quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012


Bravura Indômita
de Joel e Ethan Coen, True Grit, EUA, 2010, 110 min

Filme visto dia: 02/02/2012

Minha Cotação:


Comentário: Já faz muitos anos que vi o Bravura Indômita (1969) com o John Wayne dirigido pelo Henry Hathaway (1898-1985) e essa refilmagem dos coen fez algumas das imagens do original voltarem um pouco à mente, mas eu precisaria rever para poder comparar melhor as obras. Vou me deter somente à esta versão que segundo andei lendo de alguns críticos que estavam com a obra original fresquinha na cabeça apontaram que o filme dos coen trabalha melhor o teor irônico da obra de Charles Portis na qual o filme se baseia e também traz uma inovação em vários diálogos e passagens abordando um teor mais pós-moderno no que diz respeito ao feminismo da personagem principal. Destaco então além das grandiosas atuações de Jeff Bridges na pele do federal Reuben "Rooster" Cogburn que é contratado pela personagem Mattie Ross, uma jovem de 14 anos interpretada pela gracinha e super carismática atriz Hailee Stanfield (1996) a direção sempre eficiente e envolvente dos Coen carregada de ironismo e virtuosismo. Vale lembrar também a atuação de Matt Damon em um papel de coadjuvante interpretando o Ranger Labeouf.



______________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário