sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012


A Lonely Place to Die
de Julian Gilbey, Reino Unido, 2011,99 min

Filme visto dia: 02/02/2012

Minha Cotação:


Comentário: É só esperar os 20 primeiros minutos para que o filme fisgue o espectador e comece um interessante jogo de gato e rato com muita correria, ação e suspense. Tem os clichês típicos desses filmes, mas no geral é um bom entretenimento.

A direção ficou a cargo do inglês Julian Gilbey, até então desconhecido para mim, dei uma olhada no IMDB e descobri que ela já realizou alguns filmes no gênero, um inclusive com o título Rise of the Footsoldier (2007) que parece ser interessante e já anotei na minha imensa lista aqui para conferir qualquer dia desses e também vale ressaltar que seus primeiros trabalhos foram como editor e eu já havia assistido um filme editado por ele, a comédia de horror Dog House. Então assisti este novo trabalho do Gillbey sem conhecer nada da trama, apenas sabia que se tratava de um grupo de alpinistas que estavam escalando nas montanhas escocesas e até achei que o filme pudesse ser algo tipo K2: A Montanha da Morte, um suspense razoável lá do começo dos anos 90, mas que não me empolgou muito na época. A Lonely Place to Die entretanto é um thriller com muita ação, tiros, correria e cenas bem violentas que irão agradar até mesmo os que apreciam um filme no estilo splatter. No elenco principal o destaque maior é dado para a atriz australiana Melissa George (1976) que mesmo não empolgando em cena, não faz tão feio como heroína de filme de ação.





____________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário