domingo, 14 de julho de 2013


Meu Tio
de Jacques Tati, Mon Oncle, 1958, França, 111 min

Filme visto dia: 14/07/2013

Minha cotação: 

Comentário: Obra-prima de Jacques Tati em seu primeiro filme a cores revela um contraste arquitetônico entre uma casa ultra-moderna e geométrica (Villa Arpel) e as casas antigas dos subúrbios de Paris. Com seu simpático e atrapalhado personagem, Sr. Hulot (Tati), ele faz a alegria do sobrinho rico que entendiado em sua casa cheia de aparelhos eletrônicos prefere a diversão das traquinagens com os garotos de rua mais pobres onde vive seu tio. Belo, engraçado, cativante e com uma trilha sonora prazerosa de se ouvir assinada por Franck Barcellini e Alain Romas, esta obra de Tati foi eleita o melhor filme estrangeiro na 31ª premiação do Oscar em 1959. Nomeado também para a Palma de Ouro em Cannes perdeu o prêmio para outra Obra-prima, Quando Voam as Cegonhas de Mikhail Kalotozov.




__________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário