quarta-feira, 21 de abril de 2010


As 36 situações dramáticas de Georges Polti


Georges Polti foi um escritor francês que nasceu em 1868 e ficou conhecido pelo seu trabalho em catalogar e escrever um livro no qual apresenta as 36 situações dramáticas possíveis de serem exploradas pelos escritores. São as situações capazes de sensibilizar os seres humanos e quando bem trabalhadas geram os grandes romances e roteiros de filmes que não cansamos de ver e rever.

1. SÚPLICA
Elementos necessários:
- Perseguidor;
- Suplicante;
- poder indeciso.

Exemplos dados pelo autor:
a) os fugitivos que imploram ajuda a seus inimigos;
b) implorar ajuda para cumprir um dever proibido;
c) cidadãos exilados de sua terra natal que imploram por asilo;
d) implorar asilo para morrer;
e) náufragos que suplicam hospitalidade;
f) expiação: a busca por perdão, cura ou libertação;
g) súplica ao inimigo pelo bem de um ente querido.


2. RESGATE OU LIBERTAÇÃO
Elementos necessários:
- um infortunado;
- um amenizador;
- um salvador.

Exemplos dados pelo autor:
a) aparição de um salvador para o condenado;
b) um pai reposto ao trono por seus filhos;
c) resgate por parte de amigos;
d) forasteiros agradecidos por favores e hospitalidade.


3. VINGANÇA DEPOIS DE UM CRIME
Elementos necessários:
- um vingador;
- um criminoso.

Exemplos dados pelo autor:
a) a vingança em razão de um parente assassinado;
b) a vingança por um parente desonrado (moral ou sexualmente);
c) a vingança por um dano material sofrido;
d) a vingança por uma falsa acusação;
e) a vingança contra um gênero, raça ou etnia, em razão de uma particular decepção;
f) a perseguição profissional de criminosos (o justiceiro).


4. VINGANÇA ENTRE PARENTES
Elementos necessários:
- um vingador;
- um culpado;
- as lembranças da vítima;
- um familiar de ambos.

Exemplos dados pelo autor:
a) a morte do pai vingada sobre a mãe e vice-versa;
b) a morte de um irmão vingada sobre o filho e vice-versa;
c) a morte do pai vingada sobre o marido e vice-versa;
d) a morte da mãe vingada sobre a esposa e vice-versa.


5. PERSEGUIÇÃO
Elementos necessários:
- castigo;
- fugitivo.

Exemplos dados pelo autor:
a) fugitivos da justiça, perseguidos por bandidagem, delitos políticos etc.;
b) perseguidos por uma culpa de amor;
c) um herói que luta contra um Poder;
d) personagem paranóico fugindo de males imaginários.


6. DESASTRE
Elementos necessários:
- um poder derrotado;
- um inimigo vitorioso
- um mensageiro.

Exemplos dados pelo autor:
a) sofrer uma derrota;
b) uma pátria destruída;
c) a queda de um monarca;
d) sofrer uma ingratidão;
e) sofrer um castigo ou inimizade injustos;
f) sofrer um ultraje;
g) filhos perdidos por seus pais.


7. CAIR EM DESGRAÇA
(ou Queda devido a crueldade ou azar)
Elementos necessários:
- um vencedor;
- uma desgraça;
- um desventurado.

Exemplos dados pelo autor:
a) a inocência, vítima de ambiciosas intrigas;
b) a inocência, despojada por quem deveria protegê-la;
c) o poderoso desempossado por um miserável;
d) um familiar ou amigo predileto que foi esquecido;
e) os desgraçados que são desprovidos de sua última esperança.


8. REVOLTA
Elementos necessários:
- um tirano;
- um conspirador.

Exemplos dados pelo autor:
a) a conspiração de um indivíduo;
b) a conspiração de vários indivíduos;
c) a sublevação de um indivíduo, que influi, instiga e induz a outros;
d) uma rebelião de muitos;
e) um motim.


9. EMPREENDIMENTO OUSADO
(ou Tentativa audaz)
Elementos necessários:
- o audacioso;
- o objetivo;
- o adversário.

Exemplos dados pelo autor:
a) preparativos de guerra;
b) a guerra e o combate;
c) o rapto de uma pessoa ou o roubo de um objeto, seguidos da busca de sua recuperação;
d) expedições de exploração
e) manobras para obter a mulher amada;
f) viagens de aventura.


10. SEQÜESTRO
(ou Abdução)
Elementos necessários:
- o seqüestrador;
- o seqüestrado;
- o guardião.
Exemplos dados pelo autor:
a) seqüestro de uma mulher que resiste;
b) seqüestro de uma mulher que consente;
c) recobrar a mulher sem matar o seqüestrador;
d) recobrar a mulher matando o seqüestrador;
e) libertação de um amigo cativo;
f) resgate de um filho;
g) resgate de uma alma presa ao erro.


11. O ENIGMA
Elementos necessários:
- o interrogante;
- o questionador;
- a problemática.
Exemplos dados pelo autor:
a) dever de encontrar alguém sob pena de morte;
b) dever de resolver um mistério sob pena de morte.


12. OBTENÇÃO
Elementos necessários:
- o solicitante e seu adversário ou
- o juiz e as partes opostas.

Exemplos dados pelo autor:
a) esforços para obter algo com artimanhas, ou pela força bruta;
b) uso da eloqüência persuasiva com um árbitro.


13. INIMIZADE ENTRE PARENTES
Elementos necessários:
- um parente malévolo ou
- um parente odiado ou
- ódio recíproco entre parentes.

Exemplos dados pelo autor:
a) ódio entre irmãos;
b) um irmão invejado pelos demais;
c) ódio recíproco entre parentes;
d) ódio entre pais e filhos;
e) parricídio, matricído e infantício.


14. RIVALIDADE ENTRE PARENTES
Elementos necessários:
- o parente preferido;
- o parente rechaçado;
- o objeto da rivalidade.

Exemplos dados pelo autor:
a) rivalidade maligna por parte de um irmão;
b) rivalidade maligna entre dois irmãos;
c) rivalidade maligna entre dois irmãos, com adultério por parte de um;
d) rivalidade entre pai e filho por uma mulher casada;
e) rivalidade entre pai e filho pelo amor da esposa do pai;
f) rivalidade entre primos, entre amigos.


15. ADULTÉRIO COM ASSASSINATO
Elementos necessários:
- dois adúlteros;
- cônjuge(s) traído(s).

Exemplos dados pelo autor:
a) assassinato do cônjuge traído em favor do amante;
b) assassinato do amante;
c) assassinato do cônjuge adúltero.


16. LOUCURA
Elementos necessários:
- o louco;
- a vítima.

Exemplos dados pelo autor:
a) entes queridos assassinados por um familiar louco;
b) matar ou ferir uma pessoa a quem ama;
c) provocar a própria desonra através de sua loucura;
d) loucura causada por medo ou por demência hereditária.

Psicopatias atualizadas
a) fóbico-ansiosos: síndrome do pânico, TOC, Ansiedade etc.
b) transtornos alimentares;
c) neuroses em geral.
- Psicoses – a) paranóia;
b) esquizofrenia;
c) histrionia;
d) transtornos explosivos etc.

http://www.psiqweb.med.br/forense/border4.html


17. IMPRUDÊNCIA FATAL
Elementos necessários:
- o imprudente;
- a vítima;
- o dano (ou objeto perdido).

Exemplos dados pelo autor:
a) a imprudência como causa da própria desgraça ou desonra;
b) a curiosidade como causa da própria desgraça ou desonra;
c) perda da companhia de um ser querido por causa da curiosidade;
d) a curiosidade como causa da morte ou desgraça de outros;
e) a imprudência como causa da morte ou desgraça de um ente querido.


18. CRIMES INVOLUNTÁRIOS POR AMOR
Elementos necessários:
- o amante;
- o amado;
- a revelação.

Exemplos dados pelo autor:
a) personagem descobre que se casou com a própria mãe;
b) personagem descobre que está apaixonado pela(o) irmã(o);
c) terceira pessoa faz com que o personagem pratique adultério;
d) personagem a ponto de violar sua própria filha sem sabê-lo;
e) personagem a ponto de cometer adultério sem sabê-lo.


19. ASSASSINATO DE UM PARENTE NÃO RECONHECIDO
Elementos necessários:
- o assassino;
- a vítima não reconhecida.

Exemplos dados pelo autor:
a) personagem a ponto de matar um filho, sem sabê-lo, por indicação de um oráculo ou divindade;
b) personagem mata o pai, sem sabê-lo, por necessidade política;
c) personagem mata o irmão, sem sabê-lo, por rivalidade amorosa;
d) personagem mata a filha, sem sabê-lo, em razão de instigações maquiavélicas;
e) personagem mata a mãe involuntariamente, e sem sabê-lo;
f) personagem não salva um filho, não-reconhecido.


20. AUTO-SACRIFÍCIO POR UM IDEAL
Elementos necessários:
- o herói;
- o ideal e
- a pessoa ou coisa sacrificada.

Exemplos dados pelo autor:
a) personagem sacrifica sua vida por sua palavra;
b) sacrifício de vida pelo triunfo dos entes queridos;
c) sacrifício da vida pelo amor aos filhos;
d) sacrifício da vida por amor às crenças;
e) sacrifício do amor e da vida pelas próprias crenças;
f) sacrifício do amor por uma causa, por interesses do Estado;
g) sacrifício do bem-estar em razão de um dever;
h) sacrifício da própria moralidade em razão de um ideal maior.


21. AUTO-SACRIFÍCIO POR UM PARENTE
Elementos necessários:
- o herói;
- o parente;
- o ideal e
- a pessoa ou coisa sacrificada.

Exemplos dados pelo autor:
a) sacrifício da própria vida em troca da vida de um familiar ou ente querido;
b) sacrifício da própria vida em troca da liberdade ou felicidade de um familiar ou ente querido;
c) sacrifício da própria ambição pela felicidade de um parente;
d) sacrifício da própria felicidade em razão de um filho;
e) sacrifício da própria honra em razão da vida de um filho.


22. SACRIFÍCIO DE TUDO POR PAIXÃO OU VÍCIO
Elementos necessários:
- o apaixonado;
- o objeto da paixão (vício) fatal;
- a parte sacrificada.

Exemplos dados pelo autor:
a) romper com votos religiosos de castidade por uma paixão;
b) arruinar o próprio futuro em razão de uma paixão;
c) deixar-se levar pela paixão, em detrimento do dever familiar ou profissional;
d) destruição da honra, da fortuna e da vida em razão de algum vício.


23. DEVER DE SACRIFICAR SERES AMADOS
Elementos necessários:
- o herói;
- o familiar sacrificado;
- a necessidade do sacrifício.

Exemplos dados pelo autor:
a) dever de sacrificar seu filho em razão do interesse público;
b) dever de sacrificar seu filho para cumprir uma promessa a Deus;
c) dever de sacrificar benfeitores ou seres queridos em razão de sua própria fé;
d) dever de lutar com ente querido em razão do bem público.


24. RIVALIDADE ENTRE DESIGUAIS
Elementos necessários:
- o rival inferior;
- o rival superior;
- o objeto da rivalidade.

Exemplos dados pelo autor:
I) Rivalidades Masculinas:
a) entre um mortal e um imortal;
b) entre divindades de poder desigual;
c) entre um mago e um homem ordinário;
d) entre conquistador e conquistado, vencedor e derrotado, proprietário e desterrado;
e) entre imperador soberano e reis-vassalos;
f) entre rei e um nobre;
g) entre uma pessoa e seu aprendiz;
h) entre uma pessoa rica e uma pessoa pobre;
i) entre pessoas que são quase iguais;
j) entre uma pessoa que é amada e outra que não tem direito a amar;
k) entre os dois maridos de uma mulher divorciada.


II) Rivalidades Femininas:
a) entre uma imortal e uma mortal;
b) entre uma feiticeira e uma simples mulher;
c) enter uma vencedora e sua prisioneira;
d) entre rainha e súdita;
e) entre rainha e uma escrava;
f) entre uma dama e uma serviçal;
g) entre uma dama e uma plebéia;
h) entre a atual companheira e a mulher abandonada pelo mesmo homem;
i) entre uma amante divina e outra mortal.


25. ADULTÉRIO
Elementos necessários:
- um cônjuge enganado;
- um cônjuge adúltero;
- o (a) amante.

Exemplos dados pelo autor:
a) uma mulher trocada por outra mais jovem;
b) uma esposa trocada por uma criada, serviçal, escrava, ladra;
c) rivalidade entre uma esposa legítima e hostil e uma amante agradável;
d) adultério por libertinagem;
e) marido, dado como morto, substituído no leito conjugal;
f) um marido perseguido pelo rival rechaçado.


26. CRIMES DO AMOR
Elementos necessários:
- o(a) amante;
- a pessoa amada.

Exemplos dados pelo autor:
I) Heterossexuais:
a) uma mãe apaixonada pelo próprio filho;
b) uma filha apaixonada pelo próprio pai;
c) um pai que viola sua própria filha;
d) uma mulher apaixonada pelo seu enteado;
e) um homem e sua enteada, apaixonados;
f) uma mulher amante de um pai e seu filho, simultaneamente, com ou sem a ciência de ambos;
g) um homem amante de sua cunhada;
h) um irmão e irmã apaixonados.

II) Homossexuais:
a) um homem apaixonado por outro, que o aceita ou rejeita;
b) uma mulher apaixonada por outra mulher, que a aceita ou rejeita.

III) Outros
(zoofilia, pedofilia, necrofilia etc)
a) uma mulher apaixonada por um touro;
b) uma mulher apaixonada por um menor de idade;
c) um homem apaixonado por uma menor de idade;
d) um homem apaixonado por um cadáver.


27. DESCOBERTA DA DESONRA DE UM SER AMADO
Elementos necessários:
- o descobridor;
- o culpado.

Exemplos dados pelo autor:
a) descobrir a desonra de sua mãe;
b) descobrir a desonra de seu pai;
c) descobrir a desonra de um filho ou filha;
d) descobrir a desonra de sua prometida;
e) descobrir que sua esposa fora prostituta antes do matrimônio;
f) descobrir uma desonra do amante;
g) descobrir o mau-caráter de um ente querido;
h) descobrir que seu filho é um assassino.


28. OBSTÁCULOS AO AMOR
Elementos necessários:
- 1º amante;
- 2º amante e
- o obstáculo.

Exemplos dados pelo autor:
a) relação impedida por desigualdade de posições sociais;
b) relação impedida por desigualdade de fortunas;
c) relação impedida por inimigos e obstáculos eventuais;
d) relação impedida por destinação familiar prévia (jovens prometidos a outros);
e) relação impedida por oposição de parentes;
f) incompatibilidade de gênios entre os amantes, apesar do amor.


29. UM INIMIGO AMADO
Elementos necessários:
- o inimigo querido;
- aquele que ama;
- aquele que odeia.

Exemplos dados pelo autor:
a) o amado é inimigo dos parentes daquele que ama;
b) o amado e o amante são filhos de inimigos;
c) o amado é assassino de parente do amante;
d) o amante é assassino de parente do amado.


30. AMBIÇÃO
Elementos necessários:
- o ambicioso;
- a coisa cobiçada;
- o adversário.
Exemplos dados pelo autor:
a) ambição impedida por um parente ou amigo;
b) ambição rebelde;
c) ambição e cobiça cometendo crime atrás de crime;
d) ambição parricida ou matricida.


31. CONFLITO COM UM DEUS
Elementos necessários:
- ser mortal;
- ser imortal.

Exemplos dados pelo autor:
a) luta contra uma divindade;
b) lutra contra os crentes em uma divindade;
c) controvérsia com uma divindade;
d) castigo por depreciação a divindade;
e) castigo por arrogância perante a divindade
f) rivalidade presunçosa com um deus;
g) rivalidade imprudente com um deus.


32. CIÚME INJUSTIFICADO
Elementos necessários:
- o ciumento;
- o objeto do ciúme injustificado;
- o suposto adversário;
- a causa do erro de avaliação.

Exemplos dados pelo autor:
a) o erro proveniente de uma mente desconfiada;
b) o erro produzido por uma casualidade fatal;
c) ciúme errôneo em um caso de amor puramente platônico;
d) ciúmes produzidos por rumores maledicentes;
e) ciúmes insinuado por um terceiro movido por ódio, interesse ou ambos;
f) ciúmes sugeridos ao cônjuge por um terceiro rechaçado ou depreciado;
g) ciúmes recíprocos, sugeridos tanto a ambos os cônjuges, por um terceiro;
h) ciúmes sugeridos ao amante feliz pelo marido enganado.


33. JULGAMENTO EQUIVOCADO
(ou Erro Judicial)
Elementos necessários:
- o equivocado;
- a vítima do erro;
- o causador do erro;
- o verdadeiro culpado.

Exemplos dados pelo autor:
a) falsas suspeitas quanto a fé era necessária;
b) falsas suspeitas sobre entes queridos;
c) atrair falsas suspeitas sobre uma pessoa, para salvar um ente querido;
d) falsas suspeitas que recaem sobre pessoa ingênua ou apalermada;
e) falsas suspeitas que recaem sobre pessoa mau-caráter, mas que não cometeu o delito em questão;
f) deixar que um inocente seja acusado, em razão de interesse próprio ou de familiares;
g) deixar que um erro de julgamento recaia sobre um inimigo;
h) fazer com que o crime que cometeu racaia sobre um inimigo;
i) luta para reabilitar-se e vingar-se de um erro judicial causado de propósito contra si por seus inimigos.


34. REMORSO
Elementos necessários:
- o culpado;
- a vítima ou a culpa;
- o interrogante.

Exemplos dados pelo autor:
a) remorso por um crime desconhecido;
b) remorso por um parricídio, matricídio, infanticídio;
c) remorso por um crime imaginário;
d) remorso por uma culpa de amor;
e) remorso por um adultério.


35. RESGATE DE UMA PESSOA PERDIDA
Elementos necessários:
- aquele que recupera;
- o recuperado.

Exemplos dados pelo autor:
- o autor remete aos exemplos da situação 11ª (Enigma) e 19ª (Assassinato de um parente não-reconhecido), nos casos em que for pertinente.


36. PERDA DAS PESSOAS AMADAS
Elementos necessários:
- o familiar perdido;
- o familiar espectador;
- o verdugo.

Exemplos dados pelo autor:
a) o impotente, a ver matar seus familiares;
b) o chantageado (segredo amoroso ou profissional), a assistir a desgraça dos seus entes queridos;
c) o adivinho, que prevê a morte de um ente querido;
d) aquele que fica sabendo da morte de um ente querido, apenas tempos depois;
e) aquele que recai na antiga vilania, por desespero perante a morte do ser querido.



Resumo [Em outras palavras]

(1) Implorar; (2) o Salvador; (3) a Vingança que persegue o crime; (4) Vingar parente por parente; (5) Acuado; (6) Desastre; (7) Vítima de; (8) Revolta; (9) Tentativa audaciosa; (10) Rapto; (11) o Enigma; (12) Conseguir; (13) ódio de parentes; (14) Rivalidade com parentes; (15) Adultério mortal; (16) Loucura; (17) Imprudência fatal; (18) Crime de amor involuntário; (19) Matar um parente ignorado; (20) Sacrificar-se pelo ideal; (21) Sacrificar-se pelos parentes; (22) Sacrificar tudo pela paixão; (23) Ter que sacrificar a família; (24) Rivalidade entre desiguais; (25) Adultério; (26) Crimes de amor; (27) Ser informado da desonra de um ser amado; (28) Amores proibidos; (29) Amar um inimigo; (30) a Ambição; (31) Luta contra Deus; (32) Ciúme equivocado; (33) Erro judiciário; (34) Remorso; (35) Reencontrar; (36) Perder a família.


Livro disponível para Download e Leitura On-Line no site Internetarchive


O Livro já ganhou domínio público, portanto não há problemas com direitos autorais.




-----------------------------------------------------------------

Outro livro do autor também disponível no site Internetarchive


A arte de Inventar Personagens (1922)






Fontes pesquisadas para elaboração desta postagem


2. Georges Polti [Wikipedia]





___________________________________________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário