sexta-feira, 15 de junho de 2012

Império do Desejo
de Carlos Reichenbach, Brasil, 1981, 110 min

Filme visto dia: 15/06/2012

Minha Cotação:

Comentário: Homenageando o grande Carlos Reichenbach (1945-2012) que estará para sempre na memória dos cinéfilos brasileiros estou em busca de todos os trabalhos dele que ainda não vi e comecei com este Império do Desejo lançado em 1981. Cheio de momentos de nonsense, erotismo exacerbado e despudorado e questionamentos a respeito da vida burguesa e do amor livre, Carlos Reichenbach dirige no começo dos anos 80 este filme panfleto de uma época em que o chamado Cinema da "Boca do Lixo" ou Cinema Marginal tentava através do sexo, da nudez, da violência e do erotismo, tão popularizado em inúmeras pornochanchadas da década de 70, atrair o público e incutir com um verniz cultural, poético e político um outro tipo de cinema, onde pudesse conviver o lixo e a arte, o sexo e a reflexão sobre o amor, o riso, a chanchada e os questionamentos políticos.

Outro Poster


__________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário