quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Os Amores de uma loura, Lásky Jedné Plavovlásky, Tchecoloslováquia, 1965, 85 min
Direção: Milos Forman
Roteiro: Milos Forman

Wendell Borges - Filme visto dia 13/01/2010

Cotação
Valor artístico:
Valor de entretenimento:

Comentário: O diretor Tcheco Milos Forman (1932) realizou em 1965 uma pequena obra-prima conduzindo com sutileza e suavidade uma comédia dramática que é simplesmente uma das melhores que já assisti até hoje. Toda esta simplicidade na condução do roteiro deve-se em parte à interpretação doce e cativante de Hana Brejchová (1946) no papel da jovem Andula, uma garota que trabalha em uma fábrica no interior, cuja cidade tem cerca de 16 mulheres para cada homem. Ela acaba caindo nas graças de Milda, papel de Vladimír Pucholt, um jovem pianista que a seduz e depois a esquece, o que a força a ir até a cidade de Praga onde ele mora com os pais para poder vê-lo. Vale destacar no elenco ainda as atuações de Milada Jezková (1910-1994) e Josef Sebánek (1915-1977) no papel dos pais de Milda. O filme foi indicado à categoria de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar de 1967 e perdeu o prêmio para o filme francês Um homem, Uma mulher de Claude Lelouch.

Um dos momentos mais sublimes do filme é quando a amiga de Andula toca no violão a Ave Maria de Charles Gounod (1818-1893).

Elenco / Personagens


Hana Brejchová - Andula
Vladimír Pucholt - Milda





_______________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário