sábado, 20 de julho de 2013

Os Desencarnados / Ijin-tachi to no natsu


Os Desencarnados/ Ijin-tachi to no natsu,1988
Direção: Nobuhiko Ôbayashi

Minha nota: 8,0


Adaptação do romance de Taichi Yamada resultou em uma obra lírica, dramática e com diversas cenas inesquecíveis. A direção ficou a cargo de Nobuhiko Obayashi com roteiro de Shin'ichi Ichikawa. A trama narra a história de um escritor famoso, mas solitário, que vive sozinho em seu apartamento amargurado pela lembrança da morte precoce de seus pais em um acidente quando ele era ainda muito jovem. Em uma estranha noite ele vai até a cidade de seus pais e acaba reencontrando eles passando a visitá-los com frequência em uma espécie de dimensão espiritual. Dias antes entretanto, ele havia conhecido uma mulher residente no mesmo prédio que ele, também solitária, que lhe rogou por companhia certa noite, mas ele a rejeita com indelicadeza, até que voltando a se sentir feliz por estar reencontrando os pais ele começa a se apaixonar pela vizinha. Um roteiro a princípio absurdo, mas as atuações são tão boas e a direção tão elegante e envolvente, regada com uma bela trilha sonora de Masatsugu Shinozaki incluindo a bela canção "o mio babbino caro" de Giacomo Puccini (1858-1924), resultando em um deleite a mais para o espectador. A grande atuação de Morio Kazama interpretando o escritor solitário Hidemi Harada é um destaque à parte.



Ijin-tachi to no natsu (1988) on IMDb
Link para a ficha técnica do filme



_________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário