segunda-feira, 4 de janeiro de 2010


Tudo pode dar certo, Whatever Works, EUA, 2009, 92 min
Direção: Woody Allen
Roteiro:Woody Allen
Elenco: Larry David, Evan Rachel Wood, Patricia Clarkson, Carolyn McCormick, Yolanda Ross, Michael McKean, Nicole Patrick, Lyle Kanouse, Adam Brooks, Ed Begley Jr.

Wendell Borges - Filme visto dia 04/01/2010

Cotação
Valor artístico:
Valor de entretenimento: ½

Comentário: Mais um ótimo trabalho do genial Woody Allen (1935) que consegue muito com tão pouco. Ele brinca com a trama e com os personagens e é sempre cativante ver seu processo labiríntico de narração. O ator e roteirista Larry David, criador do seriado de sucesso Seinfeld e que atualmente escreve e atua no seriado Curb your enthusiasm, interpreta um velho razinza, misantropo, hipocondríaco e neurótico chamado Boris Yelnikof. Um certo dia, Yelnikof ajuda uma jovem de apenas 21 anos chamada Melodie, interpretada por Evan Rachel Wood e então ele redescobre, pelo menos por alguns momentos o prazer de ter novamente uma mulher em sua companhia, já que logo no início do filme acompanhamos sua separação.

No elenco temos ainda a mãe de Melodie, Marietta, interpretada por Patricia Clarkson e seu ex-marido, John, intepretado por Ed Begley Jr. O filme não chega a ser o melhor trabalho de Allen por causa de Match Point e Vicky Christina Barcelona, mas está bem acima de outros trabalhos do diretor como Scoop (2006) e Melinda e Melinda (2004), entre outros trabalhos menores deste prolífico e incansável diretor que desde 1982 vem dirigindo e roteirizando pelo menos um filme por ano. Woody já dirigiu mais de 40 filmes desde sua estréia em 1966 com O que há,Tigresa?.

Curiosidades



Na abertura do filme podemos ouvir um trecho do filme Animal Crackers (1930) com Groucho Marx (1890-1977) cantando “Hello, I Must Be Going”.




____________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário