quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011


Café Lumiere de Hou Hsiao-Hsien, 珈琲時光 Kōhī Jikō, Japão, 2003

Cotação:

Filme visto dia: 16/02/2011

Comentário: O diretor chinês Hou Hsiao-Hsien (1947) presta uma bela homenagem ao grande cineasta japonês Yasujirô Ozu (1903-1963) neste filme simples, mas belo em sua essência. A trama segue uma jovem escritora chamada Yoko, interpretada por Yo Hitoto (1976) que retorna para Tóquio e revela para a família que está grávida de um taiwanês mas que não vai se casar com ele.

No decorrer da trama acompanhamos Yoko pesquisando sobre um compositor de Taiwan chamado Jiang Wen-Ye que viveu há cerca de 60 anos no Japão, ela conhece o dono de uma livraria chamado Hajime Taqueuchi que passa seus tempos livres gravando os sons dos trens de Tóquio, ele é interpretado pelo ator Tadanobu Asano (1973). Café Lumiere é um filme gostoso de se ver pela bela simplicidade da narrativa e pela elaboração caprichada dos planos em homenagem a Yazujirô Ozu.


ELENCO
Pai de Yoko interprado pelo ator Nenji Kobayashi
Madrasta de Yoko interpretada por Kimiko Yo

Curiosidades:

  1. A filha e a esposa verdadeiras do compositor Jiang Wen-Ye aparecem no filme em uma pequena ponta.
  2. Café Lumiere foi encomendado para comemorar o 100º aniversário do nascimento do mestre japonês Yasujirô Ozu pela Shochiku, produtora com que ele fez a maioria dos seus trabalhos.



________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário