sexta-feira, 28 de junho de 2013


Ivone, A Rainha do Pecado
de Francisco Cavalcanti, Brasil, 1983, 90 min

Filme visto dia: 28/06/2013

Minha Cotação: 

Comentário:  Pérola trash nacional lançada em 83 com atuações dignas de um filme de Ed Wood, efeitos especiais mambembes com destaque especial para maquiagem que envelhece dois personagens da trama e como se trata de uma drama erótico as já esperadas cenas de sexo e nudez vão surgindo de forma gratuita ao longo da trama. No elenco temos o diretor e roteirista Francisco Cavalcanti (1944) que interpreta o personagem Nelsinho já adulto,  Zilda Mayo que interpreta Cida, a namorada de Nelsinho; a Dalma Ribas que interpreta a prostituta Ivone, que dá título ao filme, e João Paulo Ramalho no papel do personagem Zelão, o cafetão a princípio amante e depois inimigo mortal de Ivone. A trama começa nos anos 30 quando Ivone, uma prostituta que após ver seu filho ser retirado de sua guarda pelo juizado de menores decide largar a prostituição para poder reavê-lo, mas este foge do juizado onde sofria maus tratos e acaba entrando na vida criminosa. Ivone decide então tornar-se uma cafetina e entra em conflito com Zelão. Daí em diante vamos acompanhando a vida de Nelsinho passando pela adolescência até chegar a ser preso após ser acusado de um assassinato que não cometeu. Apesar da precariedade de recursos e das atuações amadoras o diretor Francisco Cavalcanti realizou 21 filmes entre 76 e 88 conseguindo com eles altas bilheterias e uma grande popularidade. 




_____________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário