segunda-feira, 10 de outubro de 2011


A Palavra
de Carl Theodore Dryer (não creditado), Ordet, 1955, 126 min

Filme visto dia: 10/10/2011

Minha Cotação:


Comentário: O diretor dinamarquês mais prestigiado no meio cinematográfico é sem dúvida o já falecido Carl Theodore Dryer (1889-1968) cujos filmes levam o espectador a um hipnótico estado de imersão emocional em um universo por vezes místico e de intensa carga dramática. Neste "A Palavra" dirigido em 1955, Dryer adapta a peça do pastor dinamarquês Kaj Munk (1898-1944), cujo enredo narra o drama de uma família em crise, na qual um dos membros acredita ser a reencarnação de Jesus Cristo. Este é o terceiro filme que assisto de sua filmografia que conta com 14 longas-metragens.





_______________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário