domingo, 29 de novembro de 2009

A Criada, Hanyo, Coréia do sul, 1960, 111 min
Direção:Ki-young Kim
Roteiro:Ki-young Kim

Wendell Borges - Filme visto dia 29/11/2009

Cotação
Valor artístico:
Valor de entretenimento:

Comentário: Obra-prima do diretor coreano Kim ki-young (1919-1998) é um daqueles trabalhos em que o final do filme abrilhanta toda uma narrativa angustiante, surreal e de intenso clima de pesadelo. É notável a forma como o diretor constrói a narrativa angustiante ora de forma leve, ora de forma brusca em intensas dramatizações utilizando-se da variação de luzes para compor os estados de espírito das personagens. Mais uma obra-prima para minha lista de filmes com grande valor artístico e de entretenimento.

Sinopse: O filme é um thriller que narra a destruição de uma família quando uma bela empregada se apaixona pelo patrão, um professor de piano. A esposa dele e os dois filhos passam a ser ameaçados pela empregada que está obcecada em fazer do pianista seu marido.

Curiosidade: O jovem ator Sung-kee Ahn que interpreta o filho do professor pianista seguiu carreira de ator e tinha apenas 8 anos quando atuou em Hanyo.


Elenco / Personagens



____________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário