quarta-feira, 20 de abril de 2011


Daunbailó
de Jim Jarmusch, EUA,1986, 107 min

Filme visto dia: 20/04/2011

Cotação
Força estética:

Comentário [Com spoilers!!]: Tive o prazer de assistir no cinema do SESC em Juazeiro do Norte este terceiro longa-metragem do diretor Jim Jarmusch (1953) realizado em 1986, filme que teve boa recepção da crítica norte-americana e que levou a Palma de Ouro em Cannes revelando o astro italiano Roberto Benigni (1952) e catapultando a carreira de Jarmusch como diretor independente de estilo minimalista.

No elenco além do talentoso comediante Roberto Benigni temos o instrumentista e compositor musical Tom Waits, interpretando o personagem Zack, e o também compositor e ator John Lurie no papel de Jack, e finalizando o elenco principal temos a atriz italiana Nicoletta Braschi (1960), que se casou com Roberto Benigni em 1991 e está com ele até os dias atuais.

O filme reúne a elegância dos planos belíssimos de Jarmusch com a fotografia deslumbrante em preto e branco de Robby Muller (1940), que trabalhou com Jarmusch também em Dead Man (1995) e Ghost Dog (1999). A trilha sonora foi assinada pela instrumentista e cantora islandesa Bjork (1965) e com tantos talentos envolvidos na produção já tinha-se então um espaço amplo para que o filme se tornasse a obra de arte que é.

A trama narra a construção da amizade entre três personagens à margem da sociedade e que na cadeia após serem presos na mesma cela começam a se influenciar culturalmente e psicologicamente até o momento da fuga da prisão, ato este que simboliza a ruptura das personages com seu passado deliquente.



______________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário