quarta-feira, 24 de julho de 2013

Lollipop Monster

Lollipop Monster,2011
Direção:Ziska Riemann

Minha nota: 7,5


Filme alemão da estreante Ziska Riemann mostra a relação de amizade entre duas garotas de estilos completamente diferentes abordando os temas da rebeldia, descoberta da sexualidade e da sedução. Ambas sofrendo com suas famílias disfuncionais elas se entregam aos seus desejos mais profundos, uma delas dando asas à sua libido exacerbada, a outra busca uma relação mais profunda com a arte e a morte. Interpretadas pelas jovens atrizes Jella Haase e Sarah Horvath, as personagens Ariane (Haase) e Oona (Horvath) sentem-se atraídas quando esbarram certo dia na escola e começam um forte laço de amizade e juntas tentam conviver e enfrentar seus problemas familiares. Ariane vê o irmão mimado abusar da passividade de seus pais e está cansada de ser tratada como uma "Barbie Girl", já Oona sofre após ver seu pai, um artista em busca de reconhecimento, cometer suicídio após ser traído por sua mulher que estava se relacionando com o irmão dele. Com bela direção de arte, trilha sonora envolvente composta por Ingo Frenzel, que assina as músicas da banda "Tier" e boas atuações do elenco fazem deste excelente filme alemão uma obra a ser conhecida. A figurinista Julia Brandes foi premiada por seu trabalho em Lollipop Monster no Festival de Berlim.

Nas minhas pesquisas para construir este comentário li que o filme lembra bastante o longa japonês Kamikaze Girls lançado em 2004, já tinha lido algo a respeito desta obra japonesa, mas como não vi ainda não pude fazer a comparação, mas já inclui o Kamikaze de Tetsuia Nakashima aqui na minha lista.



Lollipop Monster (2011) on IMDb
Link para a ficha técnica do filme no IMDB.




__________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário