domingo, 30 de agosto de 2009


Limite (PT/BR), 1931, p&B, 120 min
Direção Mario Peixoto
Roteiro/Guião Mario Peixoto
Elenco Iolanda Bernardes, Edgar Brasil, Olga Breno, Brutus Pedreira, Mário Peixoto, Tatiana Rey, Carmen Santos, Raul Schnoor.
Ficha no IMDb

Filme visto dia 30/08/2009 - Por Wendell Borges

Cotação
Valor artístico:


Comentário: A obra-prima de Mário Peixoto (1908-1992) encanta pela beleza dos movimentos de câmera com uma variação de ângulos visualmente ornamentada por Edgar Brazil (1902-1954) e pelo próprio Peixoto, uma trilha sonora trabalhada pelo pianista e músico Brutus Pedreira, composta por nomes como Erik Satie (1866-1925), Claude Debussy (1862-1918), Aleksandr Borodin (1833-1887), Igor Stravinsky (1882-1971), Prokofiev (1891-1953), César Franck (1822-1890) e Villa Lobos (1887-1959). A obra tem como temática a angústia, a passagem do tempo e o desespero humano, o fato de descobrir-se como ser limitado e confinado à morte e tem uma linguagem narrativa experimental, é daquele tipo de filme para ser visto e sentido, com enredo fragmentado, mas com imagens que realmente ficam na memória. No elenco principal temos Olga Breno (1911-2000) e Tatiana Rey, as duas mulheres náufragas que estão no barco juntamente com o homem representado por Raul Schnoor. No elenco ainda temos as participação do próprio Mário Peixoto, do músico Brutus Pedreira e da atriz, diretora e também produtora Carmen Santos (1904-1952).

Foi lançado no Rio de Janeiro em 1931 pela Cinédia e o Chaplin Club e teve nas pessoas do Prof. Plínio Süssekind Rocha e Saulo Pereira de Mello a grande responsabilidade na restauração e divulgação desta obra indispensável para quem estuda a História do Cinema Brasileiro e mundial. O filme passou por nova restauração para ser exibido no Festival de Cannes em 2007.


Sinopse: Três náufragos, duas mulheres (Olga Breno e Taciana Reis) e um homem (Raul Schnoor), perdidos no oceano, contam suas vidas. ''Limite'' é o único trabalho do cineasta carioca Mario Peixoto que tinha apenas 21 anos de idade na época.


O Diretor



Mário Peixoto (1908-1992) [Ver Biografia]


Curiosidade: As paisagens da Fazenda Santa Justina localizada no Município de Mangaratiba do estado do Rio de Janeiro serviram de cenário para o filme. A Fazenda pertencia a Victor de Souza Breves, primo de Mário Peixoto.


IMAGENS DO FILME






O pianista que aparece no filme é Brutus Pereira, responsável pelo trabalho da compilação de músicas eruditas que ajudaram a compor o trabalha áudiovisual de Limite.


Fontes pesquisadas para a construção deste comentário:

Dicionário de Filmes Brasileiros de Antônio Leão da Silva Neto



Páginas visitadas
1. http://www.mariopeixoto.com/limite.htm
2. http://www.contracampo.com.br/62/limite.htm
3. http://www.mariopeixoto.com/limite.pdf







__________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário