sábado, 16 de abril de 2011

Pânico 4
de Wes Craven, Scream IV, EUA, 2011, 111 min

Filme visto dia: 16/04/2011

Cotação

Força estética:

Comentário: Quem acompanhou a trilogia Pânico criada pelo roteirista Kevin Williamson e dirigida por Wes Craven (1939) desde sua estréia em 1996 estava com um pouco de ansiedade em conferir a nova investida dos realizadores para um reboot da série 11 anos depois do último longa estrelado no ano 2000. Mesmo sentido que seria difícil criar um suspense com um mínimo de criatividade e que fosse capaz de atrair a atenção do jovem público para a franquia depois de todas as gozações feitas em cima da figura icônica do assassino mascarado Ghostface, fui conferir no cinema nesta tarde de sábado o aguardado Pânico 4.

O resultado foi no geral morno, com muitos clichês, mas aquele mínimo de criatividade que eu esperava foi alcançado e o filme conseguiu ter seus bons momentos com sopros de criatividade. Vale ressaltar o bom início com a brincadeira criada de um filme dentro de outro filme, mesmo não sendo novidade este tipo de metalinguagem as encenações foram criativas o suficiente para introduzir a nova brincadeira dos realizadores e dar o tom cômico à linha narrativa.

No elenco estão de volta os três personagens principais dos longas anteriores, a sofrida e sobrevivente Sidney Prescott, papel da atriz canadense Neve Campbell (1973), o policial pamonha, que não resolve nada, chamado Dewey, intepretado por David Arquette (1971), e a bela e inescrupulosa repórter Gale Weathers interpretada por Courteney Cox (1964).

O filme também brinca e faz referência à série Jogos Mortais e ao filme Todo Mundo quase morto (2004).


______________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário