quarta-feira, 16 de março de 2011

O Soro do Mal / Brain Damage


Brain Damage
de Frank Henenlotter, EUA, 1988, 86 min

Filme visto dia: 16/03/2011

Cotação
Força estética:

Comentário: Dirigido em 1988, seis anos após o sucesso de Basket Case (1982), o diretor Frank Henenlotter (1950) volta a criar com poucos recursos um filme de clima pertubador dentro do universo Trash. Desta vez o diretor substitui o irmão siamês deformado por uma criatura extremamente tosca, um parasita ancestral que se alimenta de cérebros e vicia seus algozes com uma substancia alucinógena.

O filme tem uma forte temática relacionada ao universo das drogas, mas não acredito que o diretor tenha tido alguma intenção em fazer do filme uma manifestação contra os entorpecentes, já que se trata de um filme propositadamente trash.

Há duas cenas que tornaram Brain Damage um "cult" entre os fãs do cinema de horror, a cena do sexo oral, cena esta que foi cortada no lançamento original por causa da censura, e após vários anos veio a versão sem cortes quando do lançamento em DVD pela Synapse Filmes; e ainda a cena do banheiro, na qual Brian, o personagem do ator Rick Hearst encara um homem musculoso se ensaboando no chuveiro, esta cena ligada ao formato peniano da criatura ancestral fizeram com que alguns comentaristas da obra a taxassem de filme gay.

Outra cena que merece destaque é a primeira cena alucinógena quando o personagem Brian, interpretado por Rick Hearst, sente seu corpo sendo mergulhado completamente enquanto a tela faísca em efeitos estroboscópicos.


CENAS DO FILME




















Brian, personagem de Rick Hearst, encara a criatura que o fez viciar-se em uma substância alucinógena.









___________________________________________

Um comentário:

  1. Ficou muito bom seu comentário, claro e objetivo. Bjs!!!!! :)

    ResponderExcluir