sábado, 12 de novembro de 2011


El Topo
de Alejandro Jodorowski, México, 1970, 125 min

Filme visto dia: 12/11/2011

Minha Cotação:

Comentário: Faroeste cult e surrealista dirigido, escrito e protagonizado pelo mago chileno Alejandro Jodorowski (1929). Este é apenas o segundo longa que assisto deste fascinante diretor que usa toda a sua inventividade e imaginação para criar belas, estranhas e inusitadas imagens, muitas delas compostas por pessoas com diversos tipos de deficiências físicas. Neste filme lançado em 1970 o próprio Jodo interpreta um pistoleiro chamado El Topo que está em uma jornada espiritual para encontrar um caminho para sua vida, ele vai da violência sanguinária na qual é um pistoleiro que busca o amor de uma mulher até tornar-se um monge que tenta proteger um grupo de deficientes físicos. Apaixona-se por uma anã com quem faz trabalhos de pantomima e nela parece encontrar seu verdadeiro amor. Prepare-se para duas horas de imagens fantásticas que exigem acima de tudo paciência, mas com um resultado estético especial que vale a pena ser conferido.

VEJA TAMBÉM





___________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário