quarta-feira, 30 de dezembro de 2009


Invictus, EUA, 2009, 134 min
Direção: Clint Eastwood
Roteiro: Clint Eastwood

Wendell Borges - Filme visto dia 30/12/2009

Cotação
Valor artístico:
Valor de entretenimento: ½

Comentário: Nunca torci tanto para África do Sul em esportes como fiz neste grande filme do Clint Eastwood. Mais um grande trabalho para abrilhantar a carreira deste ator e diretor que aos 79 anos continua dando suas contribuições positivas à sétima arte.

O roteiro foi escrito por Anthony Peckham baseado no livro Playing the Enemy: Nelson Mandela and the Game that Made a Nation escrito por John Carlin (1956) que narra a trajetória do time de Rugby da África do Sul durante o Campeonato Mundial de 1995 no qual o presidente Nelson Mandela teve grande contribuição dando todo o apoio à equipe e instigando o capitão François Pienaar a liderar e motivar seus jogadores.

Vale destacar as excelentes atuações de Matt Damon no papel do jogador africano de Rugby François Pienaar e Morgan Freeman interpretando o presidente africano Nelson Mandela (1918) que governou a África do Sul após vencer as primeiras eleições democráticas do país em 1994 ficando no poder até 1999. Filme emocionante, muito bem narrado, com grandes atuações e excelente trilha sonora. Uma oportunidade para tentar entender um pouco deste esporte que não tem popularidade alguma aqui no Brasil.

Curiosidades
  • François Pienaar - 1.91 m - 108kg [Jogador africano de Rugby que liderou a equipe sul-africana vencendo o campeonato mundial de 1995]
  • Matt Damon [ator que interpreta Pienaar no filme - 1.78 m
  • Anthony Peckham é o roteirista do filme Sherlock Holmes (2009) que estreou recentemente nos EUA com atuação de Robert Downey Jr e estréia no Brasil dia 08 e Janeiro de 2010.

Entenda um pouco mais sobre o RUGBY

Elenco / Personagens

----------------------------------------------
[O poema do filme]


Invictus

Out of the night that covers me,
Black as the Pit from pole to pole,
I thank whatever gods may be
For my unconquerable soul.
In the fell clutch of circumstance
I have not winced nor cried aloud.
Under the bludgeonings of chance
My head is bloody but unbowed.
Beyond this place of wrath and tears
Looms but the Horror of the shade,
And yet the menace of the years
Finds, and shall find, me unafraid.
It matters not how strait the gate,
How charged with punishments the scroll,
I am the master of my fate:
I am the captain of my soul.


Henley, William Ernest
- 1875.

____________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário