. North baseado na peça escrita por Edward Sheldon e Margaret Ayer Barnes


Filme visto por Wendell Borges dia 31/07/2009

Cotação
Valor artístico:
Valor de entretenimento: 1/2


Comentário: Dirigido por Robert Stevenson (1905-1986) em 1947, com roteiro de Edmund H. North (1911-1990) baseado na peça Dishonored Lady esrita em 1930 por Edward Sheldon e Margaret Ayer Barnes e com atuações de Hedy Lamarr (1913-2000), grande estrela de cinema, e que curiosamente inventou um sistema de comunicação para as Forças Armadas Americana na Segunda Guerra Mundial que serviu de base para o que hoje é a telefonia celular, além de ter inspirado as feições da Branca de Neve, clássico da animação de Walt Disney, este filme conta com John Loder (1898-1988), 3º marido de Lamarr (1943-1947), ela casou 6 vezes, e Dennis O'Keefe (1908-1968), no papel do Dr. David S. Cousins.

Hedy interpreta Madelein Damien, uma garota com problemas psicológicos e que para mudar de vida decide afastar-se do emprego em uma revista de moda, isto ocorre após sua tentativa de suicídio, quando ela acabou conhecendo um psiquiatra chamado Dr. Richard Caleb, papel de Morris Carnovsky (1897-1992) que começa a tratá-la, em sua nova vida em Greenwich Village, tentando retomar um sonho de ser pintora, ela conhece o cientista Dr. David Cousins (Dennis O'Keefe) e fica perdidamente apaixonada por ele.

Eis então que começa o verdadeiro conflito do filme, Felix Courtland, papel de John Loder, é um rico Joalheiro apaixonado por Madelein e que já teve um caso com ela antes de sua paixão pelo Dr David. Certo dia após o Dr. viajar, Madelein decide ir a um clube noturno com sua amiga Ethel Roice, papel da atriz Natalie Schafer (1902-1985), preocupada com a demora do retorno de David, que prometeu casar-se com ela ao retornar de sua viagem, Madeleine fica embriagada e quando sai do clube é levada por Felix até seu apartamento, ao chegar no local, ela desperta de sua embriaguez e foge ao ouvir a voz de Jack Garet, papel de William Lundigan, que acaba assassinando Felix na sequência por causa do roubo de uma jóia por ele cobiçada. Madelein então é acusada de ter cometido o assassinato, mas é ajudado por seu psiquiatra e pelo Dr. David quando este retorna de sua viagem, e é convencido pelo psiquiatra de Madeleine que ela não cometeu o assassinato e também não agiu de má fé ao ir com Felix até sua casa, lembrando que Madeleine tentou suicídio no começo do filme por estar sofrendo devido a seu passado e seus problemas de saúde, incluindo uma Insônia Crônica.

A trama é bem rocambolesca, mas é envolvente e tem a atuação sempre glamurosa de Hedy Lamarr, e conta ainda com uma hilariante atuação de Margaret Hamilton (1908-1985), a bruxa má do Oeste de O Mágico de Oz, que aqui interpreta a empregada de Madeleine, a Sra. Geiger.


O Diretor

Robert Stevenson (1905-1986) dirigiu entre outros filmes, os clássicos Mary Poppins (1964) e Se meu fusca falasse (1968).


Elenco e Curiosidades



A atriz americana Hedy Lamarr, nascida em Viena na Áustria, com seu 3º marido, John Loder, eles se separaram cerca de dois meses após a estréia de Dishonored Lady nos cinemas norte-americanos.


Dennis O'Keefe que interpreta o Dr. David


A atriz Natalie Schafer (1902-1985) que interpreta Ethel Roice.

Curiosidade: Em 1936, a corte Federal ameriana disse que o filme da Metro-Goldwyn-Mayer Letty Lynton (1932), baseado na novela de Marie Adelaide Belloc Lowndes, também plagiou a peça de Sheldon-Barnes, Dishonored Lady. Como resultado, o filme Letty Lynton tem sido retirado de distribuição desde 1936. [Fonte: Wikipedia]


Maridos de Hedy Lamar


Fritz Mandl (1933-1937)
Gene Markey (1939-1941)
John Loder (1943-1947)
Teddy Stauffer (1951-1952)
W. Howard Lee (1953-1960)
Lewis J. Boies (1963-1965)


______________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário