segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Fome, Sult/Hungry, Dinamarca, 1966, 111 min
Direção: Henning Carlsen
Roteiro: Henning Carlsen - Peter Seeberg - Knut Hamsun (Romance)
Ficha na Wikipedia: Hunger

Wendell Borges - Filme visto dia 19/10/2009

Cotação
Valor artístico: ½
Valor de entretenimento:

Comentário: Dirigido pelo dinamarquês Henning Carlsen com roteiro baseado na obra homônima do escritor norueguês prêmio Nobel da Paz Knut Hamsun (1859-1952), este filme angustiante foi agraciado com o prêmio Bodil Award como melhor filme Dinamarquês em 1967 além de ter sido indicado à Palma de Ouro em Cannes em 1966, o prêmio no entanto foi dado a dois filmes, A Man and a Woman de Claude Lelouch e The Birds, the Bees and the Italians de Pietro Germi. O ator sueco Per Oscarsson (1927) recebeu o prêmio de melhor ator por sua hiptnotizante performance, também em Cannes e foi premiado pela National Society of Film Critics Awards em 1968.

A trama se passa no ano de 1890 onde Per Oscarsson interpreta o escritor Pontus, um homem vindo do campo e que tenta sobreviver na cidade de Oslo vendendo artigos em um jornal, mas as dificuldades são imensas e ele não consegue arranjar um emprego temporário enquanto seu artigo é aprovado, ele começa a ter alucinações quando se vê faminto e sem amigos, apaixona-se por uma mulher a quem ele apelida de Ylajali, interpretada por Gunnel Lindblom, atriz sueca que atuou em vários filmes dirigidos pelo mestre Ingmar Bergman. O filme é conduzido com a atuação magistral de Oscarsson, uma fascinante trilha sonora assinada pelo Polonês Krzysztof Komeda (1931-1969) que ajuda a cliar o clima claustrofóbico e sufocante que nos faz torcer para que o personagem consiga sair de sua angustiante situação. Merece destaque também a bela fotografia de Henning Kristiansen (1927-2006).

Elenco / Personagens
------------------------------------------------------------


Foto [06/03/2008] - IMDB
O diretor dinamarquês Henning Carlsen (1927).



_______________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário