quinta-feira, 10 de março de 2011

Arabesque
de Stanley Donen, EUA, 1966, 105 min

Filme visto dia: 10/03 /2011

Cotação
Força estética:

Comentário: Charmosa aventura dirigida por Stanley Donen (1924) em 1966 com os astros Gregory Peck (1916-2003) e Sophia Loren (1934). Mesmo com alguns momentos bastante ingênuos para os padrões dos filmes de aventura atuais esta produção conta com a boa química entre a dupla central de atores e uma narrativa envolvente e elegante.

Sophia Loren está belíssima como a espiã Yasmin Azir e Gregory Peck está hilariante como o Professor perito em Hieróglifos chamado David Pollock. Muita correria, perseguições, tiroteios e o humor cínico e cortante dos diálogos envolvem o espectador que acaba entrando no universo delirante da narrativa. São várias cenas que destaco no filme, mas escolhi a mais engraçada delas para citar, o momento em que o personagem de Gregory Peck após ser drogado anda de bicicleta em meio ao tráfego intenso provocando diversos acidentes.

Sinopse: David Pollock (Gregory Peck) é um professor americano perito em antigos hieróglifos que trabalha na Inglaterra. Ele é contatado por um homem chamado Hassan Jena (Carl Duering), Primeiro-Ministro de um país do Oriente Médio, que o convence a se infiltrar em uma organização comandada por Nejim Beshraavi (Alan Badel), um milionário que está envolvido em um complô para matar Hassan Jena caso ele assine um tratado que fará Beshraavi sofrer um grande abalo financeiro. Antes de ser contatado por Jena, o professor Pollock já havia sido solicitado por um homem chamado Silvester Sloane (John Merivale), um secretário de Beshraavi. Pollock decide ajudar Jiena a decifrar o hieróglifo e fazendo um papel de espião ele aceita a oferta de Sloane para tentar decifrar o enigma contido no hieróglifo.

No início do filme vemos Sloane matar um homem chamado
Ragheeb (George Coulouris), um professor de literatura de Oxford que estava com o hieróglifo escondido dentro dos seus óculos.

Na
casa de Beshraavi Pollock conhece Yasmin Azir (Sophia Loren), a amante de Nejim, que lhe avisa que após traduzir os hieróglifos ele será morto. Ela o ajuda a fugir, fingindo que está sendo seqüestrada e ameaçada de morte por ele. O auxílio de Yasmin é providencial, afinal ela está trabalhando também para um movimento guerrilheiro contra o governo da República das Arábias, comandado por um general Ali, que tem como um de seus braços direitos um certo Yussef Kassim (Kieron Moore). Paralelamente o tempo vai ficando cada vez mais curto e as possibilidades de Hassan Jena ser morto aumentam.



Capa do DVD



















______________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário